ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2017 v26n1 r26107p

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

O processo de criação da associação brasileira de obstetrizes e enfermeiros obstetras*

Ricardo José Oliveira Mouta,1 Jane Márcia Progianti2
1
Doutor em Enfermagem. Professor do Departamento Materno Infantil da Faculdade de Enfermagem da UERJ. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: ricardomouta@hotmail.com 2Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento Materno Infantil da Faculdade de Enfermagem da UERJ. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: jmprogi@uol.com.br

Recebido: 22 de outubro de 2015
Aprovado: 05 de maio de 2016

*Texto extraído da tese - A criação da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (ABENFO-Nacional) e sua participação no Movimento de Humanização do Parto e Nascimento (1989-2002), apresentada na Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), em 2014

 

 

 

Cómo citar este documento

Mouta, Ricardo José Oliveira; Progianti, Jane Márcia. O processo de criação da associação brasileira de obstetrizes e enfermeiros obstetras. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2017, 26(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2017/26107p.php> Consultado el

Resumo

Objetivo: descrever o processo de criação da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras - Nacional pelas enfermeiras obstétricas. Método: estudo qualitativo com abordagem histórico-social. O corpus de análise deste estudo foram documentos escritos e depoimentos orais obtidos a partir de entrevistas. Utilizou-se para a análise a triangulação dos dados, sob a luz do referencial teórico de Pierre Bourdieu. Resultados: o processo de criação da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras - Nacional se deu a partir da aproximação da Enfermeira Obstétrica com a Associação Brasileira de Obstetrizes e do reconhecimento internacional da Enfermeira Obstétrica pelas Obstetrizes e da transformação da referidas associações. Conclusão: a Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras - Nacional foi criada em 1992, a partir de uma aliança política entre a parteira/obstetriz e a enfermeira obstétrica, pois reconheceram-se como sujeitos com práticas legítimas.
Descritores: Enfermagem obstétrica/ História da enfermagem/ Saúde da mulher.
 

Resumen
El proceso de creación de la asociación brasileña de las parteras y enfermeras obstetras

Objetivo: describir el proceso de la creación de la Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras - Nacional por enfermeras obstétricas. Metodo: Estudio cualitativo de enfoque histórico-social. El corpus de análisis de este estudio estuvo vinculado a fuentes primarias que consistían en documentos escritos y testimonios orales obtenidos a partir de entrevistas. Se utilizó para el análisis de la triangulación de los datos, a la luz del marco teórico de Pierre Bourdieu. Resultados: El proceso de creación de la Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras Nacional se dio a partir de la aproximación de la enfermera obstétrica con la Associação Brasileira de Obstetrizes y del reconocimiento internacional de la Enfermería Obstétrica por las obstétricas y por la transformación de la Associação Brasileira de Obstetrizes en Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras Nacional. Conclusión: la Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras Nacional fue establecida en 1992, a partir de una alianza política entre la partera y la enfermera obstétrica, ya que fueron reconocidas como sujetos con prácticas legítimas.
Descriptores: Enfermería obstétrica/ Historia de la enfermería/ Salud de la mujer.
 

Abstract
Process of creating of the brazilian association midwives and obstetricans nurses

Objective: to describe the process of creating the Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras - National by obstetricans nurses. Method: this a qualitative study of social historical approach. The corpus of analysis of this study was to the primary sources that consisted of written documents and oral testimony got from interwiews. We used for the analysis triangulation of data, in the light of the theoretical framework of Pierre Bourdieu. Results: The process of creating the Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras - Nacional started with the approach of the Obstetric Nurse to the Associação Brasileira de Obstetrizes and the international recognition of the Obstetric Nurse by the the Midwives and the transformation of this association. Conclusión: Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras was established in 1992, from a political alliance between the midwife/ midwife and obstetric nurse, as were recognized as subjects with legitimate practices.
Descriptors: Obstetric nursing/ History of nursing/ Women's health.
 

ReferÊncias

1. Ministério da Saúde (BR). Assistência Integral à Saúde da Mulher: bases de ação programática. Brasília (DF): Centro de Documentação do Ministério da Saúde; 1984.
2. Silva LR, Christoffel MM, Souza KV. História, conquistas e perspectivas no cuidado à mulher e à criança. Texto Contexto Enferm. 2005 Out-Dez; 14(4):585-93.
3. Ministério da Saúde (BR). Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher: Princípios e Diretrizes. Brasília (DF): Centro de Documentação do MS; 2005
4. Organização das Nações Unidas. Nairobi Forwardlooking Strategies for the Advancement of Women" in "Report of the World Conference to review and appraise the achievement of the United Nations Decade for Women: equality, development and peace" (A/CONF.116/28/ Rev.1); "Estratégias para o futuro: o progresso das mulheres até o ano 2000". (versão resumida). Lisboa (PT): Comissão da Condição Feminina; 1985.
5. World Health Organization. Appropriate technology for birth. Lancet. 1985 Aug 24; 2(8452):436-7.
6. Mouta, RJO, Progianti JM. Estratégias de luta das enfermeiras da Maternidade Leila Diniz para implantação de um modelo humanizado de assistência ao parto. Texto Contexto Enferm. 2009 Out-Nov; 18(4):731-40.
7. Ministério da Saúde (BR). Relatório final da 8ª Conferência Nacional de Saúde e Direitos da Mulher. Brasília (DF): Centro de Documentação do Ministério da Saúde; 1987.
8. Organização Mundial de Saúde. Promovendo a maternidade segura através dos direitos humanos. Rio de Janeiro (RJ):Cepia; 2003.
9. Reis LGC; Pepe VLE; Caetano R. Maternidade Segura no Brasil: o longo percurso para a efetivação de um direito. Physis Reve Saúde Coletiva. 2011; 21(3):1139-59.
10. Minayo MCS. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 3ª ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 2004.
11. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 9ª ed. São Paulo (SP): HUCITEC; 2006.
12. Bourdieu P. Sociologia. In: Ortiz R, organizador. Coleção grandes cientistas sociais. São Paulo (SP): Ática, 1983. p. 82-121.
13. Bourdieu P. O poder simbólico. 9ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Bertrand Brasil; 2006.
14. Pinto L. Pierre Bourdieu e a teoria do mundo social. Rio de Janeiro (RJ): FGV; 2000.
15. Segalen M. Ritos e rituais contemporâneos. Rio de Janeiro (RJ): FGV; 2002. p.31.
16. Bourdieu P. Razões e práticas: sobre a teoria da ação. Campinas (SP): Papirus; 1997.
17. Bourdieu P. A dominação masculina. Rio de Janeiro (RJ): Bertrand Brasil; 1999.
18. Simiele MF, Barizon-Luchesi L, Porto F, Oliveira- Sousa T, Silva-Santiago E, Aguiar S. Rito católico e imagem da Enfermeira (1957). Aquichan. 2014; 14(1):109-18.
19. Andina Díaz E. Los cuidados prestados por las matronas em el Bierzo Alto (León): cien años de evolución. Cultura de los Cuidados. 2003; VII(13):12-22.
20. Porto F, Neto, M. Enfermeira na Imprensa Ilustrada Brasileira (1890-1925): assinatura imagética. Patrimônio e Memória. 2014; 10(1):199-221.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería