ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2017 v26n2 r26211p

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Trauma por acidente de trânsito no idoso: fatores de risco e consequências*

Ana Maria Ribeiro dos Santos,1 Rosalina Aparecida Partezani Rodrigues,2 Marina Aleixo Diniz3
1
Doutora em Ciências. Docente do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Teresina, Piauí, Brasil. E-mail: ana.mrsantos@gmail.com 2Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem Geral e Especializada da EERP. Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. E-mail: rosalina@eerp.usp.br 3Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Fundamental da EERP/USP. Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. E-mail: marinadiniz@usp.br 

*Texto extraído da tese -Trauma por acidente de trânsito no idoso: fatores de risco e consequências, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Escola de Enfermagem, de Ribeirão Preto (EERP) da Universidade de São Paulo (USP), 2014

Recebido: 03 de setembro de 2015
Aprovado: 12 de julho de 2016

 

 

 

Cómo citar este documento

Santos, Ana Maria Ribeiro dos; Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani; Diniz, Marina Aleixo. Trauma por acidente de trânsito no idoso: fatores de risco e consequências. Texto Contexto Enferm, abr-jun 2017, 26(2). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2017/26211p.php> Consultado el

Resumo

Objetivo: analisar o trauma por acidente de trânsito no idoso, atendido em um hospital municipal de referência em urgência, nos anos de 2010 e 2011. Método: estudo longitudinal retrospectivo, desenvolvido em um hospital de urgência e na Delegacia de Repressão aos Crimes de Trânsito, em uma população de 524 idosos. Realizou-se análise descritiva para todas as variáveis. Determinou-se o risco de envolvimento em acidente, ocorrência de lesão e óbito utilizando o risco relativo. Resultados: verificou-se associação estatisticamente significativa nos acidentes com lesão, quando a motocicleta foi o veículo atropelador. Constatou-se associação entre o sexo masculino, a ocorrência de acidente, lesão e óbito, principalmente entre os idosos mais jovens. Dos 524 idosos acidentados, a maioria era do sexo masculino, casado, com ensino fundamental. Desses, 78,6% apresentaram lesão, sendo a maior parte pedestre. Conclusão: entre os idosos mais jovens, a possibilidade de óbito em decorrência da lesão, mostrou-se 3,4 vezes maior no ano de 2010.
Descritores: Idoso/ Acidentes de trânsito/ Ferimentos e lesões/ Risco relativo.
 

Resumen
Trauma por accidente de tránsito en ancianos: factores de riesgo y consecuencias

Objetivo: analizar los traumas por accidentes de tránsito en ancianos atendidos en Emergencias de hospital municipal de referencia en 2010 y 2011. Metodo: estudio longitudinal, retrospectivo, realizado en hospital de urgencias y en Delegación de Represión a Crímenes de Tránsito sobre población de 524 ancianos. Se efectuó análisis descriptivo para todas las variables. Resultados: se determinó riesgo de participación en accidente, ocurrencia de lesión y fallecimiento utilizando riesgo relativo. Se verificó asociación estadísticamente significativa en accidentes con lesión provocada por atropello de motocicleta. Se constató asociación entre sexo masculino, ocurrencia de accidente, lesión y fallecimiento, particularmente entre ancianos menores. De los 524 ancianos accidentados, prevaleció sexo masculino, casados, con escolarización primaria. El 78,6% presentó lesión, siendo mayoría los peatones. Conclusión: entre ancianos jóvenes, la posibilidad de fallecimiento derivada de lesión se mostró 3,4 veces mayor en 2010.
Descriptores: Anciano/ Accidentes de tránsito/ Heridas y traumatismos/ Riesgo relativo.
 

Abstract
Trauma by traffic accident in elderly people: risk factors and consequences

Objective: to analyze cases of trauma caused by traffic accidents in elderly individuals assisted at a reference municipal emergency hospital in 2010 and 2011. Method: longitudinal retrospective study was developed at an emergency hospital and a Traffic Accidents Repression Station, with 524 elderly individuals. All variables were submitted for descriptive analysis. Risk of involvement in accidents, occurrence of injury and death were determined using relative risk. Results: a statistically significant association was found in accidents with injuries when motorcycles were the vehicle that ran over the individual. Associations were also found between men and the occurrence of accidents, injury and death, mainly among younger elderly individuals. Most of the 524 elderly individuals who suffered an accident were men, married and had elementary school level education. Of these, 78.6% presented with injuries, with the majority of them being pedestrians. Conclusion: among younger elderly individuals, the possibility of death as a result of the injury was 3.4 times higher in 2010.
Descriptors: Aged/ Accidents traffic/ Wounds and injuries/ Relative risk.
 

Referências

1. Veras RP. Experiências e tendências internacionais de modelos de cuidado para com o idoso. Ciênc Saúde Coletiva. 2012; 17(1):231-8.
2. Organización Mundial de la Salud (OMS). Informe mundial sobre el envejecimiento y la salud. Genebra (CH): Organización Mundial de la Salud; 2015 [cited 2016 Apr 08]. Available from:
http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/186466/1/9789240694873_spa.pdf
3. Vicente FR, Santos SMA. Avaliação multidimensional dos determinantes do envelhecimento ativo em idosos de um município de Santa Catarina. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2013 Abr-Jun [cited 2016 Apr 08]; 22(2):370-8. Available from:
http://www.scielo.br/pdf/tce/v22n2/v22n2a13
4. Oliveira FMRL, Fernandes MGM, Barbosa KTF, Pereira MA, Santos KFO, Nunes TB. Caracterização do trauma em idosos atendidos em serviço de atendimento móvel de urgência. Rev Rene. 2013; 14(5):945-50.
5. Hashmi A, Ibrahim-Zada I, Rhee P, Aziz H, Fain MJ, Friese RS, Bellal J. Predictors of mortality in geriatric trauma patients: a systematic review and meta-analysis. J Trauma Acute Care Surg. 2014; 76(3):894-901.
6. Luz TCB, Malta DC, Sá NNB, Silva MMA, Lima- Costa MF. Violências e acidentes entre adultos mais velhos em comparação aos mais jovens: evidências do Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA), Brasil. Cad Saúde Pública. 2011; 27(11): 2135-42.
7. Rodrigues J, Ciosak SI. Idosos vítimas de trauma: análise de fatores de risco. Rev Esc Enferm USP. 2012; 46(6):1400-5.
8. Brasil. Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997: dispõe sobre Código de Trânsito Brasileiro [Internet]. Brasília (DF): DENATRAN; 2008 [cited 2012 Jan 10]. Available from:
http://www.denatran.gov.br/publicacoes/download/ctb.pdf
9. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sinopse dos resultados do censo 2010 [Internet]. 2010. [cited 2013 Ago 6]. Available from:
http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/webservice
10. Ministério da Saúde (BR). Estimativas populacionais enviadas para o TCU, estratificadas por idade e sexo pelo MS/SGEP/DATASUS.2011 [cited 2011 Oct13]. Available from:
http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=0206&VObj=http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?ibge/cnv/pop
11. Silva HC, Pessoa RL, Menezes RMP. Trauma em idosos: acesso ao sistema de saúde pelo atendimento pré-hospitalar móvel. Rev Latino-Am Enfermagem [Internet]. 2016 [cited 2016 Apr 08]; 24: e2690. Available from:
http://www.scielo.br/pdf/rlae/v24/pt_0104-1169-rlae-24-02690.pdf
12. Parreira JG, Farrath S, Soldá SC, Perlingeiro JAG, Assef JC. Análise comparativa das características do trauma entre idosos com idade superior e inferior a80 anos. Rev Col Bras Cir. 2013; 40(4): 269-74.
13. Saveman BI, Björnstig U. Unintentional injuries among older adults in northern Sweden - a one-year population-based study. Scand J Caring Sci. 2011 Mar; 25(1):185-93.
14. Degani GC, Pereira Júnior GA, Rodrigues RAP, Luchesi BM, Marques S. Idosos vítimas de trauma: doenças preexistentes, medicamentos em uso no domicílio e índices de trauma. Rev Bras Enferm. 2014; 67(5):759-65.
15. Freitas MG, Bonolo PF, Moraes EN, Machado CJ. Idosos atendidos em serviços de urgência no Brasil: um estudo para vítimas de quedas e de acidentes de trânsito. Ciênc Saúde Coletiva. 2015; 20(3):701-12.
16. Macedo AM, Cerchiari EA, Alvarenga MR, Faccenda O, Oliveira NA. Avaliação funcional de idosos com déficit cognitivo. Acta Paul Enferm. 2012; 25(3):358-63.
17. Brandão GCG, Barrêto AJR, Gaspar JCG, Trindade RFC, Vaz NLF, Oliveira MAC. Acidentes e violências: um retrato das ocorrências nos serviços de atendimento a urgências e emergências. Cad Saúde Colet. 2014; 22(1):2-7
18. Marin-Leon L, Belon AP, Barros MBA, Almeida SDM, Restitutti MC. Tendência dos acidentes de trânsito em Campinas, São Paulo, Brasil: importância crescente dos motociclistas. Cad Saúde Pública. 2012; 28(1):39-51.
19. Oliveira NLB, Sousa RMC. Ocorrências de trânsito com motocicleta e sua relação com a mortalidade. Rev Latino-Am Enfermagem. 2011; 19(2):403-10.
20. Brady JE, Li G. Prevalence of alcohol and other drugs in fatally injured drivers. Addiction, 2013; 108(1):104-14.
21. Vieira Junior WM, Martins M. Idosos e planos de saúde no Brasil: análise das reclamações recebidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar. Ciênc saúde Coletiva. 2015; 20(12):3817-26.
22. Camargo FC, Iwamoto HH. Vítimas fatais e anos de vida perdidos por acidentes de trânsito em Minas Gerais, Brasil. Esc Anna Nery. 2012; 16(1):141-6.
23. Hong K, Lee KM, Jang SN. Incidence and related factors of traffic accidents among the older population in a rapidly aging society. Arch Gerontol Geriatr. 2015; 60(3):471-7.
24. Mcelroy LM, Juern JJ, Bertleson A, Xiang Q, Szabo A, Weigelt J. A single urban center Experience with adult pedestrians struck by motor vehicles. WMJ. 2013; 112(3):117-22.
25. Maeshiro FL, Lopes MC, Okuno MF, Camapanharo CR, Batista RE. Capacidade funcional e a gravidade do trauma em idosos. Acta Paul Enferm. 2013; 26(4):389-94.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería