ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2014 v23n4 r24038

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Temas de atenção pré-hospitalar para informação de escolares: a perspectiva dos profissionais do SAMU*

Larissa Larie Mota,1 Selma Regina de Andrade2
1Mestre em Gestão do Cuidado de Enfermagem. Enfermeira do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. 2Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFSC. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

Recebido em 13 de fevereiro de 2014
Aprovação final em 13 de maio de 2014

Texto Contexto Enferm 24(1): 38-46
*
Artigo extraído da dissertação - Instrumento educativo para escolares sobre temas de atenção às urgências na perspectiva dos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, desenvolvida no Mestrado Profissional em Gestão do Cuidado em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2013

 

 

 

Cómo citar este documento

Mota, Larissa Laire; Andrade, Selma Regina de. Temas de atenção pré-hospitalar para informação de escolares: a perspectiva dos profissionais do SAMU. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2015, 24(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2015/24030.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivou-se investigar, na perspectiva dos profissionais do SAMU, os principais temas de atenção pré-hospitalar (APH), como subsídios para elaboração de um instrumento educativo voltado à população em idade escolar. Estudo de abordagem qualitativa, por meio de quatro encontros no formato de grupo focal, com 19 profissionais do SAMU de um município catarinense. Os dados foram categorizados e analisados com a técnica de análise temática. Os resultados destacaram os principais conjuntos temáticos de agravos à saúde, de carácter de urgência e emergência para modelagem do instrumento e possível aplicação no contexto do Programa Saúde na Escola. Concluiu-se que os temas selecionados têm importância no cenário do APH, pelo potencial de gravidade e pela possibilidade de acometerem crianças, até dentro do ambiente escolar
Descritores: Serviços médicos de emergência; Saúde escolar; Promoção da saúde; Educação em saúde

 

Resumen
Temas de atención prehospitalaria para los escolares: la perspectiva de los profesionales del SAMU

Este estudio tuvo el objetivo de investigar, desde la perspectiva de los profesionales del SAMU, los principales temas de atención pre-hospitalaria (APH), como subsidios para el desarrollo de una herramienta educativa enfocada en la población escolar. Estudio cualitativo, con cuatro reuniones en la modalidad de grupos focales, con 19 profesionales del SAMU, de una ciudad de Santa Catarina, Brasil. Los datos fueron categorizados y analizados con la técnica de análisis temático. Los resultados destacaron las principales cuestiones o problemas de salud de la herramienta de urgencia y de emergencia para el modelado y la posible aplicación en el contexto del Programa de Salud Escolar. Se concluyó que los temas seleccionados son fundamentales en el contexto de la APH, por la gravedad potencial y la posibilidad de involucrar niños, incluso dentro del ambiente escolar
Descriptores: Servicios médicos de urgencia; Salud escolar; Promoción de la salud; Educación en salud

 

Abstract
Topics of pre-hospital care for schoolchildren: the perspective of professionals of the Mobile Emergency Care Service (SAMU)

This study aimed to investigate from the perspective of professional SAMU, the main themes of pre-hospital care (PHC), as subsidies for development of an educational tool focused on the school population. A qualitative study, four meetings in the focus group format, with 19 professional SAMU, in a municipality of Santa Catarina, Brazil. Data were categorized and analyzed with thematic analysis. The results highlighted the main issues or health problems of urgent and emergency tool for modeling and possible application in the context of the School Health Program. It was concluded that the selected topics are critical in the context of the APH, the potential severity and the possibility they involve children, even within the school environment
Descriptors: Emergency medical services; School health; Health promotion; Health education
 

Referências

1.  Souza RM, Morabito R, Chiyoshi FY, Iannoni AP. Análise da configuração de SAMU utilizando múltiplas alternativas de localização de ambulâncias. Gest Prod. 2013 Jun; 20(2):287-302.

2.  Simões RL, Duarte NC, Maciel GSB, Furtado TP, Paulo DNS. Atendimento pré-hospitalar a múltiplas vítimas com trauma simulado. Rev Col Bras Cir. 2012 Jun; 39(3):230-7.

3.  Schweitzer G, Nascimento ERP, Nascimento KC, Moreira AR, Bertoncello KCG. Protocolo de cuidados de enfermagem no ambiente aeroespacial à pacientes traumatizados: cuidados durante e após o voo. Texto Contexto Enferm [online]. 2011 Set [acesso 2014 Fev 28]; 20(3):478-85. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072011000300008&lng=pt

4.  Marques GQ, Lima MADS, Ciconet RM. Agravos clínicos atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Porto Alegre-RS. Acta Paul Enferm. 2011; 24(2):185-91.

5.  Souza RM, Morabito R, Chiyoshi FY, Iannoni AP. Extensão do modelo hipercubo para análise de sistemas de atendimento médico emergencial com prioridade na fila. Prod [online]. 2014 Mar [acesso 2014 Jun 20]; 24(1):1-12. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65132014000100001&lng=pt&nrm=iso

6.  Del Ciampo LA, Ferraz IS, Tazima MFGS, Bachette LG, Ishikawa K, Paixão R. Características clínicas e epidemiológicas de crianças acidentadas atendidas em um serviço de pronto-atendimento. Pediatr (São Paulo). 2011; 33(1):29-34.

7.  Brasil. Decreto n. 6.286, de 5 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola - PSE, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, 06 Dez 2007. Página 2 [acesso 2012 Mar 19]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6286.htm

8.  Barbour R. Grupos focais. Porto Alegre (RS): Artmed; 2009.

9.  Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa (PT): Edições 70; 2010.

10.  Fernandes PT, Souza EAP. Percepções do estigma da epilepsia em professores do ensino fundamental. Estud Psicol [online]. 2004 Abr [acesso 2013 Set 05]; 9(1):189-95. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/261/26190120.pdf

11.  Fernandes PT, Noronha ALA, Hansen JR, Li ML. Perception and attitudes towards epilepsy: point of view of professionals allied to medicine from Mobile Emergency Service in Campinas. J Epilepsy Clin Neurophysiol [online]. 2009 Sep [access 2013 Sep 05]; 15(3):119-22. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-26492009000300005&lng=en&nrm=iso

12.  Magalhães LVB, Fernandes PT, Li LM. Aspectos educacionais na epilepsia. J Epilepsy Clin Neurophysiol. 2009; 15(4):172-7.

13.  Morais DA, Carvalho DV, Timerman S, Gonzalez MMC. Parada cardiorrespiratória em ambiente pré-hospitalar: ocorrências atendidas pelo serviço de atendimento móvel de urgência de Belo Horizonte. Rev Bras Clin Med. 2009; 7(4):211-8.

14.  Semensato G, Zimerman L, Rohde LE. Avaliação inicial do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência na Cidade de Porto Alegre. Arq Bras Cardiol. 2011 Mar; 96(3):196-204.

15.  Felício JS, Martins CP, Semer M, Kalinin L, Nery M, Machado MCC, et al. Hiperinsulinismo endógeno: revisão e seguimento de 24 casos. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2012 Mar [acesso 2013 Set 05]; 56(2):83-95. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302012000200001&lng=en&nrm=iso

16.  Liberatore Junior RDR, Negri AA, Martinelli Junior CE, Kochi C, Silva IN, Collett-Solberg PF. Hipoglicemia hiperinsulinêmica da infância: análise de dados clínicos de uma amostra brasileira. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2012 Dez [acesso 2013 Set 05]; 56(9):666-71. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302012000900011&lng=en&nrm=iso

17.  Martins HS. Emergências clínicas: abordagem prática. 8ª ed. Barueri (SP): Manole; 2013

18.  Miculis CP, Mascarenhas LP, Boguszewski MCS, Campos W. Atividade física na criança com diabetes tipo 1. J Pediatr (Rio J.) [online]. 2010 Aug [acesso 2013 Set 05]; 86(4):271-8. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0021-75572010000400005&lng=en&nrm=iso

19.  Fraga AMA, Reis MC, Zambon MP, Toro IC, Ribeiro JD, Baracat ECE. Aspiração de corpo estranho em crianças: aspectos clínicos, radiológicos e tratamento broncoscópico. J Bras Pneumol [online]. 2008 Fev [acesso 2013 Set 05]; 34(2):74-82. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132008000200003&lng=en&nrm=iso

20.  Rodrigues AJ, Oliveira EQ, Scordamaglio PR, Gregório MG, Jacomelli M, Figueiredo VR. Broncoscopia flexível como primeira opção para a remoção de corpo estranho das vias aéreas em adultos. J Bras Pneumol [online]. 2012 Jun [acesso 2013 Set 05]; 38(3):315-20. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132012000300006&lng=en&nrm=iso

21.  Veras TN, Hornburg G, Schner AMS, Pinto LA. Uso da broncoscopia virtual em pacientes pediátricos com suspeita de aspiração de corpo estranho. J Bras Pneumol [online]. 2009 Set [acesso 2013 Set 05]; 35(9):937-41. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132009000900016&lng=en&nrm=iso

22.  Mascarenhas MDM, Silva MMA, Malta DC, Moura L, Gawryszewski VP, Costa VC, et al. Atendimentos de emergência por acidentes na rede de vigilância e acidentes - Brasil, 2006. Ciênc Saúde Coletiva [online]. 2009 [acesso 2013 Set 04]; 14(5):1657-68. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232009000500007

23.  Pedrosa AAG, Mascarenhas MDM, Costa EM, Cronemberger LP. Atendimentos por causas acidentais em serviços públicos de emergência - Teresina, Piauí - 2009. Ciênc Saúde Coletiva. 2012 Set; 17(9):2269-78.

24.  Tavares EO, Buriola AA, Santos JAT, Ballani T, Silva L, Oliveira MLF. Fatores associados à intoxicação infantil. Esc Anna Nery [online]. 2013 Mar [acesso 2013 Set 05]; 17(1):31-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452013000100005&lng=en&nrm=iso

25.  Fook SML, Azevedo EF, Costa MM, Feitosa ILF, Bragagnoli G, Mariz SR. Avaliação das intoxicações por domissanitários em uma cidade do Nordeste do Brasil. Cad Saúde Pública [online]. 2013 Mai [acesso 2013 Set 05]; 29(5):1041-5. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2013000500021&lng=en&nrm=iso

26.  Cartaxo ANB, Alencar AMPG, Sampaio KJA, Oliveira JD. Caracterização dos casos de queimaduras infantis em hospital materno infantil de referência municipal. Cad Cult Ciênc [online]. 2011 Dez [acesso 2013 Set 04]; 10(1):45-53. Disponível em: http://periodicos.urca.br/ojs/index.php/cadernos/article/view/270/165

27.  Gawryszewski VP, Bernal RTI, Silva NN, Morais Neto OL, Silva MMA, Mascarenhas MDM, et al. Atendimentos decorrentes de queimaduras em serviços públicos de emergência no Brasil, 2009. Cad Saúde Pública. 2012 Abr; 28(4):629-40.

28.  Millan LS, Gemperli R, Tovo FM, Mendaçolli TJ, Gomez DS, Ferreira MC. Estudo epidemiológico de queimaduras em crianças atendidas em hospital terciário na cidade de São Paulo. Rev Bras Cir Plást. 2012 Dez; 27(4):611-5

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería