ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707 2014 v23n4 r231095

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Alimentação na adolescência e as relações com a saúde do adolescente

Julyana Gall da Silva,1 Maria Luiza de Oliveira Teixeira,2 Márcia de Assunção Ferreira3
1
Mestranda do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Bolsista CNPq. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. 2Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem Fundamental da EEAN/UFRJ. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. 3Doutora em Enfermagem. Professora Titular do Departamento de Enfermagem Fundamental da EEAN/UFRJ. Pesquisadora 1D do CNPq. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Recebido em 12 de abril de 2013
Aprovação final em 19 de agosto de 2013

Texto Contexto Enferm 23(4): 1095-1103

 

 

 

Cómo citar este documento

Silva, Julyana Gall da; Texeira, Maria Luiza de Oliveira; Ferreira, Márcia de Assunção. Alimentação na adolescência e as relações com a saúde do adolescente. Texto Contexto Enferm, oct-dic 2014, 23(4). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/231095.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivou-se identificar os conteúdos das representações de adolescentes sobre a alimentação e analisar as relações estabelecidas entre a alimentação, o peso e a saúde. Aplicou-se a Teoria das Representações Sociais em associação com o método da Pesquisa Convergente-Assistencial. Participaram 27 adolescentes de ambos os sexos com idade entre 13 e 19 anos, que frequentam um grupo de jovens de uma igreja evangélica. A análise de conteúdo temática organizou categorias que elucidaram os conteúdos das representações sobre a alimentação saudável e não saudável, que influenciam na ocorrência de doenças e sobrepeso. As comidas de preparação rápida não são saudáveis, mas são típicas da adolescência. Concluiu-se que os adolescentes têm conhecimentos sobre alimentação saudável e os problemas decorrentes de maus hábitos alimentares; magreza representa saúde e a obesidade se relaciona à doença; e a cultura alimentar própria da adolescência influencia suas práticas.
Descritores: Alimentação. Psicologia social. Cuidado de enfermagem

Resumen
Alimentación en la adolescencia y relaciones con la salud del adolescente

Se objetivo identificar los contenidos de las representaciones de adolescentes sobre la alimentación y analizar las relaciones establecidas entre la alimentación, el peso y la salud. Se aplicó la Teoría de las Representaciones Sociales en asociación con el Método de la Investigación Convergente-Asistencial. Participaron 27 adolescentes de ambos los sexos con edad entre 13 y 19 años, que frecuentan un grupo de jóvenes de una iglesia evangélica. El análisis de contenido temático organizó categorías que aclararon los contenidos de las representaciones sobre la alimentación saludable y no saludable, que influencian en la ocurrencia de enfermedades y sobrepeso. Las comidas de preparación rápida no son saludables, pero son típicas de la adolescencia. Se concluyó que los adolescentes tienen conocimientos sobre alimentación saludable y los problemas decurrentes de males hábitos alimentares; delgadez representa salud y la obesidad se relaciona a la enfermedad; la cultura alimentar propia de la adolescencia influencia sus prácticas.
Descriptores: Alimentación. Psicología social. Atención de enfermería

Abstract
Eating during adolescence and its relations with adolescent health

This study aims to identify the contents of teenagers' representations about eating and to analyze the relations established among feeding, weight and health. Social Representations Theory was applied in combination with the Convergent-Care Method. The participants were 27 teenagers of both genders between 13 and 19 years old who attended a group of young people from an evangelical church. The thematic content analysis organized categories that clarified the contents of the representations about healthy and unhealthy eating, which influence the occurrence of diseases and overweight. Although typical of teenagers, fast food is not healthy. It was concluded that teenagers know about healthy food and the problems deriving from bad eating habits; thinness represents health and obesity is related to disease; and the food culture of adolescence influences their practices.
Descriptors: Feeding. Psicology, social. Nursing care
 

Referências

1. Organización Mundial de la Salud (OMS). La salud de los jóvenes: un reto y una esperanza. Geneva (CH); 1995.

2. Sá CP. A construção do objeto de pesquisa em representações sociais. Rio de Janeiro (RJ): EdUERJ; 1998.

3. Jodelet D. O movimento de retorno ao sujeito e a abordagem das representações sociais. Sociedade e Estado. Brasília. 2009 Set-Dez; 24(3):679-712.

4. Strauss LC. Introdução à obra de Marcel Mauss. In: Mauss M. Sociologia e antropologia. São Paulo (SP): Edusp; 1974. p.1-37.

5. Alves HJ, Boog MCF. Representações sobre o consumo de frutas, verduras e legumes entre fruticultores de zona rural. Rev Nutr. 2008 Nov-Dez; 21(6):705-15.

6. Leonardo M. Antropologia da alimentação. Rev Antropos. 2009 Dez: (3);1-6.

7. Marques JF, Silva KM, Moreira KAP, Queiroz MVO. Saúde e cuidado na percepção de estudantes adolescentes: contribuições para a prática de enfermagem. Cogitare Enferm. 2012 Jan-Mar; 17(1):37-43.

8. Moscovici S. Representações Sociais: investigações em psicologia social. 5ª ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 2009.

9. Sancovschi B. Sobre a noção de representação em S. Moscovici e F. Varela. Psico Sociedade. 2007; 19(2):7-14.

10. Paim L, Trentini M, Madureira VSF, Stamm M. Pesquisa convergente-assistencial e sua aplicação em cenários da enfermagem. Cogitare Enferm. 2008 Jul-Set; 13(3):380-6.

11. Antonacci MH, Pinho LB. Saúde mental na atenção básica: uma abordagem convergente-assistencial. Rev Gaúcha Enferm. 2011 Mar; 32(1):136-42.

12. Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa (PT): Edição 70; 2010.

13. Alves-Mazzotti AJ. Representações sociais: aspectos teóricos e aplicações à educação. Rev Múltiplas Leituras. 2008 Jan-Jun; 1(1):18-43.

14. Zancul MS. Orientação nutricional e alimentar dentro da escola: formação de conceitos e mudanças de comportamento [tese]. Araraquara (SP): Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade Estadual Paulista; 2008.

 15. Tomé G, Camacho I, Matos MG, Diniz JA. A influência da comunicação com a família e grupo de pares no bem-estar e nos comportamentos de risco nos adolescentes portugueses.  Psicologia Reflexão Crítica. 2011; 24(4):747-56.

16. Silva JG, Teixeira MLO, Ferreira MA. Alimentação e saúde: os sentidos atribuídos por adolescentes. Esc Anna Nery. 2012 Jan-Mar; 16(1):88-95

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería