ENTRAR            

 


 

Texto & Contexto. ISSN:0104-0707

 

 

 

ARTIGOS ORIGINAIS - PESQUISA

 

Ir a Sumario

 

 

Full text - English version

 

 

Padrões funcionais de saúde: diagnósticos de enfermagem em escolares da rede pública

Camila Dannyelle Fernandes Dutra Pereira,1 Francis Solange Vieira Tourinho,2 Joyce Laíse da Silva Ribeiro,3 Stephanie Barbosa de Medeiros,4 Viviane Euzébia Pereira Santos5
1
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Departamento de Enfermagem da UFRN. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: camilafernandes_enf@hotmail.com 2Doutora em Saúde da Criança e do Adolescente. Professora Adjunto da UFRN. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Departamento de Enfermagem da UFRN. Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: francistourinho@gmail.com 3Residente da Residência Multiprofissional em Saúde, com área de concentração em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal da UFRN. Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: joyce_laise@hotmail.com 4Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFRN. Departamento de Enfermagem da UFRN. Bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: stephanie_natal@yahoo.com.br 5Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem e do Departamento de Enfermagem da UFRN. Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. E-mail: vivianeepsantos@gmail.com

Recebido em 13 de agosto de 2012
Aprovação final em 04 de novembro de 2013

Texto Contexto Enferm 22(4): 1056-1063

 

 

 

Cómo citar este documento

Pereira, Camila Dannyelle Fernandes Dutra; Tourinho, Francis Solange Vieira; Ribeiro, Joyce Laíse da Silva; Medeiros, Stephanie Barbosa de; Santos, Viviane Euzébia Pereira. Padrões funcionais de saúde: diagnósticos de enfermagem em escolares da rede pública. Texto Contexto Enferm, oct-dic 2013, 22(4). Disponible en <http://www.index-f.com/textocontexto/2013/22-1056.php> Consultado el

 

Resumo

O estudo objetivou identificar, nos escolares de uma escola da rede pública de Natal-RN, alterações dos padrões de papel e relacionamento, de resposta e tolerância ao estresse e de crença e valor, além de identificar a frequência dos rótulos de diagnósticos de enfermagem encontrados nesses três padrões. Trata-se de um estudo descritivo-transversal quantitativo, com estudantes do 5º ao 9º ano, constituindo uma amostra de 276 sujeitos, realizado entre fevereiro e março de 2011. Um instrumento baseado nos Padrões Funcionais de Saúde foi utilizado para a coleta de dados, os quais foram analisados através da estatística descritiva com distribuição em frequências absolutas e relativas, e discutidos com base na literatura. Os rótulos diagnósticos de enfermagem mais comuns foram: processos familiares disfuncionais; risco de violência direcionada a outros e risco de religiosidade prejudicada. A união entre saúde e educação é essencial, permitindo ao enfermeiro que atua no ambiente escolar promover a saúde dos estudantes, identificando problemas e formulando diagnósticos, para realizar a assistência adequada.
Palavras chave: Enfermagem/ Cuidados de enfermagem/ Saúde escolar.
 

Abstract
Functional health patterns: nursing diagnoses in public school-aged children and adolescents

The study aimed to identify changes in the role-relationship, coping-stress tolerance and belief-value patterns in schoolaged children and adolescents at a public school in Natal-RN; and to identify the frequency of nursing diagnoses found in these three patterns. It was a descriptive, cross-sectional and quantitative study, with 5th-9th grade students, constituting a sample of 276, performed from February to March of 2011. An instrument based on the Functional Health Patterns was used to collect data, which were analyzed using descriptive statistics with distribution in absolute or relative frequencies, and discussed based on the literature. The most common nursing diagnoses were: dysfunctional family processes; risk for other-directed violence; and risk for impaired religiosity. Connection between health and education is essential, allowing nurses working at the school setting to promote students' health, identifying problems and formulating diagnoses, in order to provide appropriate care.
Key-words: Nursing/ Nursing care/ School health.
 

Resumen
Patrones funcionales de salud: diagnósticos de enfermería en escolares de la red pública

El estudio identificó en los escolares de una escuela pública de Natal-RN alteraciones en los patrones de papel/relación, respuesta de tolerancia al estrés y creencia/valor, y determinó la frecuencia de las etiquetas diagnósticas de enfermería que se encuentra en estos tres patrones. Estudio descriptivo, transversal y cuantitativo, con estudiantes de quinto al noveno año, constituyendo una muestra de 276, que tuvo lugar entre febrero y marzo de 2011. Un instrumento basado en los Patrones Funcionales de Salud se utilizó para recolectar los datos, que se analizaron mediante estadística descriptiva con la distribución de frecuencias absolutas/relativas, y discutió sobre la base de la literatura. Las etiquetas diagnósticas de enfermería más comunes fueron: procesos familiares disfuncionales; riesgo de la violencia dirigida a los demás; y riesgo de deterioro de la religiosidad. El vínculo entre la salud y la educación es esencial, permite a la enfermera que trabaja en el ámbito escolar promover la salud de los estudiantes, la identificación de problemas y la formulación de diagnósticos, para que realizar la asistencia adecuada.
Palabras clave: Enfermería/ Atención de enfermería/ Salud escolar.
 

Referências

1. Reis AT, Oliveira DC, Gomes AMT. Representações sociais sobre saúde entre adolescentes de escolas públicas do município do Rio de Janeiro. Rev Enferm UERJ [online]. 2009 [acesso 2011 Out 25]; 17(4):473-8. Disponível em: http://www.facenf.uerj.br/v17n4/v17n4a03.pdf

2. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Políticas de Saúde. A promoção da saúde no contexto escolar. Rev Saúde Pública [online]. 2002 [acesso 2011 Out 25]; 36(4):533-5. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v36n4/11775.pdf

3. Soares CB, Salvetti MG, Ávila LK. Opinião de escolares e educadores sobre saúde: o ponto de vista da escola pública de uma região periférica do município de São Paulo. Cad Saúde Pública [online]. 2003 [acesso 2011 Out 25]; 19(4):1153-61. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v19n4/16863.pdf

4. Garbin CAS, Garbin AJI, Moimaz SAS, Gonçalves PE. A saúde na percepção do adolescente. Rev Saúde Coletiva [online]. 2009 [acesso 2011 Nov 01]; 19(1):227-38. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/physis/v19n1/v19n1a12.pdf

5. Cyrino EG, Pereira MLT. Reflexões sobre uma proposta de integração saúde-escola: o projeto saúde e educação de Botucatu, São Paulo. Cad Saúde Pública [online]. 1999 [acesso 2011 Nov 01]; 15(Sup.2):39-44. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csp/v15s2/1286.pdf

6. Ferreira MA, Alvim NAT, Teixeira MLO, Veloso RC. Saberes de adolescentes: estilo de vida e cuidado à saúde. Texto Contexto Enferm [online]. 2007 [acesso 2011 Out 26]; 16(2):217-24. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v16n2/a02v16n2.pdf

7. Bottan ER, Campos L, Verwiebe APS. Significado do conceito de saúde na perspectiva de escolares do ensino fundamental. Rev Bras Promoção Saúde [online]. 2008 [acesso 2011 Out 27]; 21(4):240-5. Disponível em: http://hp.unifor.br/pdfs_notitia/2967.pdf

8. Hoga LAK, Abe CT. Relato de experiência sobre o processo educativo para a promoção da saúde de adolescentes. Rev Esc Enferm USP [online]. 2000 [acesso 2011 Nov 01]; 34(4):407-12. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v34n4/v34n4a14.pdf

9. Araújo AC, Lunardi VL, Silveira RS, Thofehrn MB, Porto AR. Relacionamentos e interações no adolescer saudável. Rev Gaúcha Enferm [online]. 2010 [acesso 2011 Nov 02]; 31(1):136-42. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/10296/8889

10. Santos ASR, Souza PA, Valle AMD, Cavalcanti ACD, Sá SPC, Santana RF. Caracterização dos diagnósticos de enfermagem identificados em prontuários de idosos: um estudo retrospectivo. Texto Contexto Enferm [online]. 2008 Jan-Mar [acesso 2013 Jun 12]; 17(1):141-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v17n1/16.pdf

11. Barra DCC, Dal Sasso GTM. Processo de enfermagem conforme a classificação internacional para as práticas de enfermagem: uma revisão integrativa. Texto Contexto Enferm [online]. 2012 Abr-Jun [acesso 2013 Jun 12]; 21(2):440-7. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v21n2/en_a24v21n2.pdf

12. Castilho NC, Ribeiro PC, Chirelli MQ. A implementação da Sistematização da assistência de enfermagem no serviço de saúde hospitalar do Brasil. Texto Contexto Enferm [online]. 2009 Abr-Jun [acesso 2013 Jun 12]; 18(2):280-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v18n2/11.pdf

13. Tannure MC, Gonçalves AMP. SAE - Sistematização da assistência de enfermagem. Rio de Janeiro (RJ): Guanabara Koogan; 2007.

14. North American Nursing Diagnosis Association. Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação, 2009-2011/NANDA International. Porto Alegre (RS): Artmed; 2010.

15. Gordon M. Nursing diagnosis: process and application. St. Louis (US). McGraw-Hill; 1982.

16. Fehring RJ. Methods to validate nursing diagnoses. Heart and Lung. 1987; 16(6):625-29.

17. Silva KL, Dias FLA, Maia CC, Pereira DCR, Vieira NFC, Pinheiro PNC. A influência das crenças e valores culturais no comportamento sexual dos adolescentes do sexo masculino. Rev Enferm UERJ [online]. 2010 [acesso 2011 Out 26]; 18(2):247-52. Disponível em: http://www.facenf.uerj.br/v18n2/v18n2a14.pdf

18. Davim RMB, Germano RM, Menezes RMV, Carlos DJD. Adolescente/adolescência: revisão teórica sobre uma fase crítica da vida. Rev Rene 2009 Abr-Jun; 10(2):131-40.

19. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde na escola. Brasília (DF): MS 2009. 96 p.

20. Mota CP, Matos PM. Apego, conflito e autoestima em adolescentes de famílias intactas e divorciadas. Psicologia: Reflexão Crítica [online]. 2009 [acesso 2011 Nov 01]; 22(3):344-52. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-79722009000300004&script=sci_arttext

21. Souza RM. Depois que papai e mamãe se separaram: um relato dos filhos. Psicologia: Teoria Pesq [online]. 2000 [acesso 2011 Out 27]; 16(3):203-11. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v16n3/4807.pdf

22. Lipp MEV, Arantes JP, Buriti MS, Witzig T. O estresse em escolares. Psicologia Esc Educ [online]. 2002 [acesso 2011 Out 26]; 6(1):51-6. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pee/v6n1/v6n1a06.pdf

23. Margis R, Picon P, Cosner AF, Silveira RO. Relaçãoentre estressores, estresse e ansiedade. Rev Psiquiatr. RS [online]. 2003 [acesso 2011 Out 27]; 25(sup.1):65-74. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rprs/v25s1/a08v25s1.pdf

24. Sanchez ZVM, Oliveira LG, Nappo AS. Fatores protetores de adolescentes contra o uso de drogas com ênfase na religiosidade. Ciênc Saúde Coletiva [online]. 2004 [acesso 2011 Nov 02]; 9(1):43-55. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v9n1/19822.pdf

25. Bezerra J, Barros MVG, Tenório MCM, Tassitano RM, Barros SSH, Hallal PC. Religiosidade, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo em adolescentes. Rev Panam Salud Publica [online]. 2009 [acesso 2011 Out 27]; 26(5):440-6. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/rpsp/v26n5/09.pdf

26. Szelbracikowski AC, Dessen MA. Problemas de comportamento exteriorizado e as relações familiares: revisão de literatura. Psico Estud [online] 2007 [acesso 2013 Jun 13]; 12(1):33-40. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pe/v12n1/v12n1a04.pdf

27. Guimarães ABP, Hochgraf PB, Brasiliano S, Ingberman YK. Aspectos familiares de meninas adolescentes dependentes de álcool e drogas. Rev Psiq Clín [online] 2009 [acesso 2013 Jun 13]; 36(2):69-74. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rpc/v36n2/05.pdf

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería