ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Ingrid Elsen: a trajetória profissional e sua dedicação ao estudo do cuidado às famílias

Miriam Süsskind Borenstein,1 Coleta Rinaldi Althoff,2 Ana Rosete Camargo Maia,3 Juliana Bonetti de Carvalho,4 Daniela Simoni Espíndola,5 Maria Itayra Padilha6
1
Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (PEN/UFSC). Pesquisadora do CNPq. Santa Catarina, Brasil. E-mail: miriam@nfr.ufsc.br 2Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora Aposentada do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Santa Catarina (DE/UFSC), Brasil. E-mail: colis49@gmail.com 3Doutora em Filosofia da Enfermagem. Professora contratada do DE/UFSC. Santa Catarina, Brasil. E-mail: anamaia8@hotmail. com 4Mestre em Enfermagem. Professora contratada do DE/UFSC. Santa Catarina, Brasil. E-mail: julianapersempre@hotmail.com 5Doutoranda em Enfermagem pelo PEN/UFSC. Bolsista CAPES. Santa Catarina, Brasil. E-mail: daniela.sesp@gmail.com 6Doutora em Enfermagem. Professora Associado DE/PEN/UFSC. Pesquisadora do CNPq. Santa Catarina, Brasil. E-mail: padilha@nfr.ufsc.br

Recebido em 06 de setembro de 2012
Aprovação final em 24 de maio de 2013

Texto Contexto Enferm 23(1): 83-91

 

 

 

Cómo citar este documento

Borenstein, Miriam Süsskind; Althoff, Coleta Rinaldi; Maia, Ana Rosete Camargo; Carvalho, Juliana Bonetti de; Espíndola, Daniela Simoni; Padilha, Maria Itayra. Ingrid Elsen: a trajetória profissional e sua dedicação ao estudo do cuidado às famílias. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2014, 23(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/23-083.php> Consultado el

 

Resumo

Trata-se de estudo sócio-histórico, cujo objetivo foi historicizar a trajetória profissional de Ingrid Elsen, enfermeira, docente e pesquisadora brasileira. Na coleta de dados foi realizada entrevista semiestruturada, dias três e dez de março de 2013, com a enfermeira Ingrid, utilizando os métodos da história oral e pesquisa documental. A partir da análise de conteúdo temático, foram evidenciados temas: Ser enfermeira: os primeiros desafios; Ser docente e pesquisadora: novos caminhos; Ser protagonista na criação de grupos relacionados ao cuidado à família; Ser experiente: o reconhecimento social acerca da sua trajetória profissional. Os resultados revelam importante contribuição para a prática e a ciência da enfermagem nos serviços de saúde, no ensino e na pesquisa. Pioneira na linha de pesquisa em saúde das famílias, na formação de grupos de pesquisa em saúde da família e violência, imprimiu uma marca de competência na construção do conhecimento na área, a partir de uma perspectiva interdisciplinar.
Palavras chave: Educação/ Família/ Biografia/ História da enfermagem.
 

Abstract
Ingrid Elsen: a professional career and her dedication to the study of family care

This is a socio-historical study aimed to historicize the career of Ingrid Elsen, a nurse, teacher and Brazilian researcher. Data were collected through semi-structured interview, on the third and tenth of March 2013, with the nurse Ingrid, applying the method of oral history and documentary research. The following themes were highlighted based on a thematic content analysis: being a nurse, the early challenges; being a teacher and researcher, new directions; being the protagonist in the creation of groups related to family care; and being experienced, social recognition of her professional career. Results show an important contribution for the practice and the nursing science in health care, education and research. Pioneer in the line of research related to the health of families; in the formation of family health research groups and family and violence, printing a competence mark for the construction of knowledge in the area, from an interdisciplinary perspective.
Key-words: Education/ Family/ Biography/ History of nursing.
 

Resumen
Ingrid Elsen: la trayectoria profesional y su dedicación al estudio del cuidado hacia las familias

Estudio socio-histório cuyo objetivo fue historicizar la trayectoria profesional de Ingrid Elsen, enfermera, docente e investigadora brasileña. Para la recolección de datos fue realizada una entrevista semi-estructurada los días tres y diez marzo 2013, con la enfermera Ingrid, utilizando el método de Historia Oral y Pesquisa Documental. A partir del análisis de contenido, se evidenciaron los temas: Ser enfermera: los primeros desafíos; Ser docente e investigadora: nuevos caminos; Ser protagonista en la creación de grupos relacionados al cuidado de familia; Ser experta: el reconocimiento social sobre la trayectoria profesional. Los resultados revelaron la importante contribución para la práctica y la ciencia de enfermería en los servicios de salud, enseñanza e investigación. Pionera en la línea de pesquisa relacionada a la salud de familias, formación de grupos de investigación en salud familiar, familia y violencia, imprimiendo un sello de competencia en la construcción del conocimiento en la área, a partir de una perspectiva interdisciplinar.
Palabras clave: Educación/ Familia/ Biografía/ Historia de enfermería.
 

Referências

1. Padilha MICS, Silva AL, Borenstein MS. Os congressos brasileiros-pontes para a liberdade e transformação em enfermagem. Rev Latino-Am Enferm. 2001 Mai; 9(3):7-13.

2. Silva AL, Padilha MICS, Borenstein MS. Imagem e identidade profissional na construção do conhecimento em enfermagem. Rev Latino-Am Enferm. 2002 Jul-Ago; 10(4):586-95.

3. Borenstein MS, Padilha MICS, Silva AL. Um contraponto entre os personagens dos congressos brasileiros de enfermagem e da Revista Brasileira de Enfermagem no período de 1977 a 1987. Rev Bras Enferm. 2002 Mai-Jun; 55(3):323-30.

4. Padilha MICS. A mística do silêncio: A prática da enfermagem na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro no século XIX [tese]. Rio de Janeiro (RJ): Universidade Federal do Rio de Janeiro; 1997.

5. Borenstein MS. O cotidiano da enfermagem no Hospital de Caridade de Florianópolis no período de 1953 a 1968 [tese]. Florianópolis (SC): Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós- Graduação em Enfermagem; 2000.

6. Borenstein MS. Hospitais da Grande Florianópolis: fragmentos de memórias coletivas (1940-1960). Florianópolis (SC): Assembléia Legislativa; 2004.

7. Borenstein MS, Althoff CR, Souza ML. A relação dos professores dos Departamentos de Enfermagem e Saúde Pública. In: Borenstein MS, Althoff CR, Souza ML, organizadores. Florianópolis (SC): Insular; 1999. p. 293-321.

8. Borenstein MS, Padilha MI. Enfermagem em Santa Catarina: recortes de uma história (1900- 2011). Florianópolis (SC): Secco; 2011.

9. Maia AR. Enfermagem em Santa Catarina em tempos de tuberculose: padrões de conhecimento de cuidado de uma época (1943-1960) [tese]. Florianópolis (SC): Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; 2009.

10. Padilha MI, Costa R, Vieira M, Maliska IA, Bastiani J. La contribución de la enfermería brasileña para la producción de conocimiento sobre el SIDA. Index Enfermería [online] 2009 [acesso 2009 Mai 15]; 18(1). Disponível em: http://www.researchgate.net/publication/251077708_La_contribucin_de_la_Enfermera_brasilea_para_la_produccin_de_conocimiento_sobre_el_SIDA

11. Borenstein MS, Padilha MICS, Caetano TL, Mância JR. Hilda Anna Krisch: pioneira na Enfermagem catarinense - formação e contribuição. Rev Bras Enferm. 2004 Mai-Jun; 57(3):366-70

12. Mancia JR, Padilha MICS. Trajetória de Edith Magalhães Fraenkel. Rev Bras Enferm. 2006; 59(esp):432-7.

13. Borenstein MS, Padilha MICS, Maia AR, Gregório VRP, Espíndola AMK. Ottillie Hammes: pioneira da Enfermagem catarinense. Rev Bras Enferm. 2009 Mar-Abr; 62(2): 240-5.

14. Borenstein MS, Oliveira ME, Santos EKA, Maliska ICA. Eloita Pereira Neves: baluarte da enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Texto Contexto Enferm. 2009 Out-Dez; 18(4):759-65.

15. Costa E, Borenstein MS. Wilson Kraemer de Paula: da trajetória do homem à história da enfermagem psiquiátrica catarinense. História da Enfermagem. Rev Eletrônica. 2010 1(1):24-34 [acesso 2012 Jun 18] Disponível em http://www.abennacional.org.br/centrodememoria/here/n1vol1ano1_artigo2.pdf

16. Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa (PT): Edições 70, 2004.

17. Ministério da Saúde (BR). Conselho Nacional de Saúde. Comissão de Ética em Pesquisa. Normas para pesquisa com seres humanos: Resoluçao CNS 196/96 e outras. Brasília (DF): MS; 2000.

18. Medeiros e Costa L, Germano RM. Estágio curricular supervisionado na graduação em enfermagem: revisitando a história. Rev Bras Enferm. 2007 Nov-Dez; 60(6):706-10.

19. Costa E. Hospital Colônia Sant'Ana: o saber/poder dos enfermeiros e as transformações históricas (1971-1981) [tese]. Florianópolis (SC): Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós- Graduação em Enfermagem; 2010.

20. Vale EG, Fernandes JD. Ensino de graduação em enfermagem: a contribuição da Associação Brasileira de Enfermagem. Rev Bras Enferm. 2006; 59(esp):417-22

21. Elsen I. Concepts of health and related behaviors of families living in a fishing village [tese]. San Francisco (US): University of California; 1984.

22. Stamm M, Mioto RCT. Família e cuidado: uma leitura para além do óbvio. Cienc Cuid Saude. 2003 Jul-Dez; 2(2):161-8.

23. Schwartz E, Sousa J, Gomes SF, Heck RM. Entendendo a atendendo a família: percepções de graduandos de enfermagem. Cienc Cuid Saude. 2004 Jan-Abr; 3(1):65-72.

24. Padilha MI, Bruggemann OM, Silva DGV, Monticelli M. Evolução da Revista Texto & Contexto Enfermagem, Florianópolis, SC, Brasil (1992-2011). Cultura Cuidados. 2011; 15(30):7-10.

25. Bub LI, Elsen I, Penna CMM, Althoff CR, Patricio ZM, organizadores. .Marcos para a prática de enfermagem com famílias. Florianópolis (SC): Editora da UFSC; 1994.

26. Elsen I, Marcon SS, Santos MR, organizadores. O viver em família e sua interface com a saúde e a doença. Maringá (PR): Eduem; 2002.

27. Althoff CR, Elsen I, Nitschke RG. Pesquisando a família: olhares contemporâneos. Florianópolis (SC): Papa- Livro; 2004.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería