ENTRAR            

 


 

Referencia ISSN:0874-0283 2017 serie IV numero 14 r414089

 

 

 

ARTIGO ORIGINAL

 

Ir a Sumario

  

 

English version

 

 

Qualidade dos cuidados de enfermagem: um estudo em hospitais portugueses

Olga Ribeiro,* Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva Martins,** Daisy Maria Rizatto Tronchin***
*Doutoranda, Ciências de Enfermagem, Universidade do Porto, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, 4050-313 Porto, Portugal [olgaribeiro25@hotmail.com]. Contribuição no artigo: pesquisa bibliográfica, recolha de dados, tratamento e avaliação estatística, análise de dados e discussão, escrita do artigo. Morada para correspondência: Travessa Antero Quental, nº 173/175, 4049-024, Porto, Portugal. **Ph.D., Professora Coordenadora, Escola Superior de Enfermagem do Porto, 4200-072 Porto, Portugal [mmartins@esenfc.pt]. Contribuição no artigo: tratamento e avaliação estatística, análise de dados e discussão. ***Ph.D., Professora Associada, Universidade de São Paulo, 05403-000, São Paulo, Brasil [daisyrt@usp.br]. Contribuição no artigo: análise de dados e discussão

Recebido para publicação em: 20.12.16
Aceite para publicação em:15.03.17

Referencia 2017 IV(14): 89-100

 

 

 

Cómo citar este documento

Ribeiro, Olga; Martins, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva; Tronchin, Daisy Maria Rizatto. Qualidade dos cuidados de enfermagem: um estudo em hospitais portugueses. Referencia 2017; IV(14). Disponible en <http://www.index-f.com/referencia/2017/414089.php> Consultado el

 

Resumo

Enquadramento: Numa procura permanente da excelência no exercício profissional, é exigido aos enfermeiros uma atuação congruente com os padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem, sendo pertinente perceber o fenómeno no contexto hospitalar. Objetivos: Analisar a perceção dos enfermeiros relativamente à concretização dos padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem. Metodologia: Estudo exploratório-descritivo, de carácter quantitativo, realizado em 36 instituições hospitalares EPE de Portugal continental, com a participação de 3,451 enfermeiros. Como instrumento de colheita de dados usámos o questionário. Resultados: A maioria dos enfermeiros concretiza às vezes ou sempre as atividades que contribuem para a qualidade dos cuidados de enfermagem. Decorrente da análise efetuada, as atividades inerentes às dimensões Promoção da saúde, Bem-estar e autocuidado e Readaptação funcional, são aquelas que os enfermeiros percecionam como menos executadas. Por outro lado, as atividades mais frequentemente concretizadas, reportam-se às dimensões Responsabilidade e rigor e Prevenção de complicações. Conclusão: Os dados sugerem a necessidade de se repensarem as práticas, no sentido de uma atuação congruente com os enunciados descritivos menos frequentemente concretizados.
Palavras chave: Cuidados de enfermagem/ Garantia da qualidade dos cuidados de saúde/ Enfermagem/ Hospitais.
 

Resumen
Calidad de los cuidados de enfermería: un estudio en hospitales portugueses

Marco contextual: En una búsqueda permanente de la excelencia en el ejercicio profesional, se exige que los enfermeros actúen de forma congruente con los patrones de calidad de los cuidados de enfermería, para lo cual es pertinente comprender el fenómeno en el contexto hospitalario. Objetivos: Analizar la percepción de los enfermeros en relación a la concretización de los patrones de calidad de los cuidados de enfermería. Metodología: Estudio exploratorio y descriptivo, de carácter cuantitativo, realizado en 36 instituciones hospitalarias EPE de Portugal continental, en el que se contó con la participación de 3,451 enfermeros. Como instrumento de recogida de datos se usó el cuestionario. Resultados: La mayoría de los enfermeros realiza a veces o siempre las actividades que contribuyen a la calidad de los cuidados de enfermería. A partir del análisis efectuado, las actividades inherentes a las dimensiones Promoción de la salud, Bienestar y autocuidado y Readaptación funcional son aquellas que los enfermeros perciben como menos ejecutadas. Por otro lado, las actividades que se realizan con más frecuencia se refieren a las dimensiones Responsabilidad y rigor y Prevención de complicaciones. Conclusión: Los datos sugieren que es necesario repensar las prácticas con el objetivo de realizar una actuación congruente con los enunciados descriptivos que se ponen en práctica con menos frecuencia.
Palabras clave: Atención de enfermería/ Garantía de la calidad de atención de salud/ Enfermería/ Hospitales.
 

Abstract
Nursing care quality: a study carried out in Portuguese hospitals

Background: In a constant pursuit for professional excellence, nurses are required to comply with the quality standards of nursing care. Thus, it is essential to understand this phenomenon in the hospital setting. Objectives: To analyze nurses' perception of the implementation of quality standards in nursing care. Methodology: A quantitative, descriptive-exploratory study was conducted in 36 public hospital institutions located in mainland Portugal, involving a total of 3.451 nurses. Data were collected using a questionnaire. Results: Most nurses often or always performed activities that enhance the quality of nursing care. This analysis showed that nurses perceive activities related to Health Promotion, Well-being and Self-care, and Functional Readaptation as less implemented. On the other hand, activities related to Responsibility and Rigor and Prevention of Complications are implemented most often. Conclusion: The findings suggest that nursing practices should be redesigned and adjusted based on the activities that are less often implemented.
Key-words: Nursing care/ Quality assurance health care/ Nursing/ Hospitals.
 

Referências

Caldana, G., Gabriel, C. S., Bernardes, A., & Évora, Y. D. (2011). Performance indicators for hospital nursing service: Integrated review. Revista Rene, 12(1), 189-197. Recuperado de http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/146/57
Coutinho, C. P. (2014). Metodologia de investigação em ciências sociais e humanas: Teoria e prática (2ª ed.). Coimbra, Portugal: Almedina.
Despacho nº 5613/2015 de 27 de maio. Diário da República nº 102/2015, 2ª Série. Ministério da Saúde. Lisboa, Portugal.
Ferreira, C. I. (2015). Gestão em enfermagem e a formação em serviço: Tecnologias de informação e padrões de qualidade (Dissertação de mestrado). Recuperado de
http://hdl.handle.net/10400.26/9756
International Council of Nurses. (2015). Nurses: A force for change: Care effective, cost effective. Geneva, Switzerland: Author.
Machado, N. J. (2013). Gestão da qualidade dos cuidados de enfermagem: Um modelo de melhoria contínua baseado na reflexão-ação (Tese de doutoramento). Recuperado de
http://hdl.handle.net/10400.14/14957
Martins, M. M., Gonçalves, M. N., Ribeiro, O. M., & Tronchin, D. M. (2016). Quality of nursing care: Instrument development and validation. Revista Brasileira de Enfermagem, 69(5), 864-870. doi:10.1590/0034-7167-2015-0151
Ordem dos Enfermeiros. (2001). Padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem: Enquadramento conceptual: Enunciados descritivos. Lisboa, Portugal: Autor.
Ordem dos Enfermeiros. (2007). Parecer nº 136/2007 de 23 de abril. Recuperado de
http://www.ordemenfermeiros.pt/tomadasposicao/Documents/EnunciadoPosicao_23Abr2007.pdf.
Ordem dos Enfermeiros. (2012). Padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem: Enquadramento conceptual: Enunciados descritivos. Lisboa, Portugal: Autor.
Ordem dos Enfermeiros. (2015). Anuário estatístico. Lisboa, Portugal: Autor.
Pereira, F. (2009). Informação e qualidade do exercício profissional dos enfermeiros. Coimbra, Portugal: Formasau- Formação e Saúde.
Potra, T. M. (2015). Gestão de cuidados de enfermagem: Das práticas dos enfermeiros chefes à qualidade de cuidados de enfermagem (Tese de doutoramento). Recuperado de
http://hdl.handle.net/10451/20608
Silva, M. A., Pinheiro, A. K., Souza, Â. M., & Moreira, A. C. (2011). Health promotion in hospital settings. Revista Brasileira de Enfermagem, 64(3), 596-599. doi: 10.1590/S0034-71672011000300027
Sousa, M. R., Martins, T., & Pereira, F. (2015). Reflecting on the practices of nurses in approaching the person with a chronic illness. Revista de Enfermagem Referência, 4(6), 55-63. doi: 10.12707/RIV14069
Stallings-Welden, L. M., & Shirey, M. R. (2015). Predictability of a professional practice model to affect nurse and patient outcomes. Nursing Administration Quarterly, 39(3), 199-210. doi: 10.1097/NAQ.0000000000000106

Principio de p�gina 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería