ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2016 v25n1 r251026p

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Acontecendo o cuidado 'do nós' nos movimentos e ondulações dos processos interativos no ambiente hospitalar*

Maria Aparecida Baggio,1 Alacoque Lorenzini Erdmann2
1
Doutora em Enfermagem. Professora do Curso de Enfermagem e do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública em Região de Fronteira da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil. E-mail: mariabaggio@yahoo.com.br 2Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora Titular do Departamento de Enfermagem e PEN/UFSC. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. E-mail: alacoque@newsite.com.br

Recebido: 31 de janeiro de 2014
Aprovado: 10 de julho de 2014

 *Artigo extraído da tese - Acontecendo o cuidado "do nós" nos movimentos e ondulações dos processos interativos, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PEN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2012

 

 

 

Cómo citar este documento

Baggio, Maria Aparecida; Erdmann, Alacoque Lorenzini. Acontecendo o cuidado 'do nós' nos movimentos e ondulações dos processos interativos no ambiente hospitalar. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2016, 25(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2016/251026p.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivou-se compreender como os profissionais de enfermagem e de saúde experienciam e significam as relações no processo de cuidado 'do nós', utilizando a Teoria Fundamentada nos Dados como método. Participaram 25 profissionais de Enfermagem e de saúde de um hospital universitário, distribuídos em quatro grupos amostrais, cuja coleta dos dados foi realizada por entrevista semiestruturada, no período de março a julho de 2011. A contextualização da instituição e da gestão forma o contexto, os movimentos das relações/interações humanas e a saúde do profissional são condições causais, enquanto o avanço da tecnologia, o declínio do cuidado humano e o viver social são condições intervenientes. As relações/interações humanas de cuidado processadas são as estratégias para acontecer o cuidado 'do nós' na circularidade processual de cuidar e ser cuidado. Nos movimentos e ondulações dos processos de interação humana, os profissionais constroem na sua prática o cuidado 'do nós', entendido como relacional e processual.
Descritores: Enfermagem/ Cuidados de enfermagem/ Interação interpessoal/ Pesquisa nos serviços de saúde.
 

Abstract
The occurrence of the care 'of us' in the movements and fluctuations of the interactive processes in the hospital environment

This study's objective was to understand how nursing and health professionals experience and signify the relationships in the care "of us" process, using Grounded Theory as its method. A total of 25 nursing and health workers from a university hospital, distributed into four sample groups, participated in the study. Data were collected through semi-structured interviews in March-July 2011. The contextualization of the institution and management form the context. The movements of human relations/interactions and the professionals' health are causal conditions, while the advance of technology and decline of human care and social life are intervenient conditions. The processed human relations/interactions of care are the strategies that cause the care "of us" to take place in the procedural circularity of care and being-cared-for. The professionals construct the care "of us" in their practice, understood as relational and procedural, in the movements and fluctuations of processes of human interactions.
Descriptors: Nursing/ Nursing care/ Interpersonal interaction/ Research in health services.
 

Resumen
La occurencia del cuidado de "lo nosotros" en los movimientos y ondulaciones de los procesos interactivos en el ambiente hospitalario

La finalidad fue comprender como los profesionales de enfermería y salud viven y significan las relaciones en el proceso de cuidado de "lo nosotros", utilizando la Teoría Fundamentada en los Datos como método. Participaron 25 profesionales de enfermería y salud de un hospital universitario, distribuidos en cuatro grupos de muestreo. Los datos fueron recolectados mediante entrevista semiestructurada, en el período de marzo a julio del 2011. La contextualización de la institución y gestión forma el contexto, los movimientos de las relaciones/ interacciones humanas y la salud del profesional son condiciones causales, mientras el avance de la tecnología, el declive del cuidado humano y el vivir social son condiciones intervinientes. Las relaciones/interacciones humanas de cuidado procesadas son estrategias para que ocurra el cuidado de "lo nosotros" en la circularidad del proceso de cuidar y ser cuidado. En los movimientos y ondulaciones de los procesos de interacción humana, los profesionales construyen en su práctica el cuidado de "lo nosotros", entendido como relacional y procesual.
Descriptores: Enfermería/ Cuidados de enfermería/ Relaciones interpersonales/ Investigación en los servicios de salud.
 

Referências

1. Baggio MA, Erdmann AL. Multiple Relationships of Nursing Care: the Emergence of Care "of the us". Rev Latino-Am Enferm. 2010; 18(5):895-902.

2. Cunha PJ, Zagonel IPS. As relações interpessoais nas ações de cuidar em ambiente tecnológico hospitalar. Acta Paul Enferm. 2008 Jul-Set; 21(3):412-9

3. Lanzoni GMM, Lessmann JC, Sousa FGM, Erdmann AL, Meirelles BHS. Interações no ambiente de cuidado: explorando publicações de Enfermagem. Rev Bras Enferm. 2011 Mai-Jun; 64(3):580-6.

4. Braga JP, Dyniewicz AM, Campos O. Tendências no relacionamento humano na área da saúde. Cogitare Enferm. 2008 Jan-Mar; 13(2):290-5.

5. Morin E. Introdução ao pensamento complexo. 4ª ed. Porto Alegre (RS): Sulina; 2011.

6. Backes DS, Sousa FGM, Mello ALSF, Erdmann AL, Nascimento KC, Lessmann JC. Concepções de cuidado: uma análise das teses apresentadas para um programa de pós-graduação em enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2006; 15(Esp):71-8.

7. Baggio MA, Erdmann AL. Teoria fundamentada nos dados ou Grounded Theory e o uso na investigação em enfermagem no Brasil. Rev Enf Ref. 2011 Mar; 3(3):177-85.

8. Ministério da Saúde (BR). Conselho Nacional de Saúde. Resolução 196. Aspectos éticos envolvendo seres humanos. Brasília (DF); 1996.

9. Casey A, Wallis A. Effective communication: principle of nursing practice E. Nurs Stand. 2011 Apr; 25(32):35-7.

10. Oliveira T, Simões S. Communication faces in the practice of nursing. A bibliographic research. Online Braz J Nurs [online]. 2010 [acesso 2012 Out 10]; 9(2). Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.16764285.2010.3116/698

11. Araujo MMT, Silva MJP, Pugina ACG. A comunicação não verbal enquanto fator iatrogênico. Rev Esc Enferm USP. 2007 Set; 41(3):419-25.

12. Santos MCL, Braga VAB, Fernandes AFC. Nível de satisfação dos enfermeiros com seu trabalho. Rev Enferm UERJ. 2008 Jan-Mar; 16(1):101-5.

13. Pirolo SM, Ferraz CA, Gomes R. A integralidade do cuidado e ação comunicativa na prática interprofissional da terapia intensiva. Rev Esc Enferm USP. 2011 Dez; 45(6):1396-402.

14. Brinkert R. A literature review of conflict communication causes, costs, benefits and interventions in nursing. J Nurs Manag. 2010 Mar; 18(2):145-56.

15. Mahon MM, Nicotera AM. Nursing and conflict communication: avoidance as preferred strategy. Nurs Adm Q. 2011 Apr-Jun; 35(2):152-63.

16. Yañez-Gallardo R, Valenzuela-Suazo S. Critical incidents of trust erosion in leadership of head nurses. Rev Latino-Am Enferm. 2012 Jan-Fev; 20(1):143-50.

17. Moura GMSS, Magalhães AMM, Dall'agnol CM, Juchem BC, Marona DS. Leadership in Nursing: Analysis of the Process of Choosing The Heads. Rev Latino-Am Enferm. 2010 Nov-Dez; 18(6):1099-106.

18. Schmidt DRC, Dantas RAS, Marziale MHP. Ansiedade e depressão entre profissionais de enfermagem que atuam em blocos cirúrgicos. Rev Esc Enferm USP. 2011 Abr; 45(2):487-93.

19. Mininel VA, Baptista PCP, Felli VEA. Psychic Workloads and Strain Processes in Nursing Workers of Brazilian University Hospitals. Rev Latino-Am Enferm [online]. 2011 [accesso 2012 Out 11]; 19(2):[09 telas]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n2/pt_16.pdf

20. Rocha MCP, De Martino MMF. O estresse e qualidade de sono do enfermeiro nos diferentes turnos hospitalares. Rev Esc Enferm USP. 2010 Jun; 44(2):280-6.

21. Giddens A. Mundo em descontrole: O que a globalização está fazendo "de nós". 6ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Record; 2007.

22. Baggio MA, Monticelli M, Erdmann AL. Cuidando de si, do outro e "do nós" na perspectiva da complexidade. Rev Bras Enferm. 2009 Jul-Ago; 62(4):627-31.

23. Yagil D; Luria G; Admi H; Moshe-Eilon Y; Linn S. Parents, spouses, and children of hospitalized patients: evaluation of nursing care. J Adv Nurs. 2010 Aug; 66(8):1793-801.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería