ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2018 v27n1 r27114p

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Assistência às pessoas com diabetes no hiperdia: potencialidades e limites na perspectiva de enfermeiros*

Aliny de Lima Santos,1 Elza Monteiro da Silva,2 Sonia Silva Marcon3
1Em Enfermagem Professora colaboradora do Departamento de Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Maringá, Paraná, Brasil. 2Enfermeira. Aluna não regular do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UEM. Maringá, Paraná, Brasil. 3Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora da Graduação e da Pós-Graduação em Enfermagem da UEM. Maringá, Paraná, Brasil.

*Extraído da tese - Avaliação da qualidade da assistência prestada às pessoas com Diabetes Mellitus no âmbito da atenção primária em Maringá-PR, que integra uma pesquisa maior intitulada - Assistência às pessoas com Diabetes Mellitus na Atenção Básica: avaliação do serviço, condições de saúde e enfrentamento da doença para implementação de estratégias de cuidado, financiada pelo CNPq - Edital Universal 487109/2013.

Recebido: 01 de outubro de 2014
Aprovado: 11 de fevereiro de 2015

 

 

 

Cómo citar este documento

Santos, Aliny de Lima; Silva, Elza Monteiro da; Marcon, Sonia Silva. Assistência às pessoas com diabetes no hiperdia: potencialidades e limites na perspectiva de enfermeiros. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2018, 27(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2018/27114p.php> Consultado el

Resumo

Objetivo: apreender como os enfermeiros da Estratégia Saúde da Família percebem as potencialidades e limitações da assistência às pessoas com Diabetes na Atenção Básica do município de Maringá. Método: estudo qualitativo do tipo estudo de caso, realizada com 63 enfermeiros, em Maringá, Paraná. Os dados foram coletados entre novembro de 2013 e maio de 2014, por meio de entrevistas semiestruturadas, gravadas, realizadas nas unidades de saúde, e analisados segundo matriz SWOT. Resultados: adesão dos usuários aos serviços oferecidos, vínculo com a equipe, envolvimento dos profissionais e oferta de atividades educativas, foram citados como potencialidades. Por sua vez, as limitações foram: reduzida adesão ao tratamento, lacunas no processo de trabalho da equipe e reduzida disponibilidade de recursos. Conclusão: observa-se que as limitações foram predominantes na assistência prestada aos usuários com Diabetes, o que sinaliza a necessidade de um olhar mais atento sobre a implementação e avaliação deste serviço.
Palabras chave: Avaliação em saúde/ Programa saúde da família/ Atenção primária à saúde/ Diabetes Mellitus.
 

Resumen
Asistencia para personas con diabetes en cuidado primario: capacidades y limita la perspectiva de enfermeras

Objetivo: el objetivo del estudio era entender como las enfermeras de la Estrategia Salud de la Familia se dan cuenta del potencial y las limitaciones de la atención para las personas con Diabetes en la atención primaria de Maringá, Paraná. Método: realizado con 63 enfermeras. Los datos fueron recolectados entre noviembre 2013 y mayo 2014 a través de entrevistas semiestructuradas, grabado, y se analizaron utilizando SWOT. Resultados: servicios de adopción del usuario, que ofrece enlace com el equipo, la participación de profesionales y ofreciendo actividades educativas, fueron citados como potencial. Conclusión: A su vez, las limitaciones se reducen la adherencia al tratamiento, las lagunas en el proceso de trabajo en equipo y la reducción de la disponibilidad de recursos. Se observa que las limitaciones eran frecuentes en la asistencia a los usuários com la Diabetes, que señala la necesidad de una mirada cercana de este servicio.
Palabras clave: Evaluación de la salud/ Programa de salud familiar/ Atención primaria de salud/ Diabetes Mellitus.
 

Abstract
Assistance for people with diabetes in primare care: capabilities and limits the perspective of nurses

Objective: the aim of the study was to understand how nurses of the Family Health Strategy perceive the potentials and limitations of care for people with diabetes in primary healthcare of Maringá, Paraná. Method: Qualitative case study conducted with 63 nurses. Data were collected between November 2013 and May 2014 through semistructured interviews performed in health facilities, which were recorded and analyzed using SWOT. Results: Adherence of the user to the services provided, bond with the team, involvement of the professionals and providing educational activities, were cited as potentials. In turn, the limitations mentioned were reduced treatment adherence, gaps in the work process of the team and lack of resources. Conclussion: it was observed that the limitations were prevalent in the care for users with Diabetes which indicates the need for a close look at the implementation and evaluation of this service.
Key-words: Health evaluation/ Family health strategy/ Primary healthcare/ Diabetes Mellitus.
 

Referências

1. Moraes SA, Freitas ICM, Gimeno SGA, Mondini L. Diabetes mellitus prevalence and associated factors in adults in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil, 2006: OBEDIARP Project. Cad Saúde Pública. 2010; 26(5):929-41.
2. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Coordenação Nacional de Hipertensão e Diabetes. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2011.
3. Carvalho ALM, Leopoldino RWD, Silva JEG, Cunha CP. Adherence to drug treatment among registered users in the "HIPERDIA" Program in Teresina in the State of Piauí. Cien Saude Coletiva. 2012; 17(7):1885-92.
4. Filha FSSC; Nogueira LT; Viana LMM. Hiperdia: Adesão e percepção de usuários acompanhados pela Estratégia de Saúde da Família. Rev Rene. 2011; 12(esp):930-6.
5. Spagnuolo RS, Juliani CMCM, Spiri WC, Bocchi SCM, Martins STF. O enfermeiro e a estratégia saúde da família: desafios em coordenar a equipe multiprofissional. Cienc Cuid Saude. 2012; 11(2):226-34.
6. Araceli MM. Fontenele SMAA; Joseneide T. Câmara. Avaliação do programa nacional de atenção à hipertensão e Diabetes: satisfação dos usuários de uma unidade básica de saúde em Caxias-MA. Cad Pesq [Internet]. 2012 [cited 2014 Dec 05]; 19(1). Available form:
http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/936/624
7. Reis RS, Coimbra LC, Silva AAM, Santos AM, Alves MTSSB, Lamy ZC, et al. Access to and use of the services of the family health strategy from the perspective of managers, professionals and users. Cienc Saude Coletiva. 2013; 18(11):3321-31.
8. Peduzzi M, Carvalho BG, Mandu ENT, Souza GC, Silva JAM. Trabalho em equipe na perspectiva da gerência de serviços de saúde: instrumentos para a construção da prática interprofissional. Physis. 2011; 21(2):629-46.
9. Souza MG, Mandu ENT, Elias NA. Percepções de enfermeiros sobre seu trabalho na estratégia saúde da família. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2013 [cited 2014 Dec 05]; 22(3):772-9. Available form:
http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072013000300025.
10. Silva ASB, Santos MA, Teixeira CRS, Damasceno MMC, Camilo J, Zanetti ML. Avaliação da atenção em Diabetes mellitus em uma unidade básica distrital de saúde. Texto Contexto Enferm. 2011; 20(3):512-8.
11. Barbosa SP, Elizeu TS, Penna CMM. The perspective of health professional on access to Primary Health Care. Cienc Saude Coletiva. 2013; 18(8):2347-57.
12. Souza LPS, Souza AMV, Pereira KG, Figueiredo T, Bretas TCS, Mendes MAF, et al. Matriz SWOT como ferramenta de gestão para melhoria da assistência de enfermagem: estudo de caso em um hospital de ensino. Rev Eletr Gestão Saúde [Internet]. 2013 [cited 2014 Dec 05]; 4(1):1911-21. Available form:
http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/23016/16538
13. Almeida PF, Fausto MCR, Giovanella L. Fortalecimento da atenção primária à saúde: estratégia para potencializar a coordenação dos cuidados. Rev Panam Salud Publica. 2011:29(2):84-95.
14. Silva LMS, Fernandes MC, Mendes EP, Evangelista NC, Torres RAM. Trabalho interdisciplinar na estratégia saúde da família: enfoque nas ações de cuidado e gerência. Rev Enferm UERJ. 2012; 20(esp.2):784-8.
15. Moretti-Pires RO, Campos DA. Equipe multiprofissional em saúde da família: do documental ao empírico no interior da Amazônia. Rev Bras Educ Med. 2010; 34(3):379-89.
16. Kell MCG, Shimizu HE. Existe trabalho em equipe no programa saúde da família? Cienc Saude Coletiva. 2010; 15(Supl. 1):1533-41.
17. Pontieri FM, Bachion MM. Beliefs of diabetic patients about nutritional therapy and its influence on their compliance with treatment. Cienc Saude Coletiva. 2010; 15(1):151-60.
18. Moura BLA, Cunha EC, Fonseca ACF, Aquino R, Medina MG, Vilasbôas ALQ, et al. Atenção primária à saúde: estrutura das unidades como componente da atenção à saúde. Rev Bras Saúde Mater Infant. 2010; 10(1):69-81.
19. Ribeiro KSQS, Farias DAA, Lucena EMF, Paes NA, Moraes RM. Avaliação da adesão e vínculo aos serviços de Saúde de hipertensos acometidos por acidente vascular cerebral em municípios da Paraíba. Rev Bras Ciênc Saude. 2012; 16(s2):25-34.
20. Santos L, Torres HC. Educational practices in diabetes mellitus: understanding the skills of health professionals. Texto Contexto Enferm. 2012 [cited 2014 Dec 05]; 21(3):574-80.
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072012000300012&lng=en&nrm=iso&tlng=en
21. Santos AL, Marcon SS. Como pessoas com Diabetes avaliam a participação familiar em seu processo de cuidado à saúde. Invest Educ Enferm. 2014; 32(2):260-9.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería