Inicio Index

Enviar correo

Inicio Revista

Hemeroteca Cantrida

 

 

 

Referencia ISSN:0874-0283

 

 

 

ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO

 

 

Ir a Sumario

 

 

 

Saúde mental em cuidadores informais de idosos dependentes pós-acidente vascular cerebral

Suzana Maria Fernandes Serrano André,* Maria Madalena Jesus Cunha Nunes,** Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva Martins,*** Vítor Manuel Costa Pereira Rodrigues****
*Mestre, Professora Coordenadora, Escola Superior de Saúde de Viseu, Instituto Politécnico de Viseu. Doutoranda em Ciências de Enfermagem no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar - Universidade do Porto. Departamento de Enfermagem/ Centro de Estudos em Educação, Tecnologias e Saúde (CI&DETS) Unidade de Investigação e Desenvolvimento (U&ID), 3500-843, Viseu, Portugal [sandre@essv.ipv.pt]. Morada: Rua Don João Crisóstomo Gomes de Almeida, nº 102, 3500-843, Viseu, Portugal. **Doutora, Professora Adjunta na Escola Superior de Saúde de Viseu, Instituto Politécnico de Viseu, Departamento de Enfermagem/Centro de Estudos em Educação, Tecnologias e Saúde (CI&DETS) Unidade de Investigação e Desenvolvimento (U&ID), 3500-843, Viseu, Portugal [madac@iol.pt]. ***Doutora, Professora Coordenadora da Escola Superior de Enfermagem do Porto, UCP, Formação & Gestão em Enfermagem, Unidade de Investigação CINTESIS, 4200-072, Porto, Portugal [mmartins@esenf.pt]. ****Doutor, Professor Coordenador com Agregação, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Escola Superior de Enfermagem, Departamento de Enfermagem de Reabilitação e Médico-Cirúrgica/Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano [vmcpr@utad.pt]. Morada: Lugar do Tojal, Lordelo, 5000-232, Vila Real, Portugal

Recebido para publicação em 23.07.12
Aceite para publicação em
24.04.13

Referencia 2013 III(11): 85-94

 

 

 

Cómo citar este documento

André, Suzana Maria Fernandes Serrano; Nunes, Maria Madalena Jesus Cunha; Martins, Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva; Rodrigues, Vítor Manuel Costa Pereira. Saúde mental em cuidadores informais de idosos dependentes pós-acidente vascular cerebral. Referencia 2013; III(11). Disponible en <http://www.index-f.com/referencia/2013/311-085.php> Consultado el

 

Resumo

Contexto: O acidente vascular cerebral (AVC) constitui um desafio pelo impacto social e pelas repercussões na vida das vítimas e famílias. Torna-se, assim, pertinente estudar a saúde mental do cuidador informal de idosos dependentes pós-AVC. Objetivo: Determinar as variáveis preditoras da saúde mental do cuidador informal. Métodos: Estudo transversal descritivo realizado numa amostra não-probabilística por conveniência com 636 cuidadores com idades entre os 17 - 85 anos (média=50.19 ± 14.30), residentes na sub-região Dão Lafões integrada, Portugal. A colheita de dados foi suportada em: escala de rastreio em saúde mental, Questionário de Avaliação da Sobrecarga do Cuidador Informal, Inventário de Personalidade, Escala de Vulnerabilidade ao Stress, Índice de Katz. Resultados: Constatou-se que a saúde mental é boa em 58% dos inquiridos, razoável em 5,2% e fraca em 36,8%. Apresentou-se vulnerável ao stress 55,0% dos cuidadores e 45,0 % não vulneráveis. Configuraram-se preditoras da saúde mental: a vulnerabilidade ao stress, as implicações na vida pessoal e o neuroticismo. Conclusões: Traduzem as evidências que as variáveis psicológicas predizem a saúde mental dos cuidadores informais. Logo, impõe-se considerá-las quando se planeiam boas práticas de enfermagem para o seu atendimento, e se selecionam estratégias atenuantes do impacto do stress e da sobrecarga.
Palavras chave: Acidente vascular cerebral/ Saúde mental/ Cuidadores.
 

Abstract
Mental health of informal caregivers of dependent elderly patients after cerebrovascular accident

Context: Cerebrovascular accident (CVA) is a challenge due to its social impact, and its repercussions on the lives of victims and families. It is, therefore, relevant to study the mental health of informal caregivers of dependent elderly post-CVA patients. Objective: To determine the mental health predictors of informal caregivers. Methods: Cross-sectional study conducted with a non-probability convenience sample of 636 informal caregivers aged 17 - 85 years (mean = 50.19 ± 14.30), residing in the dão Lafões, Portugal. Data collection was supported by: the Screening Scale for Mental Health, the Informal Caregiver Overload Assessment Questionnaire, the Personality Inventory, the Vulnerability to Stress scale, and the Katz Index. Results: Mental health was found to be good in 58% of respondents, reasonable in 5.2% and poor in 36.8%. We found 55% of the caregivers to be vulnerable to stress and 45% not to be vulnerable. Vulnerability to stress, implications for personal life and neuroticism were found to be predictors of mental health. Conclusions: Evidence indicates that psychological variables predict the mental health of informal caregivers. They must be considered when planning best nursing practices for care and strategies selected to mitigate the impact of stress and overload.
Key-words: Cerebrovascular accident/ Mental health/ Caregivers.
 

Resumen
Salud mental en cuidadores informales de ancianos dependientes después de accidente cerebrovascular

Contexto: El accidente cerebrovascular (avc) es un reto por el impacto social y las repercusiones en las vidas de las víctimas y sus familias, por lo que es relevante para el estudio de la salud mental de los cuidadores informales de personas mayores dependientes pos-avc. Objetivo: Determinar los factores predictivos de la salud mental de los cuidadores informales. Métodos: Estudio transversal realizado en una muestra no probabilística por conveniencia con 636 cuidadores no profesionales de entre 17- 85 años (media = 50,19 ± 14,30), con domicilio en la sub-región Dão Lafões, Portugal. La recolección de datos fue apoyado por: la Escala de Rastreo de Salud Mental, el Cuestionario de Evaluación de la Sobrecarga del Cuidador Informal, el Inventario de Personalidad, la Escala de Vulnerabilidad al Estrés, el Índice de Katz. Resultados: Se encontró que la salud mental es buena por 58% de los encuestados, razonable en el 5,2% y malo en el 36,8%. eran vulnerables al estrés de 55% los cuidadores y 45,0% no vulnerable. Configuranse para ser predictores de la salud mental, la vulnerabilidad al estrés, las implicaciones en la vida personal y el neuroticismo. Conclusiones: Traduce la evidencia de que las variables psicológicas predicen la salud mental de los cuidadores informales, lo que exige considerar en la planificación de las mejores prácticas de enfermería y con sus estrategias selecionadas para mitigar el impacto del estrés y la sobrecarga.
Palabras clave: Accidente cerebrovascular/ Salud mental/ Cuidadores.
 

Referências bibliográficas

ARAÚJO, Isabel ; PAÚL, Constança ; MARTINS, Maria Manuela (2008) - Cuidar das famílias com idoso dependente por AVC: do hospital à comunidade - um desafio. Revista de Enfermagem Referência. Série 2, nº 7, p. 43-53.

BIDARRA, Andreia Pereira (2010) - Vivendo com a dor: o cuidador e o doente com dor crónica oncológica. Lisboa: Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina. Tese de mestrado.

CAMARGO, Renata Cristina (2010) - Implicações na saúde mental de cuidadores de idosos: uma necessidade urgente de apoio formal. Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas [Em linha]. Vol. 6, nº 2, p. 231-254. [Consult. 13 maio 2012]. Disponível em WWW:<URL:http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo>.

CARDOSO, Lucilene [et al.] (2012) - Perspectivas actuais sobre a sobrecarga do cuidador em saúde mental. Revista da Escola de Enfermagem da USP [Em linha]. Vol. 46, nº 2, p. 513-517. [Consult. 21 dez. 2012]. Disponível em WWW:<URL: www.ee.usp.br/reeusp/>.

CRUZ, Dídia Carolina [et al.] (2010) - As vivências do cuidador informal do idoso dependente. Revista de Enfermagem Referência. Série 3, nº 2, p. 127-136.

DUARTE, Yeda Aparecida ; LARANJEIRA, Claudia A. ; LEBRÃO, Maria Lúcia (2007) - O Índex de Katz na avaliação da funcionalidade dos idosos. Revista da Escola de Enfermagem da USP. Vol. 41, nº 2, p. 317-325.

FERNANDES, Jacinta de Jesus B. R. (2009) - Cuidar no domicílio a sobrecarga do cuidador familiar. Lisboa: Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina. Tese de mestrado.

FRAGOEIRO, Isabel Maria (2008) - A saúde mental das pessoas idosas na Região Autónoma da Madeira. Porto: Universidade do Porto, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Tese de doutoramento.

FRANÇA, Joana Catarina P. M. (2010) - Saúde mental e necessidades nos cuidadores de famílias com demência. Porto: Universidade Fernando Pessoa, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais. Tese de mestrado.

MARQUES, Sónia Catarina (2007) - Cuidadores informais de doentes com acidente vascular cerebral. Coimbra: Formasau.

MARTINS, Teresa ; PAIS RIBEIRO, José Luís ; GARRETT, Carolina (2003) - Estudo de validação do questionário de avaliação da sobrecarga para cuidadores informais. Psicologia, Saúde & Doenças. Vol. 4, nº 1, p. 131-148.

PIMENTA, Graça Maria F. [et al.] (2009) - Perfil do familiar cuidador de idoso fragilizado em convívio doméstico da grande região do Porto, Portugal. Revista da Escola de Enfermagem da USP. Vol. 43, nº 3, p. 609-614.

PIMENTEL, Luísa (2008) - Entre o dever e os afectos: os dilemas de cuidar de pessoas idosas. In VI CONGRESSO PORTUGUÊS DE SOCIOLOGIA, 25 a 28 de Junho [Em linha]. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa. [Consult. 29 mai. 2012]. Disponível em WWW:<URL:ww.aps.pt/vicongresso>.

PIO-ABREU, J. L. ; VAZ PATO, M. L. (1981) - A utilização de uma escala de rastreio em epidemiologia psiquiátrica. Psiquiatria Clínica. Vol. 2, nº 2, p. 129-133.

POLIT, Denise F. ; BECK, Cheryl Tatano (2011) - Fundamentos de pesquisa em enfermagem: avaliação de evidências para a prática de enfermagem. Porto Alegre: Artmed.

SEQUEIRA, Carlos Alberto C. (2010) - Cuidar de idosos com dependência física e mental. Lisboa : Lidel.

SILVA, Jacinta M. O. N. (2011) - Sintomatologia psiquiátrica do cuidador informal. Porto: Escola Superior de Enfermagem do Porto. Dissertação de mestrado.

SILVA, Maria da Graça (2012) - Influence of personality on family caregiver's burden, depression and distress related to the behaviour of persons with dementia. Lisboa: Universidade de Lisboa. Tese de doutoramento.

VAZ-SERRA, A. (2000) - Vulnerabilidade ao stress. Psiquiatria Clínica. Vol. 21, nº 4, p. 261-278.

VAZ-SERRA, A. ; PONCIANO, Emanuel ; FREITAS, Fidalgo J. (1980) - Resultado da aplicação do Eysenk personality inventory a uma amostra da população portuguesa. Psiquiatria Clínica. Vol. 1, nº 2, p. 127-132.

Principio de p�gina 


| Menú principal | Qué es  Index | Servicios | Agenda | Búsquedas bibliográficas | Campus digital | Investigación cualitativa | Evidencia científica | Hemeroteca Cantárida | Index Solidaridad | Noticias | Librería | quid-INNOVA | Casa de Mágina | Mapa del sitio

FUNDACION INDEX Apartado de correos nº 734 18080 Granada, España - Tel/fax: +34-958-293304