ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Representações sobre o suicídio para mulheres com história de violência doméstica e tentativa do mesmo*

Cíntia Mesquita Correia,1 Nadirlene Pereira Gomes,2 Telmara Menezes Couto,3 Adriana Diniz Rodrigues,4 Alacoque Lorenzini Erdmann,5 Normélia Maria Freire Diniz6
1
Mestre em Enfermagem. Professora Assistente da Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública. Bahia, Brasil. E-mail:cintia.mes@hotmail.com 2Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto da Escola de Enfermagem da UFBA. Bahia, Brasil. E-mail: nadirlenegomes@hotmail.com 3Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto da Escola de Enfermagem da UFBA. Bahia, Brasil. E-mail: telmaracouto@gmail.com 4Doutoranda em Enfermagem Programa de Pós-graduação em Enfermagem UFBA. Enfermeira do Centro Obstétrico e Cirúrgico da Maternidade Referência Profº José Maria Magalhães Netto. Bahia, Brasil. E-mail: a.dini@ig.com.br 5Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora Titular do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista 1A do CNPq. Santa Catarina, Brasil. E-mail: alacoque@newsite.com.br 6Doutora em Enfermagem. Professora Associada da Escola de Enfermagem da UFBA. Bahia, Brasil. E-mail: normeliadiniz@gmail.com

Recebido em 24 de outubro de 2012
Aprovação final em 22 de maio de 2013

Texto Contexto Enferm 23(1): 118-125
*Recorte de dissertação - Vivência de violência doméstica em mulheres que tentaram suicídio, apresentada ao Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 2011

 

 

 

Cómo citar este documento

Correia, Cíntia Mesquita; Gomes, Nadirlene Pereira; Couto, Telmara Menezes; Rodrigues, Adriana Diniz; Erdmann, Alacoque Lorenzini; Diniz, Normélia Maria Freire. Representações sobre o suicídio para mulheres com história de violência doméstica e tentativa do mesmo. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2014, 23(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/23-118.php> Consultado el

 

Resumo

A tentativa de suicídio caracteriza-se por fenômenos complexos e multifacetados, com destaque na saúde pública mundial. O estudo teve como objetivo apreender a estrutura das representações sociais sobre o suicídio para mulheres com história de violência doméstica e tentativa do mesmo. Abordagem qualitativa, fundamentada na Teoria das Representações Sociais. Participaram do Teste de Associação Livre de Palavras 30 mulheres com história de violência doméstica e tentativa de suicídio por envenenamento. Os dados obtidos foram processados por meio do software EVOC e os resultados foram agrupados em três categorias: elementos do núcleo central, elementos intermediários e elementos periféricos. A representação das mulheres sobre o suicídio encontra-se ancorada em histórias de vida permeada pela rejeição e desamor, que leva à doença, sobretudo pela depressão. O sentimento de impotência diante da necessidade de mudança e libertação desencadeia problemas de âmbito emocional que culminam na decisão de interromper a própria vida.
Palavras chave: Violência doméstica/ Suicídio/ Tentativa de suicídio/ Enfermagem.
 

Abstract
Representations about suicide of women with history of domestic violence and suicide attempt

Suicide attempt is characterized by complex and multifaceted phenomena with significance on global public health. The aim of this study was to grasp the structure of social representations of suicide of women with history of domestic violence and suicide attempt. The study was developed with a qualitative approach, based on the Theory of Social Representations. There were 30 women that responded the Free Word Association Test, all of them with history of domestic violence and suicide attempt by poisoning. Data were processed through the EVOC software and the results were grouped into three categories: core elements, intermediate elements and peripheral elements. The representation of women about suicide is related to life histories characterized by rejection and lack of love, which leads to disease, especially because of depression. The feeling of powerlessness in face of the need for change and release produce emotional problems that culminate in the decision of committing suicide.
Key-words: Domestic violence/ Suicide/ Attempted suicide/ Nursing.
 

Resumen
Representaciones sobre suicidio de mujeres con historia de violencia doméstica e intento de suicidio

El intento de suicidio está caracterizado por fenómenos complejos y multifactoriales de relevancia para la salud pública mundial. Este estudio tuvo como objetivo comprender la estructura de las representaciones sociales de suicidio en las mujeres con un historial de violencia doméstica y que intentaron suicidio. Se trata de un estudio con enfoque cualitativo basado en la Teoría de las Representaciones Sociales. Se realizó el Test de Asociación Libre de Palabras a 30 mujeres con historia de violencia doméstica y tentativa de suicidio por envenenamiento. Los datos fueron procesados a través del software EVOC y los resultados agrupados en tres categorías: elementos del núcleo central, elementos intermediarios y elementos periféricos. La representación de las mujeres sobre el suicidio se basa en las historias de vida caracterizadas por el rechazo y la falta de amor, lo que lleva a la enfermedad, especialmente por la depresión. El sentimiento de impotencia frente a la necesidad de cambio y liberación desencadena problemas emocionales que terminan en la decisión de poner fin a la propia vida.
Palabras clave: Violencia doméstica/ Suicidio/ Intento de suicídio/ Enfermería.
 

Referências

1. Ministério da Saúde (BR) [pagina na internet]. Indicadores e dados básicos. Óbitos por causas externas - suicídios - séries estatísticas. Brasília (DF): MS; 2010. [acesso 2012 Out 08]. Disponível em: seriesestatisticas.ibge.gov.br/series.aspx?vcodigo=MS11

2. Rigo S. Suicídio. In: Anais do Seminário Estadual sobre Violência e Saúde. Salvador (BA): SESAB; 2009.

3. Durkheim E. O suicídio. São Paulo (SP): Martin Claret; 2005.

4. Prieto DYC. Indicadores de proteção e de risco para suicídio por meio de escalas de auto-relato [tese]. Brasília (DF): Universidade de Brasília. Instituto de Psicologia; 2007.

5. Soares BM. Mulheres invisíveis: violência conjugal e novas políticas de segurança. Rio de Janeiro (RJ): Civilização Brasileira; 1999.

6. Marcondes Filho W, Mezzaroba L, Turini CA, Koike A, Motomatsu Filho A, Shibayama EEM, et al. Tentativas de suicídio por substâncias químicas na adolescência e juventude. Adolesc Latino-Am [online]. 2002 [Acesso 2009 Set 8]. Disponível em: http://raladolec.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141471302002000200007&lng=es&nrm=iso

7. Abric JC. Abordagem estrutural das representações sociais. Psicol Esc Educ. 1971 Jul-Set; 3(1):311-26.

8. Abric JC. A abordagem estrutural das representações sociais: desenvolvimentos recentes. In: Campos PHF, Loureiro MCS, organizadores. Representações sociais e práticas educativas. Goiânia (GO): ed. UCG; 2003.

9. Sá CP. Núcleo central das representações sociais. Petrópolis (RJ): Vozes; 1996.

10. Triviños ANS. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo (SP): Atlas; 2006.

11. Verges P. Approche du noyau central: proprietés quantitatives et estructurales. In: Guimelli C, organisateur. Structures et transformation des representations sociales. Paris (FR): Delachaux et Niestlé; 1994. p. 233-53.

12. Oliveira DC, Marques SC, Gomes AMT, Teixeira MCTV. Análise das evocações livres: uma técnica de análise estrutural das representações sociais. In: Moreira ASP, Camargo BV, Jesuíno JC, Nóbrega SM, organizadores. Perspectivas teórico-metodológicas em representações sociais. João Pessoa (PB): Editora UFPB; 2005. p.573-603.

13. Abric JC. A organização das representações sociais: sistema central e sistema periférico. In: Guimelli CH. Structures et transformations des représentations sociales. Lausanne (CH): Delachaux et Niestlé; 1994. p. 73-84.

14. Organização Mundial da Saúde (OMS). Relatório sobre saúde no mundo. Saúde mental: nova concepção, nova esperança. Genebra (CH): OMS; 2001.

15. Organização Mundial da Saúde (OMS). Relatório mundial sobre violência e saúde. Brasília (DF): OMS; 2002.

16. Oliveira CC, Maugin C, Oliveira ECF, Melo FDP, Silva FCA, Dias FEJ, et al. A dor e o controle do sofrimento (II). Rev Psicofisiologia [online]. 2005 [acesso 2010 Out 20]; Disponível em: http://www.psicologia.com.pt/artigos/ver_artigo_licenciatura.php?codigo=TL0021&area=d2

17. Baptista MN. Suicídio e depressão (atualizações). Rio de Janeiro (RJ): Guanabara Koogan; 2004.

18. Wang YP, Ramadam ZBA. Aspectos psicológicos do suicídio. In: Meleiro AMAS, Teng CT, Wang YP, organizadores. Suicídio: estudos fundamentais. São Paulo (SP): Segmento Farma; 2004.

19. Prieto D, Tavares, M. Fatores de risco para suicídio: incidência, eventos estressores e transtornos mentais. J Bras Psiquiatr. 2005 Abr-Jun; 54(2):146-54.

20. Cankaya B, Talbot NL, Ward EA, Duberstein PR. Parental sexual abuse and suicidal behaviour among women with major depressive disorder. Can J Psychiatry [online]. 2012 Jan [acesso 2013 Mai 22]; 57(1):45-51. Disponível em: www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22296967

21. Macedo MMK, Werlang BSG. Trauma, dor e ato: o olhar da psicanálise sobre uma tentativa de suicídio. Ágora. 2007 Jan-Jun; 10(1):86-106.

22. Chachamovich E, Stefanello S, Botega N, Turecki G. Quais são os recentes achados clínicos sobre a associação entre depressão e suicídio? Rev Bras Psiquiatria. 2009 Mai; 31(1):18-25.

23. Louise B, Mats B. Repetition of suicide attempts across episodes of severe depression Behavioural sensitisation found in suicide group but not in control. BMC Psychiatry [online] 2011 [acesso 2013 Mai 22]; 11(5):2-7. Disponível em: http://www.biomedcentral.com/1471-244X/11/5

24. Monteiro CFS, SOUZA IEO. Vivência de violência conjugal: fatos do cotidiano. Texto Contexto Enferm. 2007 Jan-Mar; 16(1):26-31.

25. Soares MB. Enfrentando a violência contra a mulher. Brasília (DF): Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres; 2005.

26. Ayres JRCM. Sujeito, intersubjetividade e práticas de saúde. Ciênc Saúde Coletiva. 2001; 6(1):63-72.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería