ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2014 v23n4 r230971

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Percepção de trabalhadores de uma instituição de longa permanência para idosos acerca da família*

Naiana Oliveira dos Santos,1 Margrid Beuter,2 Nara Marilene Oliveira Girardon-Perlini,3 Lisiane Manganelli Girardi Paskulin,4 Marinês Tambara Leite,5 Maria de Lourdes Denardin Budó6
1Doutoranda do PPGENF da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bolsista CAPES. Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. 2Doutora em Enfermagem. Professora Associado do Departamento de Enfermagem e do PPGENF da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 3Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem e do PPGENF/UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 4Doutora em Ciências da Saúde. Professora Adjunto do Departamento de Assistência e Orientação Profissional e do PPGENF/ UFRGS. Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. 5Doutora em Gerontologia Biomédica. Professora Adjunto do Departamento de Ciências da Saúde da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 6Doutora em Enfermagem. Professora Associado do Departamento de Enfermagem e do PPGENF/UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasill

Recebido em 07 de novembro de 2013
Aprovação final em 03 de abril de2014

Texto Contexto Enferm 23(4): 971-978
*
Artigo extraído da dissertação - Família de idosos institucionalizados: perspectivas de trabalhadores de uma instituição de longa permanência, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em 2013

 

 

 

Cómo citar este documento

Santos, Naiana Oliveira dos; Beuter, Margrid; Girardon-Perlini, Nara Marilene Oliveira; Paskulin, Lisiane Manganelly Girardi; Leite, Marinês Tambara; Budó, Maria de Lourdes Denardin. Percepção de trabalhadores de uma instituição de longa permanência para idosos acerca da família. Texto Contexto Enferm, oct-dic 2014, 23(4). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/230971.php> Consultado el

 

Resumo

Este estudo objetivou conhecer a percepção dos trabalhadores de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos sobre as famílias das idosas institucionalizadas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada com 16 trabalhadores da equipe multidisciplinar. A coleta dos dados ocorreu de fevereiro a junho de 2012, por meio da entrevista semiestruturada. A análise temática foi a técnica empregada para o tratamento dos dados. Os resultados apontam que os familiares vão pouco à uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, sendo as datas comemorativas as principais ocasiões em que eles comparecem. Os trabalhadores evidenciaram algumas situações de abandono em que a família não visita a idosa, mesmo quando chamada. Compreendem que ninguém substitui o papel da família, pois ela é referência para as idosas. Portanto, conviver com a família pode influenciar positivamente no bem-estar das idosas institucionalizadas.
Descritores: Instituição de longa permanência para idosos. Trabalhadores. Família. Idoso

Resumen
Percepción de los trabajadores una institución de larga permanencia para ancianos acerca de la familia

Este estudio tuvo como objetivo conocer la percepción de los trabajadores una Institución de Larga Permanencia para Ancianos de la familia de los ancianos institucionalizados. Se trata de una investigación cualitativa tenido con 16 trabajadores la equipo multidisciplinario. Los datos fueron recolectados de febrero a junio de 2012, por medio de la entrevista semiestructurada. La análisis temático fue la técnica utilizada para el procesamiento de datos. Los resultados muestran que la familia vai poco em Institución de Larga Permanencia para Ancianos, siendo las fechas conmemorativas las principales ocasiones en las que asisten. Los trabajadores presentaron algunas situaciones de abandono en que la familia no visitar a los ancianos, aun cuando se le llama. Comprender que nadie reemplaza el papel de la familia, ya que es una referencia a los ancianos. Por lo tanto, convivir con la familia puede influir positivamente en el bienestar del ancianos institucionalizados.
Descriptores: Hogares para ancianos. Trabajadores. Familia. Anciano

Abstract
The perceptions of workers in a long-term care institution for older adults regarding the family

This study aimed to investigate the perception of the workers in a Long-Term Care Institution for the Elderly regarding the families of the older adults in the institution. It is qualitative research, undertaken with 16 workers of the multidisciplinary team. Data collection occurred in February-June 2012, through semi-structured interviews. The technique used for treatment of the data was thematic analysis. The results indicate that the family members visit the Long-Term Care Institution for the Elderly rarely, with commemorative dates being the main occasions in which they appear. The workers evidenced some situations of abandonment, in which the family does not visit the older adult even when called. They understand that nobody can substitute the role of the family, as it is the reference for the older adults. Therefore, spending time with the family can positively influence the well-being of the older adults in institutions.
Descriptors: Homes for the aged. Workers. Family. Aged
 

Referências

1. Marinho LM, Vieira MA, Costa SM, Andrade JMO. Grau de dependência de idosos residentes em instituições de longa permanência. Rev Gaúcha Enferm. 2013 Fev; 34(1):104-10.

2. Jerez-Roig J, Souza DLB, Lima KC. Incontinência urinária em idosos institucionalizados no Brasil: uma revisão integrativa. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2013 Ago; 16(4):865-79.

3. Camarano AA. Instituições de longa permanência e outras modalidades de arranjos domiciliares para idosos. In: Neri AL, organizador. Idosos no Brasil: vivências, desafios e expectativas na terceira idade. São Paulo (SP): Fundação Perseu Abramo; 2007. p.169-90.

4. Pollo SHL, Assis M. Instituições de Longa Permanência para Idosos - ILPIS: desafios e alternativas no município do Rio de Janeiro. Rev Bras Geriatr Gerontol [online]. 2008 [acesso 2014 Abr 08]; 11(1):29-44. Disponível em: http://revista.unati.uerj.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232008000100004&lng=pt

5. Camarano AA, Kanso S. As instituições de longa permanência para idosos no Brasil. R Bras Est Pop. 2010 Jan-Jun; 27(1):233-5.

6. Costa MCNS, Mercadante EF. O idoso residente em ILPI (Instituição de Longa Permanência do Idoso) e o que isso representa para o sujeito idoso. Rev Kairós Gerontol. 2013 Mar; 16(2):209-22.

7. Bessa MEP, Silva MJ. Motivações para o ingresso dos idosos em instituições de longa permanência e processos adaptativos: um estudo de caso. Texto Contexto Enferm. 2008 Abr-Jun; 17(2):258-65.

8. Lenardt MH, Michel T, Tallmann AEC. A condição de saúde de idosas residentes em uma instituição de longa permanência. Cogitare Enferm. 2009 Abr-Jun; 14(2):227-36

9. Gamburgo LJ, Monteiro MI. Singularidades do envelhecimento: reflexões com base em conversas com um idoso institucionalizado. Interface Comunic Saúde Educ. 2009 Jan-Mar; 13(28):31-41.

10. Santos SS, Silva BT, Barlem EL, Lopes RS. O papel do enfermeiro na instituição de longa permanência para idosos. Rev Enferm UFPE [online]. 2008 [acesso 2013 Set 11] Jul-Set; 2(3):291-9. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/351/pdf_386

11. Creutzberg M, Gonçalves LHT, Sobottka EA, Santos BRL. A comunicação entre a família e a instituição de longa permanência para idosos. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2007 Ago; 10(2):147-6.

12. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12ª ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2010

13. Fontanella BJ, Ricas J, Turato ER. Amostragem por saturação em pesquisas qualitativas em saúde: contribuições teóricas. Cad Saúde Pública. 2008 Jan; 24(1):17-27.

14. Ministério da Saúde (BR), Conselho Nacional de Saúde. Resolução n. 196, de 10 de outubro de 1996: diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília (DF); 1996.

15. Davim RMB, Torres GV, Dantas SMM, Lima VM. Estudo com idosos de instituições asilares no município de Natal (RN): características socioeconômicas e de saúde. Rev Latino-Am Enferm. 2004 Mai-Jun; 12(3):518-24.

16. Polaro SHI, Fideralino JCT, Nunes PAO, Feitosa ESF, Gonçalves LHT. Idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos da região metropolitana de Belém-PA. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2012 Set; 15(4):777-84.

17. Rodrigues AG, Silva AA. A rede social e os tipos de apoio recebidos por idosos institucionalizados. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2013 Dez; 16(1):159-70.

18. Rissardo LK, Furlan MCR, Grandizolli G, Marcon SS, Carreira L. Concepção e sentimentos de idosos institucionalizados sobre família. Cienc Cuid Saude. 2011; 10(4):682-9.

19. Alves-Silva JD, Scorsolini-Comin F, Santos MA. Idosos em instituições de longa permanência: desenvolvimento, condições de vida e saúde. Psicol: Reflex Crít. 2013 Jun; 26(4):820-30.

20. Freitas AVS, Noronha CV. Elderly people in long-term institutions: speaking about care. Interface Comunic Saude Educ. 2010 Abr-Jun; 14(33):359-69.

21. Piexak DR, Freitas PH, Backes DS, Moreschi C, Ferreira CLL, Souza MHT. Percepção de profissionais de saúde em relação ao cuidado a pessoas idosas institucionalizadas. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2012; 15(2):201-8.

22. Pavan FJ, Meneghel SN, Junges JR. Mulheres idosas enfrentando a institucionalização. Cad Saúde Publica. 2008 Set; 24(9):2187-9.

23. Wright LM, Leahey M. Enfermeiras e famílias: um guia para avaliação e intervenção na família. 5ª ed. São Paulo (SP): Roca; 2012.

24. Chang SH, Yu CL. Perspective of family caregivers on self-care independence among older people living in long-term care facilities: A qualitative study. Int J Nurs Stud. 2013; 50: 657-663

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería