ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

RELATO DE EXPERIÊNCIA

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Aprendizagem em saúde mental por meio da produção videográfica: relato de experiência

Daniela Martins Machado,1 Leila Bernarda Donato Göttems,2 Maria Raquel Gomes Maia Pires3
1
Mestre em Ciências da Saúde. Professora da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPECS), da Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal (SES-DF). Distrito Federal, Brasil. E-mail:daniluzmartins@gmail.com 2Doutora em Administração. Professora da ESCS/FEPECS/SES-DF. Distrito Federal, Brasil. E-mail: leila.gottems@uol.com.br 3Doutora em Política Social. Professora Adjunto do Departamento de Enfermagem da Universidade de Brasília. Distrito Federal, Brasil. E-mail: maiap@uol.com.br

Recebido em 31 de agosto de 2012
Aprovação final em 10 de outubro de 2013

Texto Contexto Enferm 22(4): 1205-1213

 

 

 

Cómo citar este documento

Machado, Daniela Martins; Göttems, Leila Bernarda Donato; Pires, Maria Raquel Gomes Maia. Aprendizagem em saúde mental por meio da produção videográfica: relato de experiência. Texto Contexto Enferm, oct-dic 2013, 22(4). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2013/22-1205.php> Consultado el

 

Resumo

Relata-se uma experiência educacional desenvolvida no Curso de Graduação em Enfermagem da Escola Superior de Ciências da Saúde do Distrito Federal. Objetivou-se descrever a proposta metodológica do módulo de saúde do adulto, com ênfase na avaliação de aprendizagem. O módulo promoveu o diálogo entre a temática da saúde mental, com foco na clínica antimanicomial, a arte, por meio dos disparadores temáticos (filmes, música e poesia), e a Aprendizagem Baseada em Problemas. O exame de avaliação cognitiva foi realizado por meio da produção de vídeos. Os resultados indicam que na percepção dos estudantes, a metodologia do módulo favoreceu a compreensão da perspectiva psicossocial de atenção em saúde mental, criou um espaço legítimo de convivência com a singularidade e estimulou o trabalho em equipe e o processo criativo.
Palavras chave: Aprendizagem baseada em problemas/ Avaliação educacional/ Educação em enfermagem/ Saúde mental.
 

Abstract
Learning mental helth through videography production: an experimential report

This article reports on an educational experience developed in the Undergraduate Nursing Program of the Escola Superior de Ciências da Saúde in the Federal District of Brazil. The objective is to describe the methodological proposal of the adult health module, with emphasis on learning evaluation. The module promoted dialogue between the thematic of mental health, with a focus on anti-asylum medicine; art, through thematic triggers (films, music, poetry); and Problem-Based Learning. The cognitive evaluation exam was done through production of videos. The results indicate that in the students' perceptions, the module's methodology aided in understanding the psychosocial perspective of mental health care, created a legitimate space of familiarity with singularity, and stimulated group work and the creative process.
Key-words: Problem-based learning/ Educational measurement/ Nursing education/ Mental health.
 

Resumen
Aprendizaje en la salud mental a través de la producción videográfica: relato de experiencia

Se presenta una experiencia educativa desarrollada en el curso de graduación en Enfermería de la Escuela Superior de Ciencias da la Salud del Distrito Federal. El objetivo fue describir el módulo de la propuesta metodológica de salud del adulto, con énfasis en la evaluación de los aprendizajes. El módulo ha promovido el diálogo entre el tema de salud mental, centrándose en la clínica anti-manicomial, el arte, a través de disparadores temáticos (películas, música y poesía) y el Aprendizaje Basado en Problemas. El examen de evaluación cognitivo se realizó por medio de la producción de video. Los resultados mostraron que en la percepción de los estudiantes, el módulo de metodología favorece la comprensión de la perspectiva psicosocial de la salud mental, y ha creado un espacio legítimo para la convivencia con la singularidad y alienta proceso de trabajo en equipo y creatividad.
Palabras clave: Aprendizaje basado en problemas/ Evaluación educacional/ Educación en enfermería/ Salud mental.
 

Referências

1. Governo do Distrito Federal (BR). Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal. Projeto Político Pedagógico do Curso de Graduação em Enfermagem. Brasília (DF): Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde, Escola Superior de Ciências da Saúde 2010 [acesso 2010 Abr 05]. Disponível em: http://www.escs.edu.br/arquivos/pppenferm2010.PDF

2. Batista N, Batista SH, Goldenberg P, Seiffert O, Sonzogno MC. O enfoque problematizador na formação de profissionais da saúde. Rev Saude Pública. 2005 Abr; 39(2):231-7.

3. Mitre SM, Siqueira-Batista R, Girardi-de-Mendonça JM, Morais-Pinto NM, Meirelles CAB, Pinto-Porto C. et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciênc Saúde Coletiva. 2008; 13(Sup 2):2133-44.

4. Machado MFA, Monteiro EMLM, Queiroz DT, Vieira NFC, Barroso MGT. Integralidade, formação de saúde, educação em saúde e as propostas do SUS: uma revisão conceitual. Ciênc Saúde Coletiva. 2007 Mar-Abr; 12(2):335-42.

5. Tavares CMM. A interdisciplinaridade como requisito para a formação da enfermeira psiquiátrica na perspectiva da atenção psicossocial. Texto Contexto Enferm. 2005 Set; 14(3):403-10.

6. Oliveira FB, Silva AO. Enfermagem em saúde mental no contexto da reabilitação psicossocial e da interdisciplinaridade. Rev Bras Enferm. 2000 Jul-Set; 53(4):584-92.

7. Machado DM. A desconstrução do manicômio interno como determinante para a inclusão social da pessoa em sofrimento mental [dissertação]. Brasília (DF): Universidade de Brasília; 2006.

8. Lobosque AM. Princípios para uma clínica antimanicomial e outros escritos. São Paulo (SP): Hucitec; 1997.

9. Maeda ST, Chiesa AM. Innovación em el processo de aprendizaje de enfermaria en salud colectiva. Texto Contexto Enferm. 2010 Jan-Mar; 19(1):120-8.

10. Silva MG, Fernandes JD, Teixeira GAS, Silva RMO. Processo de formação do(a) enfermeiro(a) na contemporaneidade: desafios e perspectivas. Texto Contexto Enferm. 2010 Jan-Mar; 19(1):176-84.

11. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 8ª ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2004.

12. Pichon-Rivière E. O processo grupal. 3ª ed. São Paulo (SP): Martins Fontes; 1982.

13. Quiroga AP. Enfoques y perspectivas em psicologia social: desarrolos a partir del pensamento de Enrique Pichon-Rivière. Buenos Aires (AG): Ediciones Cinco; 2005.

14. Arantes Filha EV. Devaneio do olhar: uma experiência de produção e leitura da imagem através do vídeo na prática pedagógica [dissertação]. Natal (RN): Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2004.

15. Moran JM. As mídias na educação: desafios na comunicação pessoal. 3ª ed. São Paulo (SP): Paulinas; 2007.

16. Freire P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo (SP): Paz e Terra; 1996.

17. Torre EHG, Amarante P. Protagonismo e subjetividade: a construção coletiva no campo da saúde mental. Ciênc Saúde Coletiva. 2001 Fev; 6(1):73-85.

18. Prigogini I. As leis do caos. São Paulo (SP): Editora UNESP; 2002.

19. Guattari F. Caosmose: um novo paradigma estético. São Paulo (SP): Editora 34; 1992.

20. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. HumanizaSUS: documento base para gestores e trabalhadores do SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 4ªed. Brasília (DF): Editora do Ministério da Saúde; 2006.

21. Niemeyer F, Silva KS, Kruse MHL. Diretrizes curriculares de enfermagem: governando corpos de enfermeira. Texto Contexto Enferm. 2010 Out-Dez; 19(4):767-73.

22. Pires MRG, Spagnol CA, Brito MJM, Gazzinelle MFC, Montnegro LC. Diálogos entre a arte e a educação: uma experiência no ensino da disciplina de administração em saúde. Texto Contexto Enferm. 2009 Jul-Set; 18(3):559-67.

23. Carvalho YM, Ceccim RB. Formação e educação em saúde: aprendizados com a saúde coletiva. In: Campos GWS, Minayo MCS, Andrade LOM, Akerman M, Drumond Júnior M, Carvalho YM. Tratado de saúde coletiva. São Paulo (SP)/Rio de Janeiro (RJ): Hucitec, Fiocruz; 2006. p 149-182.

24. Freitag B. A teoria crítica ontem e hoje. São Paulo (SP): Ed. Brasiliense; 2004.

25. Rodrigues J, Santos SMA, Spricigo JS. Ensino do cuidado de enfermagem em saúde mental através do discurso docente. Texto Contexto Enferm. 2012 Jul-Set; 21(3):616-24.

26. Ausubel DP. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva, Lisboa (PT): Ed. Plátano; 2003.

27. Puggina ACG, Silva MJP. A alteridade nas relações de enfermagem. Rev Bras Enferm. 2005 Set-Out; 58(5):573-9.

28. Saul AM. Avaliação emancipatória: desafios à teoria e à prática de avaliação e reformulação de currículo. 6ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2001.

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería