ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2016 v25n2 r25224p

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Mulher-guerreira, mulher-homem: reconhecimento do trabalho e seus sentidos na percepção de mulheres recicladoras

Alexa Pupiara Flores Coelho,1 Carmem Lúcia Colomé Beck,2 Marcelo Nunes da Silva Fernandes,3 Katiusci Lehnhard Machado, 4Silviamar Camponogara5
1Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil 2Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil 3Mestre em Enfermagem. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil 4Mestre em Psicologia. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil 5Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

Recebido: 07 de Outubro de 2014
Aceito: 31 de Agosto de 2015

 

 

 

 

Cómo citar este documento

Coelho, Alexa Pupiara Flores; Beck, Carmem Lúcia Colomé; Fernandes, Marcelo Nunes da Silva; Machado, Katiusci Lehnhard; Camponogara, Silviamar. Mulher-guerreira, mulher-homem: reconhecimento do trabalho e seus sentidos na percepção de mulheres recicladoras. Texto Contexto Enferm, abr-jun 2016, 25(2). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2016/25224p.php> Consultado el

 

Resumo

O objetivo do estudo foi revelar o reconhecimento do trabalho e seus sentidos na percepção de mulheres recicladoras de uma cooperativa de reciclagem. Estudo qualitativo, exploratório-descritivo, realizado com recicladoras em uma cooperativa de reciclagem de município da região central do Rio Grande do Sul, Brasil. Os dados foram produzidos por meio da observação participante, entrevista semiestruturada (realizada com sete mulheres) e grupos focais (com seis mulheres), entre julho e agosto de 2013, e analisados por meio da análise de conteúdo. Os resultados mostram que a dinâmica do reconhecimento é complexa e envolve situações de valorização e de preconceito. As trabalhadoras elaboram sentidos individuais e coletivos para o trabalho que desempenham, representados, principalmente, pela autoimagem da "mulher-guerreira" e "mulher-homem". Concluiu-se que reconhecimento e sentidos do trabalho se correlacionam no modo como as recicladoras vivenciam e compreendem seu trabalho.
Palavras chave: Saúde do trabalhador/ Trabalho feminino/ Catadores/ Pesquisa qualitativa/ Enfermagem.
 

Resumen
Mujer-guerrera, mujer-hombre: reconocimiento del trabajo y sus sentidos en la percepción de mujeres recicladoras

El objetivo del estudio fue revelar el reconocimiento del trabajo y sus sentidos en la percepción de mujeres recicladoras de una cooperativa de reciclaje. Estudio cualitativo, exploratorio, descriptivo, realizado con recicladoras de una cooperativa de una ciudad de la región central del Rio Grande do Sul, Brasil. Los datos fueron recolectados por medio de observación participante, entrevista semiestructurada (realizada con siete mujeres) y grupos focales (con seis mujeres), entre julio y agosto de 2013, y analizados por medio de análisis de contenido. Los resultados muestran que la dinámica del reconocimiento es complexa y envuelve situaciones de valorización y de preconcepto. Las trabajadoras elaboran sentidos individuales y colectivos para el trabajo que desempeñan, representado, principalmente, por la auto-imagen de "mujer-guerrera" y "mujer-hombre". Se concluye que reconocimiento y sentidos del trabajo se correlacionan en el modo como las recicladoras vivencian y comprenden su trabajo.
Palabras clave: Salud laboral/ Trabajo de mujeres/ Segregadores de residuos sólidos/ Investigación cualitativa/ Enfermería.
 

Abstract
Woman-warrior, woman-man: recognition of the work and its meanings in the perception of female recycling workers

The study aimed to reveal the recognition of the work and of its meanings in the perception of female recycling workers of a recycling cooperative. It is a qualitative, exploratory-descriptive study, undertaken with female recycling workers in a recycling cooperative in a municipality of the central region of the State of Rio Grande do Sul, Brazil. The data were produced through participant observation, semistructured interviews (held with seven women) and focus groups (with six women), between July and August 2013; the data were analyzed using content analysis. The results show that the dynamic of the recognition is complex and involves situations of valorization and of prejudice. The female workers elaborate individual and collective meanings for the work which they undertake, represented, principally, by the self image of "Woman-warrior" and "Woman-man". It is concluded that recognition and meanings of the work correlate with how the female recycling workers experience and understand their work.
Key-words: Occupational health/ Women working/ Solid waste segregators/ Qualitative research/ Nursing.
 

Referências

1. Pereira JCS, Godoi CK, Coelho ALAL. Qualidade de vida dos catadores de materiais recicláveis: um estudo etnográfico. Gestão Sociedade. 2012; 6(14):159-77.

2. Merlo ARC, Mendes AMB. Perspectivas do uso da psicodinâmica do trabalho no Brasil: teoria, pesquisa e ação. Cad Psicol Soc Trab. 2009; 12(2):141-56.

3. Santos Júnior AV, Lima VS, Facas EP, Mendes AMB. Trabalho prescrito, real e estratégias de mediação do sofrimento de jornalistas de um órgão público. Sistemas & Gestão. 2012; 6: 562-82.

4. Dejours C. Psicodinâmica do trabalho: contribuições da Escola Dejouria na análise da relação prazer, sofrimento e trabalho. São Paulo (SP): Editora Atlas; 1994.

5. Athayde V, Hennington EA. A saúde mental dos profissionais de um Centro de atenção Psicossocial. Physis (Rio J.). 2012; 22(3):983-1001.

6. Dejours C. A loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. 5ª ed. São Paulo (SP): Cortez - Oboré; 1992.

7. Sander FP, Silva DAK, Baldin, N. A valorização do ser humano e de sua criatividade mediante atividade artesanal com embalagens plásticas: o caso das catadoras de União Vitória/PR. G&DR. 2011 Set-Dez; 7(3):134-57.

8. Riqueti CE, Couto GA. Hábitos de consumo entre catadores de materiais recicláveis: uma abordagem metodológica. Olhar de Professor. 2010; 13 (2):267-77.

9. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução n. 311/2007. Aprova a Reformulação do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem- CEPE. Conselho Federal de Enfermagem, 08 Fev 2007.

10. Correia MCB. A observação participante enquanto técnica de investigação. Pensar Enferm. 2009; 13(2):30-6.

11. Ressel LB, Beck CLC, Gualda DMR, Hoffmann IC, Silva RM, Sehnem GD. O uso do grupo focal em pesquisa qualitativa. Texto Contexto Enferm. 2008; 17(4):779-86.

12. Bardin, L. Análise de conteúdo. 8ª ed. Portugal (PT): Geográfica Editora; 2011.

13. Ministério da Saúde (BR), Conselho Nacional de Saúde, Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. Resolução n 466 de 12 de dezembro de 2012: diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília (DF): MS; 2012.

14. Maciel RH, Matos TGR, Borsoi ICF, Mendes ABC, Siebra PT, Mota CA. Precariedade do trabalho e da vida de catadores de recicláveis em Fortaleza, CE. Arq Bras Psicol. 2011; 63 (Esp):71-82.

15. Miura PO, Sawaia BB. Tornar-se catador: sofrimento ético-político e potência de ação. Psicol Soc. 2013; 25 (2):331-41.

16. Bendassolli PF. Reconhecimento no trabalho: perspectivas e questões contemporâneas. Psicol Etud. 2012; 17(1):37-46.

17. Dejours C. A banalização da injustiça social. 7ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Editora FGV; 2006.

18. Traesel ES, Merlo ARC. A psicodinâmica do reconhecimento no trabalho de enfermagem. Psico. 2009; 40(1):102-9.

19. Oliveira AS. Sobre o sentido do trabalho: entre Frankl e Dejours. [trabalho de conclusão de curso]. Campina Grande (PB): Universidade Estadual da Paraíba; 2013.

20. Beck CLC, Prestes FC, Tavares JP, Silva RM, Prochonow AG, Nonnemacher CQ. Identidade profissional de enfermeiros de serviços de saúde municipal. Cogitare Enferm. 2009 Mar-Mai; 14(1):114-9.

21. Dejours C. A avaliação do trabalho submetida à prova do real. São Paulo (SP): Blucher; 2008.

22. Morin EM, Aubé C. Psicologia e Gestão. São Paulo (SP): Atlas; 2009.

23. Dejours C. Uma nova visão do sofrimento humano nas organizações. In: Torres OLS, organizador. O indivíduo na organização: dimensões esquecidas. 3ª ed. São Paulo (SP): Atlas; 1996.

24. Mendes, AMB. Psicodinâmica do trabalho: teoria, método e pesquisas. São Paulo (SP): Casa do Psicólogo; 2007.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería