ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

 

 

 

 

 

Caracterização dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem do estado de São Paulo*

Bruna Pedroso Canever,1 Marta Lenise do Prado,2 Vânia Marli Schubert Backes,3 Mônica Motta Lino4
1
Doutoranda em Enfermagem pelo PEN/UFSC. Santa Catarina, Brasil. Email: olabruna@gmail.com 2Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem e do PEN/UFSC. Pesquisadora do CNPq. Santa Catarina, Brasil. Email: mpradop@ccs.ufsc.br 3Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem e do PEN/UFSC. Pesquisadora do CNPq. Santa Catarina, Brasil. Email: oivania@ccs.ufsc.br 4Doutoranda em Enfermagem pelo PEN/UFSC. Bolsista CAPES/REUNI. Santa Catarina, Brasil. E-mail: monicafloripa@hotmail.com

Recebido em 06 de dezembro de 2011
Aprovação final em 15 de agosto de 2012

Texto Contexto Enferm 23(1): 21-28
*Este estudo é parte dos resultados da dissertação intitulada - Produção do conhecimento dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem do Estado de São Paulo, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PEN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em 2011

 

 

 

Cómo citar este documento

Canever, Bruna Pedroso; Prado, Marta Lenise do; Backes, Vânia Marli Schubert; Lino, Mônica Motta. Caracterização dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem do estado de São Paulo. Texto Contexto Enferm, ene-mar 2014, 23(1). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2014/23-021.php> Consultado el

 

Resumo

Pesquisa documental, exploratório-descritiva, de natureza quantitativa. Teve como objetivo caracterizar os grupos de pesquisa em educação em enfermagem no Estado de São Paulo, a conformação dos seus pesquisadores e as produções científicas. A coleta de dados ocorreu no Diretório de Grupos do CNPq, no Censo 2008, e nos Currículos Lattes. São Paulo possui 12 Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem com 94 pesquisadores, sendo que 91,5% possuem titulação de pós-doutorado, doutorado ou mestrado. No total, os grupos deste estado apresentam 875 artigos científicos, 62 livros, 191 capítulos de livros e 96 trabalhos completos em anais de eventos. Verificou-se que 88,8% dos artigos científicos foram publicados em periódicos brasileiros com Qualis/CAPES A2. São Paulo destaca-se no cenário brasileiro por possuir elevada produção científica em relação às demais regiões. Estes fatos estão relacionados ao alto investimento que o mesmo recebe por meio dos recursos federais e estaduais.
Palavras chave: Grupos de pesquisa/ Educação em enfermagem/ Recursos financeiros.
 

Abstract
Characterization of research groups in nursing education in the state of São Paulo

The aim of this documentary, quantitative, exploratory and descriptive study was to characterize research groups in nursing education in the state of São Paulo and the conformity of its researchers and scientific works. Data were collected in Directory Groups of CNPq, in the 2008 census and in the Lattes platform. São Paulo has 12 Research Groups in Nursing Education, with 94 researchers, of which 91.5% are research fellows, or have a Ph.D. or a master's degree. These groups have published 875 scientific articles, 62 books, 191 book chapters and 96 full papers in event annals. A total of 88.8% of scientific articles were published in Brazilian journals with Qualis/CAPES A2. São Paulo stands out in the Brazilian setting for having the largest number of research groups, qualified researchers and high-quality publications. These facts are directly related to high federal and state investments.
Key-words: Research groups/ Nursing education/ Financial resources.
 

Resumen
Caracterización de los grupos de investigación en educación en enfermería de São Paulo

Esta investigación documental y cuantitativo exploratorio y descriptivo. Tiene como objetivo caracterizar los grupos de investigación en educación en enfermería en el Estado de São Paulo, la conformación de sus investigadores y las producciones científicas. Los datos fueron recolectados en los grupos del Directorio del Censo de CNPq 2008 y en el curriculun lattes. São Paulo cuenta con 12 Grupos de Investigación en Educación en Enfermería con 94 investigadores, 91,5% tiene titulación post-doctoral, doctorado o maestría. En total, los grupos en este estado tienen 875 artículos científicos, 62 libros, 191 capítulos de libros y 96 artículos completos en actas de congresos. Se encontró que el 88,8% de los artículos científicos fueron publicados en revistas con Qualis/CAPES A2. São Paulo se destaca por poseer una elevada producción científica brasileña en comparación con otras regiones. Estos hechos están relacionados con la alta inversión que recibe a través de los recursos federales y estatales.
Palabras clave: Grupos de investigación/ Educación en enfermería/ Recursos financieros.
 

Referências

1. Brasil. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plano Nacional de Pós-Graduação: PNPG 2011-2020. Brasília (DF): CAPES; 2010.

2. Almeida MCP, Rodrigues RAP, Furegato ARF, Scochi CGS. A pós-graduação na Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP: evolução histórica e sua contribuição para o desenvolvimento da enfermagem. Rev Latino Am Enfermagem. 2002 Mai-Jun; 10(3):276-87.

3. Marziale MHP. A construção do conhecimento da enfermagem no paradigma reflexivo-compreensivo. Rev Latino Am Enfermagem. 2006 Jul-Ago; 14(4):469.

4. Barreira IA. A pesquisa em enfermagem no Brasil e sua posição em agência federal de fomento. Rev Latino Am Enfermagem. 1993 Jan; 1(1):51-7.

5. Marziale MHP. Produção científica da enfermagem brasileira: a busca pelo impacto internacional. Rev Latino Am Enfermagem. 2005 Mai-Jun; 13(3):285-6.

6. Lino MM, Backes VMS, Canever BP, Ferraz F, Prado ML. Perfil da produção científica e tecnológica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem da Região Sul do Brasil. Rev Latino Am Enfermagem. [online]. 2010 Mai-Jun; [Acesso: 2012 Ago 26] 18(3):[08telas]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692010000300022&lng=en&nrm=iso

7. Schveitzer MC, Backes VMS, Lino MM, Canever BP, Gomes DC. Grupos de pesquisa em educação em enfermagem: caracterização de três regiões brasileiras. Texto Contexto Enferm. 2011; 20 (Esp):117-23.

8. Gomes DC, Backes VMS, Lino MM, Canever BP, Ferraz F, Schveitzer MC. Produção científica em educação em enfermagem: grupos de pesquisa Rio de Janeiro e Minas Gerais. Rev Gaúcha Enferm. 2011 Jun; 32(2):330-7.

9. Ministério da Educação (BR), Instituições de Educação Superior e Cursos Cadastrados. Brasília (DF): MEC; 2011.

10. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior [página na Internet]. Cursos recomendados. Brasília (DF): CAPES; 2011. [acesso 2011 Ago 18]. Disponível em: http://conteudoweb.capes.gov.br/conteudoweb/ProjetoRelacaoCursos Servlet?acao=pesquisarArea&codigoGrandeArea=40000001&descricaoGrandeArea=CI%CANCIAS+DA+SA%DADE+

11. Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. [página na Internet]. São Paulo (SP): EE/USP, 2011. [acesso 2011 Ago 18]. Disponível em: http://www.ee.usp.br/eeusp/historico.asp

12. Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo [página na Internet]. São Paulo (SP): EERP/USP; 2011. [acesso 2011 Ago 18]. Disponível em: http://www.eerp.usp.br/whocc/

13. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo [página na Internet]. São Paulo (SP): FAPESP; 2011 [acesso 2011 Ago 18]. Disponível em: www.fapesp.br

14. Ministério da Cultura e Tecnologia (BR), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Relatório institucional [página na Internet]. Brasília (DF): CNPq; 2010. [acesso 2011 Ago 11]. Disponível em: www.cnpq.br/estatisticas/index.htm

15. Rodrigues RAP, Erdmann AL, Fernandes JD, Araújo TL. Pós-graduação em enfermagem no Brasil e no Nordeste. Rev Gaúcha Enferm. 2007 Out; 28(1):7.

16. Marziale MHP, Mendes IAC. O investimento em pesquisas na área da saúde: termos de referência para o desenvolvimento científico e técnológico brasileiro. Rev Latino Am Enferm. 2006 Mar-Abr; 14(2):149.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería