ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2016 v25n3 r25307p

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Atributo do primeiro contato na atenção básica e práticas de cuidado: contribuições para a formação acadêmica do enfermeiro

Gabriela Fávero Alberti,1 Maria Denise Schimith,2 Maria de Lourdes Denardin Budó,3 Gabriela Leal Neves,4 Laís Fuzer Rosso5
1
Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 2Doutora em Ciências. Professora Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 3Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 4Graduanda em Enfermagem da UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 5Enfermeira, UFSM. Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

Recebido: 18 de dezembro de 2014
Aprovado: 12 de fevereiro de 2016

 

 

 

 

Cómo citar este documento

Alberti, Gabriela Fávero; Schimith, Maria Denise; Budó, Maria de Lourdes Denardin; Neves, Gabriela Leal; Rosso, Laís Fuzer. Atributo do primeiro contato na atenção básica e práticas de cuidado: contribuições para a formação acadêmica do enfermeiro. Texto Contexto Enferm, jul-sep 2016, 25(3). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2016/25307p.php> Consultado el

 

Resumo

Estudo de caso que objetivou conhecer as práticas de cuidado de enfermeiros de uma Unidade de Saúde da Família relacionadas ao atributo do primeiro contato e as contribuições para a formação acadêmica. Os dados são um recorte de um banco de dados, coletado de fevereiro a julho de 2012. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com enfermeiros, observação participante das práticas de cuidado e busca documental, analisados conforme proposta operativa. O primeiro contato pode ser iniciado pela demanda do próprio usuário ou em reuniões de equipe a partir dos casos compartilhados pelos agentes comunitários de saúde. As condutas dos enfermeiros restringem o acesso do usuário e excluem a possibilidade de acolhimento. A formação acadêmica deve inserir e integrar o graduando a os diferentes cenários e saberes; incentivar a compreensão humana a partir da abertura para novas sensibilidades e a imprevisibilidade, além de instigar a participação autêntica do graduando em seu processo formativo.
Descritores: Enfermagem/ Cuidados de enfermagem/ Atenção primária à saúde/ Estratégia saúde da família/ Educação em enfermagem.
 

Resumen
Atributo del primero contacto en la atención básica y prácticas de cuidado: contribuciones para la formación académica del enfermero

Estudio de caso con objetivo de identificar las prácticas de cuidado de enfermeros de una Unidad de Salud de la Familia relacionadas con el primer contacto y atribuir contribuciones a la formación académica. Los datos son un recorte de una base de datos, recogidos de febrero a julio de 2012. Fueron realizadas entrevistas semiestructuradas con los enfermeros, la observación participante de las prácticas de atención y búsqueda de documentos y analizado conforme propuesta operativa. El primero contacto puede ser empezado por el propio usuario o cuando los agentes comunitarios de la salud comparten sus casos en las reuniones de equipo. Las conductas de los enfermeros restringen el acceso del usuario y excluyen la posibilidad de la acogida. La formación académica debe introducir e integrar graduar a diferentes escenarios y conocimientos; la comprensión humana de acogida de la apertura a nuevas sensibilidades y la imprevisibilidad, así como instigar la participación auténtica de la estudiante en su proceso de aprendizaje.
Descriptores: Enfermería/ Atención de enfermería/ Atención primaria de salud/ Estrategia de salud familiar/ Educación en enfermería.
 

Abstract
First-contact accessibility attribute in primary health care services and care practices: contributions to academic education for nurses

Case study that aimed to identify the care practices of nurses from a Family Health Unit related to the first-contact accessibility attribute and the contributions to academic nursing education. The data is an excerpt from a database, collected from February to July 2012. Semi-structured interviews were conducted with nurses, participant observation of the care practices took place and a document search was undertaken, analyzed according to the operation proposal. The first contact can be initiated by the demand of the user himself or staff meetings based on the cases shared by the community health agents. The nurses' behavior restricts user access and excludes the possibility of welcoming. Academic training should insert and integrate the students into different scenarios and knowledge; foster human understanding based on the opening to new sensibilities and unpredictability, besides instigating the authentic participation of the student in his learning process.
Descriptors: Nursing/ Nursing care/ Primary health care/ Family health strategy.
 

Referências

1. Mendes EV. O cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o imperativo da consolidação da estratégia da saúde da família. Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde [internet]. 2012 [cited 2014 Nov 12]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cuidado_condicoes_atencao_primaria_saude.pdf

2. Starfield B. Atenção Primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde [internet]. 2002 [cited 2014 Nov 12]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/atencao_primaria_p1.pdf

3. Barreto IS, Krempel MC, Humerez DC. O COFEN e a Enfermagem da América Latina Enfermagem em Foco [internet]. 2011 [cited 2014 Nov 12]; 2(4). Available from: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/viewFile/195/131

4. Heckert AL, Neves CAB. Modos de formar e modos de intervir: quando a formação se faz potência de produção de coletivo. In: Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Humanização. Formação e intervenção. Brasília (DF): MS; 2010.

5. Yin RB. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4ª ed. Porto Alegre (RS): Bookman; 2010.

6. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 7ª ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2010.

7. Ceccim, RB. Feuerwerker, LMC. O quadrilátero da formação para área da saúde: ensino, gestão, atenção e controle social. Physis: Rev Saúde Coletiva [internet]. 2004 [cited 2014 Nov 12]; 14(1):. Available from: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/27642?locale=pt_BR

8. Grillo MJC, Silva KL, Sena RR, Tavares TS. A formação do enfermeiro e a necessidade de consolidação do sistema nacional de saúde. REAS [internet]. 2013 [cited 2013 Oct 15]; 2(2):. Available from: http://www.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/enfer/article/view/402/408

9. Morin E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 2ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2011.

10. Ceccim RB, Merhy EE. Um agir micropolítico e pedagógico intenso: a humanização entre laços e perspectivas. Interface (Botucatu) [internet]. 2009 [cited 2014 Oct 28]; 13(1):. Available from: http://www.scielo.br/pdf/icse/v13s1/a06v13s1.pdf

11. Freire P. Pedagogia do oprimido. 57ª ed. Rio de Janeio (RJ): Paz e Terra: 2014.

12. Paim AS. Iappe NT. Rocha DLB. Metodologias de ensino utilizadas por docentes do curso de enfermagem: enfoque na metodologia problematizadora. Enfermería Global [internet]. 2015 [cited 2015 Apr 23]; 37:153-69. Available from: http://revistas.um.es/eglobal/article/view/186291/169011

13. Maturana H. Emoções e linguagem na educação e na política. 3ª ed. Belo Horizonte (MG): Editora UFMG; 2002.

14. Haddad JGV, Zoboli ELCP. O Sistema Único de Saúde e o giro ético necessário na formação do enfermeiro. O Mundo da Saúde [internet]. 2010 [cited 2014 Oct 28]; 34(1). Available from: http://www.saocamilo-sp.br/pdf/mundo_saude/74/11_Sistema%20Unico%20de%20Saude.pdf

15. Oliveira BRG, Viera CS, Collet N, Lima RAG. Acesso de primeiro contato na atenção primária em saúde para crianças. Rev RENE [internet]. 2012 [cited 2014 Oct 28]; 13(2). Available from: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/217

16. Morin E. Educação e complexidade: os sete saberes e outros ensaios. 6ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2013.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería