ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGOS ORIGINAIS - PESQUISA

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Os desempenhos da enfermeira na saúde da família - construindo competência para o cuidado*

Lauren Suemi Kawata,1 Silvana Martins Mishima,2 Mara Quaglio Chirelli,3 Maria José Bistafa Pereira,4 Silvia Matumoto,5 Cinira Magali Fortuna6
1
Doutora em Ciências pelo Programa Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da Universidade de São Paulo (USP). Enfermeira da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. São Paulo, Brasil. E-mail: lsuemi@ hotmail.com 2Livre-Docente. Professora Titular da EERP/USP. São Paulo, Brasil. E-mail: smishima@eerp.usp.br 3Doutora em Enfermagem em Saúde Pública. Professora Doutora da Faculdade de Medicina de Marília. São Paulo, Brasil. E-mail: marachirelli@gmail.com 4Livre-Docente. Professora Associado da EERP-USP. São Paulo, Brasil. E-mail: zezebis@eerp.usp.br 5Doutora em Enfermagem em Saúde Pública. Professora Doutora da EERP/USP. São Paulo, Brasil. E-mail: smatumoto@eerp.usp.br 6Doutora em Enfermagem em Saúde Pública. Professora Doutora da EERP/USP. São Paulo, Brasil. E-mail: fortuna@eerp.usp.br

Recebido em 2 de dezembro de 2011
Aprovação final em 4 de junho de 2012

Texto Contexto Enferm 22(4): 961-970
*Pesquisa financiada pelo CNPq e pela CAPES

 

 

 

Cómo citar este documento

Kawata, Lauren Suemi; Mishima, Silvana Martins; Chirelli, Mara Quaglio; Pereira, Maria José Bistafa; Matumoto, Silvia; Fortuna, Cinira Magali. Os desempenhos da enfermeira na saúde da família - construindo competência para o cuidado. Texto Contexto Enferm, oct-dic 2013, 22(4). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2013/22-961.php> Consultado el

 

Resumo

Estudo qualitativo, exploratório-descritivo, com objetivo de identificar e analisar os desempenhos nas ações da enfermeira para o cuidado individual e coletivo na Estratégia Saúde da Família. Após aprovação do Comitê de Ética, os dados foram coletados, através da observação participante de uma semana típica de trabalho das enfermeiras, em cinco Unidades de Saúde da Família de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, totalizando 200 horas. Foi realizada análise de conteúdo, usando a análise temática. Os resultados mostram os desempenhos nas ações em: consulta de enfermagem, visita domiciliar, avaliação com classificação de risco, monitoramento e avaliação de vacina e reação adversa à vacina, atendimento para grupos educativos com indivíduos vulneráveis, e vigilância epidemiológica. Concluímos que o trabalho da enfermeira é desenvolvido com foco no biológico, com iniciativas de uso de ferramentas que possibilitam a ampliação da clínica e o acolhimento.
Palavras chave: Competência profissional/ Enfermagem de atenção primária/ Atenção primária à saúde/ Programa Saúde da Família.
 

Abstract
The performances of the nurse in family health - building competence for care

The aim in this qualitative, exploratory and descriptive study was to identify and analyze performances in nurses' individual and collective care actions in the Family Health Strategy. After approval by the Ethics Committee, the data were collected through participant observation of a typical workweek of the nurses at five Famly Health Units in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil, totaling 200 hours. Thematic content analysis was applied. The results show the performances in: nursing visits, home visits, evaluation with risk rating, monitoring and evaluation of vaccines and adverse reaction to vaccines, educational care groups for vulnerable individuals and epidemiological surveillance. In conclusion, the nurses' work is developed with a focus on the biological, with initiatives to use tools that enable the expansion of clinical care and welcoming.
Key-words: Professional competence/ Primary health care nursing/ Primary health care/ Family Health Program.
 

Resumen
Los desempeños de la enfermera en salud de la familia - construyendo competencia para el cuidado

Estudio cualitativo exploratorio-descriptivo con objetivo de identificar y analizar los desempeños en las acciones de la enfermera para el cuidado individual y colectivo en la Estrategia de Salud de la Familia. Después de la aprobación del Comité de Ética, los datos fueron colectados por medio de la observación participante de una semana de trabajo de las enfermeras en cinco Unidades de salud de la Familia de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, totalizando 200 horas. Se empleó el análisis de contenido, utilizando la técnica de análisis temático. Los resultados muestran los desempenõs en las acciones: consulta de enfermería, visita domiciliar, evaluación con clasificación de riesgo, seguimiento y evaluación de vacuna/reacción adversa a la vacuna, atención para grupos educativos con individuos vulnerables, y vigilancia epidemiológica. Concluimos que el trabajo de la enfermera se desarrolla con foco en el biológico, con iniciativas para utilizar herramientas que permiten la expansión de la clínica y el acogimiento.
Palabras clave: Competencia profesional/ Enfermería de atención primaria/ Atención primaria de salud/ Programa de Salud Familiar.
 

Referências

1. Almeida MCP, Rocha SMM, organizadores. O trabalho de enfermagem. São Paulo (SP): Cortez; 1997.

2. Marques D, Silva EM. A enfermagem e o Programa de Saúde da Família: uma parceria de sucesso? Rev Bras Enferm. 2004 Set-Out; 57(5):545-50.

3. Merhy EE. Em busca do tempo perdido: a micropolítica do trabalho vivo em saúde. In: Merhy EE, Onocko R, organizadores. Agir em saúde: um desafio para o público. São Paulo (SP): Hucitec e Lugar Editorial; 1997. p. 71-112.

4. Pereira MJB, Mishima SM, Fortuna CM, Matumoto S, Teixeira RA, Ferraz CA, et al. Assistência domiciliar - instrumento para potencializar processos de trabalho na assistência e na formação. In: Brasil. Ministério da Saúde. Observatório de recursos humanos em saúde no Brasil. Brasília (DF): Organização Pan-americana da Saúde; 2004. p.71-80.

5. Ramos MN. Qualificação, competências e certificação: visão educacional. Rev Formação. 2001. Mai; 1(2):7-26.

6. Hager P, Gonzci A. What is competence? Medical Teacher. 1996 Mar; 18(1):15-8.

7. Rocha PK, Prado ML, Wal ML, Carraro TM. Cuidado e tecnologia. Rev Bras Enferm. 2008 Jan- Fev; 61(1):113-6.

8. Merhy EE. O capitalismo e a saúde pública. São Paulo (SP): Papirus; 1985.

9. Fortuna CM, Matumoto S, Pereira MB, Mishima SM, Kawata LS, Camargo CB. Nurses and the collective care practices within the family health strategy. Rev Latino-Am Enferm. 2011 Jun; 19(3):581-8.

10. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 3a ed. São Paulo (SP): ABRASCO; 1994.

11. Conselho Federal de Enfermagem (COFEN). Resolução COFEN 159/1993. Dispõe sobre a consulta de enfermagem. Rio de Janeiro (RJ); 1993.

12. Starfiled B. Atenção primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília (DF): UNESCO; 2002.

13. Cunha GT. A construção da clínica ampliada na atenção básica. São Paulo (SP): Hucitec; 2005.

14. Matumoto S, Fortuna CM, Kawata LS, Mishima SM, Pereira MB. Nurses' clinical practice in primary care: a process under construction. Rev Latino-Am Enferm. 2011 Jan-Fev; 19(1):123-30.

15. Amarante AL, Lepre AS, Gomes JLD, Pereira AV, Dutra VFD. As estratégias dos enfermeiros para o cuidado em saúde mental no Programa Saúde da Família. Texto Contexto Enferm. 2011 Jan-Mar; 20(1):85-93.

16. Franco TB, Bueno WS, Merhy EE. O acolhimento e os processos de trabalho em saúde: o caso de Betim (MG). In: Merhy EE; Magalhães Júnior HM, Rimoli J, Franco, TB, Bueno WS, organizadores. O trabalho em saúde: olhando e experienciando o SUS no cotidiano. São Paulo (SP): Hucitec; 2003. p.37-54.

17. Lacerda MR, Giacomozzi CM, Oliniski SR, Truppel TC. Atenção à saúde no domicílio: modalidades que fundamentam sua prática. Saúde Soc. 2006 Ago; 15(2):88-95.

18. Egry EY, Fonseca RMGS. A família, a vista domiciliária e a enfermagem: revisitando o processo de trabalho da enfermagem em saúde coletiva. Rev Esc Enferm USP. 2000 Set; 34(3):233-9.

19. Pereira MJB, Mishima SM. Revisitando a prática assistencial: a subjetividade como matéria para a reorganização do processo de trabalho na enfermagem. Interface- Comunic, Saúde Educ. 2003 Fev; 7(12):83-100.

20. Cunha GT. Grupos Balint Paidéia: uma contribuição para a co-gestão e a clínica ampliada na atenção básica [tese]. Campinas (SP): Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva; 2009.

21. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Humaniza SUS: acolhimento com avaliação e classificação de risco. Brasília (DF): MS; 2004.

22. Santos Júnior EA, Lima DP, Rocha AFS, Almeida CT, Oliveira SCD, Andrade BQ, et al. Acolhimento com classificação de risco [online]. Belo Horizonte (MG): Secretaria Municipal da Saúde. Prefeitura de Belo Horizonte-MG. [acesso 2012 Ago]. Disponível em: http://www.pbh.gov.br/smsa/biblioteca/protocolos/AcolhimentoClassificacaodeRiscodasUpasdeBH.pdf

23. Silva MAI. Protocolo para acolhimento com avaliação de risco, necessidades e vulnerabilidades. In: Santos JS, organizadores. Protocolos clínicos e de regulação: acesso à rede de saúde. Rio de Janeiro (RJ): Elsevier; 2012. p.23-48.

24. Lucena AF, Paskulin LMG, Souza MF, Gutiérrez MGR. Construção do conhecimento e do fazer enfermagem e os modelos assistenciais. Rev Esc Enferm USP. 2006 Jun; 40(2):92-8.

25. Munari DB, Furegato ARF. Enfermagem e grupos. Goiânia (GO): Editoria AB; 2003.

26. Gomes DLS. A epidemiologia para o enfermeiro. Rev Latino-Am Enferm. 1994 Jan; 2(2):31-9.

27. Chiesa AM, Veríssimo MDLOR. Educação em saúde na prática do PSF. In: Ministério da Saúde (BR). Instituto para o Desenvolvimento da Saúde. Universidade de São Paulo. Manual de Enfermagem. Brasília (DF): MS; 2001. p. 34-42.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería