ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

REFLEXÃO

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Reflexões sobre o valor da amamentação como prática de saúde: uma contribuição da enfermagem

Valdecyr Herdy Alves,1 Diego Pereira Rodrigues,2 Vitória Regina Petters Gregório,3 Maria Bertilla Lutterbach Riker Branco,4 Rosangela de Mattos Pereira de Souza,5 Cléria Maria Calheiros da Silva Herdy Alves6
1
Doutor em Enfermagem. Professor Titular do Departamento Materno-Infantil e Psiquiátrico da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa (EEAAC) da Universidade Federal Fluminense (UFF). Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: herdyalves@yahoo.com.br 2Mestrando em Ciências do Cuidado da Saúde da EEAAC/UFF. Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: diego.pereira.rodrigues@gmail.com 3Doutora em Enfermagem. Professora do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Santa Catarina, Brasil. E-mail: vitoria@ccs.ufsc.br 4Mestranda em Materno-Infantil no Hospital Universitário Antônio Pedro da Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: bertilla@vm.uff.br 5Mestranda em Materno-Infantil no Hospital Universitário Antônio Pedro da Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: rosangelademattos@yahoo.com.br 6Mestranda em Materno-Infantil no Hospital Universitário Antônio Pedro da Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: cleriaherdy@yahoo.com.br

Recebido em 11 de setembro de 2012
Aprovação final em 18 de fevereiro de 2013

Texto Contexto Enferm 23(1): 203-210

 

 

 

Cómo citar este documento

Alves, Valdecyr Herdy; Rodrigues, Diego Pereira; Gregório, Vitória Regina Petters; Branco, Maria Bertilla Lutterbach Riker; Souza, Rosangela de Mattos Pereira de; Alves, Cléria Maria Calheiros da Silva Herdy. Reflexões sobre o valor da amamentação como prática de saúde: uma contribuição da enfermagem. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2014, 23(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/23-203.php> Consultado el

 

Resumo

O estudo objetiva identificar e analisar, sob a ótica de enfermeiros, o processo de valoração axiológica da promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Apresenta uma abordagem qualitativa, descritiva. Participaram 11 enfermeiras atuantes no Programa de Aleitamento Materno - Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação, no Município do Rio de Janeiro. Na análise optou-se pela formulação de categorias temáticas e a articulação com a Teoria dos Valores de Max Scheler. Os dados evidenciaram a forma operacional vinculada aos cumprimentos do Ministério da Saúde, como enfoque nutricional, ao invés de regatar a nutriz como valor social, familiar da rede de cuidado, que compromete o valor da amamentação e impede o pleno potencial do sentir/saber/ fazer. Conclui-se que a compreensão do valor do cuidar, nos aspectos biológicos, culturais e sociais, garante a qualidade assistencial da amamentação, e deve ser cada vez mais valorizada e incentivada, pois a amamentação aprofunda o vínculo afetivo mãe/filho.
Palavras chave: Enfermagem/ Aleitamento materno/ Valores sociais.
 

Abstract
Reflexions about the value of breastfeeding as a health practice: a nursing contribution

The study aims at the identification and analysis, under the view of the nurses, of the axiological value process of the promotion, protection and support related to the maternal breastfeeding. It presents a qualitative and descriptive approach. 11 acting nurses had participated on the Program of Maternal Breastfeeding - Amiga da Amamentação (Breatsfeeding Friend) Basic Unit Initiative in Rio de Janeiro city. In the analysis, the formulation of thematic categories and the articulation with Max Scheler Value Theory were chosen. The data demonstrated the operational form linked to the guidelines of Health Ministry, as nutritional approach, instead of recovering the breastfeeding woman as a familiar and social value of the care net, which threatens the value of breastfeeding and prevents the entire potential of feeling/knowing/doing. We conclude that the comprehension of the value of care related to biological, cultural and social aspects, grants the breastfeeding caring quality and that it has to be more and more valued and stimulated, as breastfeeding deepens the affection link between mother and child.
Key-words: Nursery/ Breast feeding/ Social values.
 

Resumen
Reflexiones sobre el valor del amamantamiento como práctica de salud: una contribución de la enfermería

El estudio objetiva identificar y analizar, bajo la óptica de enfermeros, el proceso de valoración axiológica de la promoción, protección y apoyo al amamantamiento materno. Presenta un abordaje cualitativo y descriptivo. Participaron 11 enfermeros actuantes en el Programa de Amamantamiento Materno - Iniciativa Unidad Básica Amiga da Amamentação (Amiga del Amamantamiento) en el Municipio de Rio de Janeiro. Para el análisis, fue utilizada la formulación de categorías temáticas y la articulación con la Teoría de los Valores de Max Scheler. Los datos evidenciaron la forma operacional vinculada a las directrices del Ministerio de Salud, como enfoque nutricional, en vez de rescatar a la nodriza como valor social y familiar de la red de cuidado, lo que compromete el valor del amamantamiento e impide el pleno potencial del sentir/saber/hacer. Se concluye que la comprensión del valor del cuidar en los aspectos biológicos, culturales y sociales garantiza la calidad asistencial del amamantamiento y debe ser cada vez más valorizada e incentivada, pues el amamantamiento profundiza el vínculo afectivo madre/hijo.
Palabras clave: Enfermería/ Lactancia materna/ Valores sociales.
 

Referências

1. Cruz SH, Germano JA, Tomasi E, Facchini LA, Piccini RX, Thume E. Orientações sobre amamentação: a vantagem do programa de saúde da família em municípios gaúchos com mais de 100.000 habitantes no âmbito do PROESF. Rev Bras Epidemiol. 2010 Jun; 13(2):259-67.

2. Souza KV, Tesin RR, Alves VH. Mães de recémnascidos hospitalizados: em/entre círculos no processo de amamentação. Acta Paul Enferm. 2010 Out; 23(5):608-13.

3. Ministério da Saúde (BR). Secretária de Atenção à Saúde. II Pesquisa de prevalência de aleitamento materno nas capitais brasileiras e distrito federal. Brasília (DF): MS; 2009.

4. Issler H. Aleitamento materno no contexto atual - políticas, práticas e bases científicas. São Paulo (SP): Sarvier; 2008.

5. Machado MMT, Bosi MLM. Compreendendo a prática do aleitamento exclusivo: um estudo junto a lactantes usuárias da rede de serviços em Fortaleza, Ceará, Brasil. Rev Bras Saude Mater Infant. 2008 Mar; 8(2):187-96.

6. Alves VH. Reflexões sobre o valor da amamentação como prática de saúde: uma contribuição da enfermagem [tese]. Rio de Janeiro (RJ): Universidade Federal Fluminense. Departamento Materno-Infantil e Psiquiátrico; 2010.

7. Teixeira MA, Nitschke RG. Modelo de cuidar em enfermagem junto às mulheres-avós e sua família no cotidiano do processo de amamentação. Texto Contexto Enferm. 2008 Jan-Mar; 17(1):183-91.

8. Scheler M. Da reviravolta dos valores. 2ª ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 2012.

9. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12º ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2010.

10. Orlandi EP. As formas do silêncio: no movimento dos sentidos. 6ª ed. São Paulo (SP): UNICAMP; 2007.

11. Costa VC. Práticas educativas pró-amamentação em uma maternidade credenciada pela Iniciativa Hospital Amigo da Criança [Dissertação]. Pernambuco (PE): Universidade Federal de Pernambuco; 2012.

12. Oliveira MIC, Souza IEO, Santos EM, Camacho LAB. Avaliação do apoio recebido para amamentar: significados de mulheres usuárias de unidades básicas de saúde do Estado do Rio de Janeiro. Ciênc. Saúde Coletiva. 2010 Mar; 15(2):599-608.

13. Spyrides MHC, Struchiner CJ, Barbosa MTS, Kac G. Efeito da duração da amamentação predominante no crescimento infantil: um estudo prospectivo com modelos não lineares de efeitos mistos. J Pediatr (Rio J). 2008 Jun; 84(3):237-43.

14. Duarte AML, Costa AFF, Oliveira CT, Carvalho LSF. Aleitamento materno: uma abordagem sobre o papel do enfermeiro no preparo de mães adolescentes. Rev Inst Ciênc Saúde. 2008; 26(2):177-82.

15. Orlandi EP. Discurso e leitura. 8ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2008.

16. Siqueira FPC. O significado da amamentação na construção da relação mãe e filho: um estudo interacionista simbólico [Tese]. São Paulo (SP): Universidade de São Paulo; 2012.

17. Brasil. Lei n. 11.770, de 9 de setembro de 2008. Dispõe sobre a criação do Programa Empresa Cidadã, destinado à prorrogação da licença-maternidade mediante concessão de incentivo fiscal. Diário Oficial da Republica Federativa do Brasil. 10 Set 2008. Seção 1.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería