ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

REFLEXÃO

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Compromisso ético-social na proposta pedagógica da formação em enfermagem

Daiana Kloh,1 Margarete Maria de Lima,2 Kenya Schmidt Reibnitz3
1Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Bolsista CAPES. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. 2Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Bolsista CNPq. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. 3Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem da UFSC. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

Recebido: 26 de Fevereiro de 2013
Aprovado: 14 de Fevereiro de 2014

Texto Contexto Enferm 23(2): 484-491

 

 

 

Cómo citar este documento

Kloh, Daiana; Lima, Margarete Maria de; Reibnitz, Kenya Schmidt. Compromisso ético-social na proposta pedagógica da formação em enfermagem. Texto Contexto Enferm, abr-jun 2014, 23(2). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/23230.php> Consultado el

 

Resumo

Esta reflexão enfoca o compromisso ético-social na formação em enfermagem e suas repercussões no desenvolvimento da proposta pedagógica, na perspectiva de que esta reflexão teórica possa contribuir para o despertar da inter-relação da proposta pedagógica com o compromisso ético-social nos cursos de graduação. Considera-se que o conceito de ética vai adequando-se aos valores relativos a cada época e lugar, sendo considerada como um elemento essencial para a formação integral do ser humano. Para que a formação seja ancorada em ações de acordo com o compromisso ético-social e profissional, os princípios éticos devem permear os conteúdos curriculares, estar presentes nas posturas pedagógicas envolvendo as relações interpessoais e os processos de avaliação.
Palavras chave: Educação superior/ Ética/ Enfermagem.


Abstract
Ethical and social commitment in the teaching plan of nursing education

This study focuses on the ethical and social commitment in nursing education and its impact on the development of the teaching plan, with the viewpoint that this theoretical reflection can contribute to awaken the interrelationship of the teaching plan and ethical and social commitment in college-level courses. It is assumed that the concept of ethics adapts to the values relative to each time and place, being considered an essential element for the comprehensive education of human beings. In order for education to be anchored in actions in accordance with social, ethical and professional commitment, ethical principles should permeate the curriculum content, and be present in teaching positions that involve interpersonal relationships and evaluation procedures.
Key-words: Education, higher/ Ethics/ Nursing.


Resumen
Compromiso ético-social en la propuesta pedagógica de la formación en enfermería

Esta reflexión enfoca el compromiso ético-social en la formación de enfermería y su impacto en el desarrollo de la propuesta pedagógica, en la perspectiva de que esta reflexión teórica puede contribuir para el despertar de la interrelación de la propuesta pedagógica con el compromiso ético-social en los cursos de graduación. Se considera que el concepto de ética va adecuándose a los valores relativos a cada época y lugar, siendo considerado como un elemento esencial para la formación integral del ser humano. Para que la formación sea sustentada en acciones en concordancia con el compromiso ético-social y profesional, los principios éticos deben impregnar los contenidos curriculares, estar presentes en las posturas pedagogías involucrando las relaciones interpersonales y los procesos de evaluación.
Palabras clave: Educación superior/ Ética/ Enfermería.
 

Referências

1. Ramos FRS, Borges LM, Brehmer LCF, Silveira LR. Formação ética do enfermeiro: indicativos de mudança na percepção de professores. Acta Paul Enferm. 2011; 24(4):485-92.

2. Vasconcellos MMM. Avaliação e ética. Londrina (PR): UEL, 2002.

3. Reibnitz, KS, Prado ML. Inovação e educação em enfermagem. Florianópolis (SC): Cidade Futura, 2006.

4. Cardoso WS, Gadelha L. Refletindo a ética na formação do educador. In: Anais do 5º Colóquio Internacional Paulo Freire, 2005 Set 19-22; Recife (PE): Centro Paulo Freire: estudos e pesquisas; 2005.

5. Freire P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 43ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Paz e Terra; 2011.

6. Ministério da Educação e Cultura (BR). Resolução CNE/CES n. 03 de 07 de novembro de 2001. Dispõe sobre Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Diário Oficial da União, Brasília, 9 nov. 2001a. Seção 1:37.

7. Erdmann AL, Ramos FR, Reibnitz KS, Prado ML. Educação em bioética: desafios para a formação crítico-criativa dos profissionais de enfermagem. In: Pessino L, Barchifontaine CP, organizadores. Bioética e longevidade humana. São Paulo (SP): Ed. Loyola; 2006.

8. Severino AJ. Educação e universidade: o conhecimento e construção da cidadania. Rev Interfa Comunic Saúde Educ. 2002 Fev; 6(10):117-24.

9. Ferreira HM, Ramos LH. Diretrizes curriculares para o ensino da ética na graduação em enfermagem. Acta Paul Enferm. 2006 Jul-Ago;19(3):328-31.

10. Rodrigues N. Educação: da formação humana à construção do sujeito ético. Educ Soc. 2001 Out; 22(76):232-57.

11. Freire P. Pedagogia do oprimido. 50ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Paz e Terra; 2011.

12. Fernandes JD, Rosa DOS, Vieira TT, Sadigursky D. Dimensão ética do fazer cotidiano no processo de formação do enfermeiro. Rev Esc Enferm USP. 2008; 42(2):396-403.

13. Candiotto C. Algumas aproximações entre ética e ensino superior. Rev Diálogo Educ. 2001 Jul-Dez; 2(4):61-5.

14. Benito GAV, Tristão KM, Paula ACSF, Santos MA, Ataide LJ, Lima RCD. Desenvolvimento de competências gerais durante o estágio supervisionado. Rev Bras Enferm. 2012 Jan-Fev; 65(1):172-8.

15. Lima ML, Reibnitz KS, Prado ML, Kloh D. Integralidade como princípio pedagógico na formação do enfermeiro. Texto Contexto Enferm. 2013 Jan-Mar; 22(1):106-13.

16. Freire P. Pedagogia da indignação. São Paulo (SP): UNESP; 2000.

17. Morin E. O método 6: ética. Porto Alegre (RS): Sulina; 2005.

18. Braccialli LAD, Oliveira MAC. Concepções de avaliação de desempenho em um currículo orientado por competência. Rev Esc Enferm USP. 2011; 45(5):1221-8.

19. Silva Junior AG, Alvez AA, Machado MRC, Lima RH, Nascimento-Silva VM. Práticas avaliativas em saúde, mediação e integralidade: outras possibilidades. In: Pinheiro R, Silva Junior AG, organizadores. Cidadania no cuidado: o universal e o comum na integralidade das ações de saúde. Rio de Janeiro (RJ): IMS/UERJ, CEPESC; 2011.

20. Caregnato RCA, Martini RMF, Mutti RMV. Questão ético-moral na formação dos enfermeiros e médicos: efeitos de sentidos nos discursos docentes. Texto Contexto Enferm. 2009 Out-Dez; 18(4):713-21.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería