ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

A educação permanente no desenvolvimento de competências dos profissionais de enfermagem1

Nádia Chiodelli Salum,2 Marta Lenise Prado3
2Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora do Mestrado Profissional em Gestão do Cuidado da UFSC. Santa Catarina, Brasil. 3Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem e do PEN/UFSC. Pesquisadora CNPq. Santa Catarina, Brasil

Recebido: 08 de Junho de 2011
Aprovado: 10 de Junho de 2013

Texto Contexto Enferm 23(2): 301-308
1Texto extraído da tese - A educação permanente e suas contribuições na constituição do profissional e nas transformações do cuidado de enfermagem, apresentada ao programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PEN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2007

 

 

 

Cómo citar este documento

Salum, Nádia Chiodelli; Prado, Marta Lenise. A educação permanente no desenvolvimento de competências dos profissionais de enfermagem. Texto Contexto Enferm, abr-jun 2014, 23(2). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/23209.php> Consultado el

 

Resumo

Este estudo teve por objetivo identificar o potencial da educação permanente no desenvolvimento de competências técnicas, relacionais/comunicacionais e éticas/políticas dos profissionais de enfermagem. Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada com 12 profissionais de enfermagem. A coleta de dados foi realizada por meio de análise documental, entrevistas e observação. Os dados foram analisados a partir de categorias pré-determinadas: competência técnica, competência relacional/comunicacional e competência ética/política. Os resultados revelam que a educação permanente contribui significativamente para o desenvolvimento das competências dos profissionais. Apontam a predominância da dimensão técnica como forma de garantir segurança e reconhecimento profissional. Entretanto, as competências relacionais/comunicacionais e éticas/políticas estão se consolidando e trazem contribuições no relacionamento interpessoal e na forma de organização do trabalho. O processo de educação permanente que inclua as várias dimensões da competência favorece a integração dos profissionais no mundo em transformação e é um dos aspectos que potencializam esse processo.
Palavras chave: Enfermagem/ Educação continuada em enfermagem/ Competência profissional.


Abstract
The permanent education in the development of nursing professionals competences

This study aimed at identifying the potential of permanent education regarding development of technical, relationship/ communicative and ethical/political competences of nursing professionals. The study is a qualitative research undertaken with 12 nursing professionals. Data collection took place through documental analysis, interviews, observation. Data was analysed from predetermined categories: technical competence, communicational/relationship competence and ethic/political competence. Results show that permanent education significantly contributes towards the development of professional competences; they indicate the predominance of the technical dimension as a way of ensuring security and professional recognition. However, relationship/ communicative and ethical/political competences are being consolidated and contribute towards interpersonal relationships as well as in working organization form. A permanent education process that includes the various dimensions of competence favours the integration of professionals in a changing world and it is also one of aspects that potentiate such process.
Key-words: Nursing/ Continuous education/ Professional competence.


Resumen
La educación permanente en el desarrollo de competencias de los profesionales de enfermería

Este estudio tuvo por objetivo reconocer el potencial de la educación permanente en el desarrollo de competencias técnicas, relacionales/comunicacionales y ética/políticas de los profesionales de enfermería. Tratase de una investigación cualitativa realizada con doce profesionales de enfermería. La recolección de datos se llevó a cabo a través de análisis de documento, entrevista y observación. Los datos fueron analizados con base en categorías predeterminadas: competencia técnica, competencia relacional/comunicacional y competencia ética/política. Los resultados demuestran que la educación permanente contribuye de manera significativa al desarrollo de competencias de los profesionales. Apuntan para el predominio de la dimensión técnica como modo de garantizar seguridad y reconocimiento profesional. Las dimensiones relacionales/comunicacionales y ético/políticas también son consideradas y contribuyen en el relacionamiento interpersonal y en la forma de organización del trabajo. El proceso de educación permanente que incluye las diversas dimensiones favorece la integración de los profesionales en el mundo de cambios e es uno de los aspectos que potencializan dicho proceso.
Palabras clave: Enfermería/ Educación continuada en enfermería/ Competencia profesional.
 

Referências

1. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Política de educação e desenvolvimento para o SUS: caminhos para a educação permanente em saúde - pólos de educação permanente em saúde. Brasília (DF): MS; 2004.

2. Lino MM, Backes VMS, Ferraz F, Prado ML, Fernandes GFM, Silva LAA, et al. Educação permanente dos serviços públicos de saúde de Florianópolis, Santa Catarina. Trab Educ Saúde. 2009 Mar-Jun; 7(1):115-36.

3. Perrenoud P, Thurler MG. As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e do desafio da avaliação. Porto Alegre (RS): Artmed; 2002.

4. Zooche DAA. Educação profissional em saúde: reflexões sobre a avaliação. Trab Educ Saúde. 2007 Jul; 5(2):281-5.

5. Rios TA. Compreender e ensinar: por uma docência da melhor qualidade. 2ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2001.

6. Silva LAA, Franco GP, Leite MT, Pinno C, Lima VML, Saraiva N. Concepções educativas que permeiam os planos regionais de educação permanente em saúde. Texto Contexto Enferm. 2011 Abr-Jun; 20(2):340-8.

7. Yin RK. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3ª ed. Porto Alegre (RS): Brokman; 2005.

8. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 9ª ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2007.

9. Furukawa PO, Cunha ICKO. Perfil e competências de gerentes de enfermagem de hospitais acreditados. Rev Latino-Am Enfermagem [online]. 2011 [acesso 2012 Jun 25];19(1). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n1/pt_15.pdf.

10. Salum NC. A educação permanente e suas contribuições na constituição do profissional e nas transformações do cuidado de enfermagem [tese]. Florianópolis (SC): Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; 2007.

11. Delors J, organizador. Educação: um tesouro a descobrir: relatório para a UNESCO da comissão internacional sobre educação para o século XXI. 8ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2003.

12. Habermans J. O discurso filosófico da modernidade: doze lições. São Paulo (SP): Martins Fontes; 2002.

13. Kobayashi RM, Leite MMJ. Desenvolvendo competências profissionais dos enfermeiros em serviço. Rev Bras Enferm. 2010 Mar-Abr; 63(2):243-9.

14. Ferretti CJ. A pedagogia das competências: autonomia ou adaptação? Educ Soc. 2002; 23(81):299-306.

15. Ministério da Saúde (BR), Secretaria Executiva, Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. HUMANIZASUS: ambiência. Série B Textos Básicos de Saúde. Brasília (DF): MS; 2004.

16. Tronchin DMR, Gonçalves VLM, Leite MMJ, Melleiro MM. Instrument of student assessment based on nursing managerial competences. Acta Paul Enferm. 2008; 21(2):356-60.

17. Carneiro AD, Costa SFG, Pequeno MJP. Disseminação de valores éticos no ensino do cuidar em enfermagem: estudo fenomenológico. Texto Contexto Enferm. 2010 Out-Dez; 18(4):722-30.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería