ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGOS ORIGINAIS - PESQUISA

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Dialogando com adolescentes de grupos religiosos sobre HIV: desafios para a enfermagem

Adriana Gomes Nogueira Ferreira,1 Neiva Francenely da Cunha Vieira,2 José Antonio Trasferetti,3 Marli Teresinha Gimeniz Galvão,4 Fabiane do Amaral Gubert,5 Patrícia Neyva da Costa Pinheiro6
1
Doutoranda em Enfermagem do Programa de Pós-Graduação de Enfermagem (PPGE) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente da Universidade Federal do Maranhão. Imperatriz, Maranhão, Brasil. E- mail: adrianagn2@hotmail.com 2Doutora em Educação em Saúde. Docente do PPGE/UFC. Pesquisadora do CNPq. Fortaleza, Ceará, Brasil. E-mail: neivafrancenely@hotmail.com 3Doutor em Teologia Moral. Docente da Universidade de Campinas. Campinas, São Paulo, Brasil. E-mail: trasferetti@uol.com.br 4Doutora em Doenças Tropicais. Docente do PPGE/UFC, Pesquisadora do CNPq. Fortaleza, Ceará, Brasil. E-mail: marligalvao@gmail.com 5Doutora em Enfermagem. Docente do Curso de Enfermagem da UFC. Fortaleza, Ceará, Brasil. E-mail: fabianegubert@hotmail.com 6Doutora em Enfermagem. Docente do PPGE/UFC. Fortaleza, Ceará, Brasil. E-mail: neiva.pinheiro@yahoo.com.br

Recebido em 26 de janeiro de 2012
Aprovação final em 12 de setembro de 2013

Texto Contexto Enferm 22(4): 952-960

 

 

 

Cómo citar este documento

Ferreira, Adriana Gomes Nogueira; Vieira, Neiva Francenely da Cunha; Trasferetti, José Antonio; Galvão, Marli Teresinha Gimeniz; Gubert, Fabiane do Amaral; Pinheiro, Patrícia Neyva da Costa. Dialogando com adolescentes de grupos religiosos sobre HIV: desafios para a enfermagem. Texto Contexto Enferm, oct-dic 2013, 22(4). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2013/22-952.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivou-se dialogar com adolescentes envolvidos em igrejas católicas sobre prevenção do HIV/aids, com base no pensamento de Paulo Freire. Desenvolveu-se pesquisa-ação, realizada em 2009 por meio do Círculo de Cultura, com 10 adolescentes integrantes de grupos da Renovação Carismática Católica. A análise e interpretação dos resultados privilegiaram a discussão conforme experiência vivida pelo grupo. Os adolescentes demonstraram inicialmente estranheza e desinteresse pela temática, sugerindo ampliar os espaços que contemplem a informação, além de utilizar o diálogo como ferramenta para possibilitar o debate sobre a infecção pelo HIV. Cabe à enfermagem conhecer as realidades dos sujeitos e utilizar metodologias emancipatórias que favoreçam o diálogo pautado na confiança, com vistas a fortalecer a relação de amizade e a adoção de comportamentos sexuais seguros e promotores da saúde.
Palavras chave: Enfermagem/ Adolescência/ Sexualidade/ Religião.
 

Abstract
Talking with adolescents of religious groups about HIV: challenges for nursing

The aim of this study was to discuss with adolescents involved in the Catholic church about HIV/AIDS, based on Paulo Freire's thinking. An action research was developed in 2009 through the Culture Circle, with 10 adolescents who were members of Catholic Charismatic Renewal groups. The analysis and interpretation of the results focused on the discussion according to the group experience. Initially, the teenagers showed surprise and disinterest in the subject, which suggests the need for more spaces providing information on the topic, as well as the use of dialogue as a tool to promote the discussion on HIV infection. It is up to nursing professionals to learn the realities of the subjects and use emancipatory methodologies to promote dialogue based on trust, aiming to strengthen a friendly relationship and the adoption of safe sexual and health promoting behaviors.
Key-words: Nursing/ Adolescent/ Sexuality/ Religion.
 

Resumen
Diálogo con adolescentes de grupos religiosos acerca del VIH: retos para la enfermería

El objetivo fue el diálogo con jóvenes participantes de iglesias sobre el VIH/SIDA, basado en el pensamiento de Paulo Freire. Desarrollada la investigación-acción, en 2009 por el Círculo de Cultura, con 10 grupos de jóvenes miembros de la Renovación Carismática Católica. El análisis e interpretación de los resultados favorecieron a la discusión como la experiencia del grupo. Los adolescentes mostraron por primera vez la sorpresa y el desinterés por el tema, lo que sugiere ampliar el área que incluye la información, y utilizar el diálogo como herramienta para permitir que el debate sobre la infección por el VIH. Así, cabe a la enfermería conocer las realidades de los sujetos y utilizar metodologías para promover el diálogo emancipador, basado en la confianza, para fortalecer la amistad y la adopción de conductas sexuales seguras y saludables y de promoción de la salud.
Palabras clave: Enfermería/ Adolescencia/ Sexualidad/ Religión.
 

Referências

1. Griboski R, Guilhem D, Branco J. Adolescent, sexuality and situations of vulnerability: one qualitative study. Online Braz J Nurs [online]. 2007 Set; [cited 2010 Jul 03]; 6(0). Avaliable from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/1061

2. Ferreira MA. Educação em saúde na adolescência: grupos de discussão como estratégia de pesquisa e cuidado-educação. Texto Contexto Enferm. 2006 Abr-Jun; 15(2):205-11.

3. Queiroz MVO, Ribeiro EMV, Pennafort VPS. Assistência ao adolescente em um serviço terciário: acesso, acolhimento e satisfação na produção do cuidado. Texto Contexto Enferm. 2010 Abr-Jun; 19(2):291-9.

4. Thiolent M. Metodologia da pesquisa-ação. 16ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2008.

5. MS (BR). Estatuto da Criança e do Adolescente. 3a ed. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2007.

6. Freire P. Educação como prática da liberdade. 31ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Paz e Terra; 2008.

7. Vigil PP, Riquelme RR, Rivadeneira RH, Aranda W. TeenSTAR: una opción de madurez y libertad. Programa de educación integral de la sexualidad, orientado a adolescentes. Rev Méd Chile. 2005 Out; 133(10):1173-82.

8. Nichiata LYI, Bertolozzi MR, Takahashi RF, Fracolli LA. A utilização do conceito "vulnerabilidade" pela enfermagem. Rev Latino-Am Enferm. 2008 Set-Out; 16(5):923-8.

9. Ferreira AGN, Gubert FA, Martins AKL, Galvão MTG, Vieira NFC, Pinheiro PNC. Promoção da saúde no cenário religioso: possibilidades para o cuidado de enfermagem. Rev Gaúcha Enferm. 2011 Dez; 32(4):744-50.

10. Brêtas JRS, Ohara CVS, Jardim DP, Muroya RL. Conhecimentos de adolescentes sobre doenças sexualmente transmissíveis: subsídios para prevenção. Acta Paul Enferm. 2009 Nov-Dez; 22(6):786-92.

11. Lima MLC, Moreira ACG. Aids e feminização: os contornos da sexualidade. Rev Mal-Estar Subj. 2008 Jan-Mar; 8(1):103-18.

12. Costa LHR, Coelho ECA. Enfermagem e sexualidade: revisão integrativa de artigos publicados na Revista Latino-Americana de Enfermagem e na Revista Brasileira de Enfermagem. Rev Latino-Am Enferm. 2011 Mai-Jun; 19(3):631-9.

13. Almeida ACH, Centa ML. A família e a educação sexual dos filhos: implicações para a enfermagem. Acta Paul Enferm. 2009 Jan-Fev; 22(1):71-6.

14. MS (BR). Diretrizes para implantação do projeto saúde e prevenção nas escolas. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2006.

15. Flynn EP. Ensinando prevenção do HIV na sala de aula de uma faculdade católica americana. In: Keenan JF, organizador. Eticistas católicos e prevenção da aids. São Paulo (SP): Edições Loiola, 2006. p.144-51.

16. Michel N. Combatendo a aids numa sociedade onde nós, os egípcios, não falamos sobre ela. In: Keenan JF, organizador. Eticistas católicos e prevenção da aids. São Paulo (SP): Edições Loiola; 2006.

17. Borges ALV, Latorre MRDO, Schor N. Fatores associados ao início da vida sexual de adolescentes matriculados em uma unidade de saúde da família da zona leste do município de São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública. 2007 Jul; 23(7):1583-94.

18. Manlove J, Logan C, Moore KA, Ikramullah E. Pathways from family religiosity to adolescent sexual activity and contraceptive use. Perspect Sex Reprod Health. 2008 Jun; 40(2):105-17.

19. Vaticano. Catecismo de la Iglesia Católica [Internet]. Vaticano (VA); 2009 [acesso 2009 Dez 25]. Disponível em: http://www.vatican.va/archive/catechism_sp/p3s2c2a6_sp.html

20. Trasferetti JA. CNBB, Aids e governo: tarefas para uma teologia da prevenção. Campinas (SP): Editora Átomo; 2005.

21. Bezerra EP, Torres CA, Barroso MGT. Dialogando com professores na escola sobre sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis. Rev Rene. 2008 Out-Dez; 9(4):1551-7.

22. Coscrato G, Pina JC, Mello DF. Utilização de atividades lúdicas na educação em saúde: uma revisão integrativa da literatura. Acta Paul Enferm. 2010 Mar-Abr; 23(2):257-63.

23. Trasferetti JA, Lima LR. Teologia, sexualidade e AIDS. Aparecida (SP): Editora Santuário; 2009.

24. Ferreira AGN, Vieira NFC, Pinheiro PNC. What adolescents think of religious groups on sexuality: action research. Online Braz J Nurs [on line]. 2010 Ago; [cited 2011 Jan 12]; 9(2). Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/2955

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería