ENTRAR            

 


 

Avances en Enfermera 0121-4500 33(2) 2015 332222

 

 
Artículo de investigación
 

 Ir a sumario    Acceso al texto completo

Avances en Enfermería
[av.enferm. -Col-]
2015 may-ago; 33(2): 222-229

Recibido: 03/05/2012
Aceptado: 15/06/2015

Vínculo profissional-usuário: competência para a atuação na Estratégia Saúde da Família

Dirce Stein Backes*, Adriana Dallasta Pereira**, Mara Teixeira Marchiori***, Irani Rupolo****, Marli Terezinha Stein Backes*****, Andreas Büscher******
*Doutora em Enfermagem. Docente, Centro Universitário Franciscano. Rio Grande do Sul, Brasil. **Doutora em Enfermagem. Docente, Centro Universitário Franciscano. Rio Grande do Sul, Brasil. ***Doutora em Enfermagem. Docente, Centro Universitário Franciscano. Rio Grande do Sul, Brasil. ****Doutora em Pedagogia. Reitora, Centro Universitário Franciscano. Rio Grande do Sul, Brasil. *****Doutora em Enfermagem. Docente, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, Brasil. ******Doutor em Enfermagem. Docente, University of Applied Science. Osnabrück, Alemanha

Cómo citar este documento:
Stein Backes, Dirce; Dallasta Pereira, Adriana; Teixeira Marchiori, Mara; Rupolo, Irani; Stein Backes, Marli Terezinha; Büscher, Andreas. Vínculo profissional-usuário: competência para a atuação na Estratégia Saúde da Família. Avances en Enfemería. 2015 may-ago, 33(2). En: <http://www.index-f.com/rae/332/r332222.php> Consultado el


Resumo

Objetivo: Desenvolver competências teórico-práticas na enfermagem, para fomentar o vínculo profissional-usuário. Metodologia: Trata-se de um estudoqualitativo,com características de pesquisa-ação, desenvolvidocom acadêmicos e professores do Curso de Enfermagem de uma instituição de ensino superior, por meio do projeto Adotando uma Família, o qual foi sistematizado com atividades teórico-práticas junto à comunidade e fundamentadas em uma das Teorias de Enfermagem. Resultados: Os resultados do processo evidenciam, em suma, que apesar da vulnerabilidade extrema de muitas famílias adotadas, é possível promover o diálogo, estabelecer o vínculo profissional-usuário e instigar saberes que tornem o indivíduo/família protagonista da sua história. Conclusões: O modelo teórico-prático desenvolvido se constitui em uma importante tecnologia de cuidado de enfermagem, capaz de criar o vínculo enfermeiro-usuário e promover o exercício de cidadania e o protagonismo social pela valorização e potencialização dos diferentes saberes.
Palavras chave: Enfermagem/ Relações Enfermeiro-Paciente/ Estratégia Saúde da Família.
 

Resumen
Relación profesional-usuario: competencia para actuar en la Estrategia Salud de la Familia

Objetivo: Desarrollar las habilidades teóricas y prácticas en enfermería para fomentar la relación profesional-usuario. Metodología: Se trata de un estudio cualitativo, con funciones de investigación-acción, desarrollado con académicos y profesores de los cursos de enfermería de una institución de educación superior, a través del proyecto Tomandouna familia, que se sistematizó con actividades teóricas y prácticas en la comunidad y a partir de una de las teorías de enfermería. Resultados: Los resultados del caso mostraron que a pesar de la extrema vulnerabilidad de muchas familias adoptadas se puede promover el diálogo, establecer el vínculo profesional-usuario e inculcar conocimientos que promuevan la familia como protagonista de su modelo teórico y práctico de la historia. Conclusiones: El modelo desarrollado constituyó una importante tecnología para el cuidado de enfermería, con la capacidad de crear la relación enfermero-usuario y de promover el ejercicio de la ciudadanía y el liderazgo social mediante la recuperación y potenciación del conocimiento diferente.
Palabras clave: Enfermería/ Relaciones Enfermero-Paciente/ Estrategia de Salud Familiar.
 

Abstract
Bonding professional-user: competence to act in the Family Health Strategy Team

Objective: To construct and implement, through an academic nursing experience, a theoretical-practical nursing care method, capable of contributing to the nurse-patient bonding formation. Methodology: It is a qualitative study with characteristics of action-research, developed by students and teachers of the nursing course of a higher education institution, through the project Adopting a Family, which was systemized with theoretical-practical activities together with the community and based on one of the Nursing Theories. Results: It is shown that, in spite of the extreme vulnerability of several adoptive families, it is possible to promote dialogue, to establish the bonding professional-user; and impart knowledge that encourages family as protagonist of their own history. Conclusions: The theoretical-practical model developed constitutes an important technology of nursing care, capable both of creating the nurse-patient bond and of promoting the exercise of citizenship and social protagonism through valorization and potentializing of the different knowledges.
Key-words: Nursing/ Nurse-Patient Relations/ Family Health Strategy.
 

Bibliografía

(1) Tajero LM. Development and validation of an instrument to measure nurse-patient bonding. Int j Nurs Stud. 2010 May;47(5):608-615.       

(2) Witt RR, DeAlmeida MC. Identification of nurses' competencies in primary health care through a Delphi study in southern Brazil. Public Health Nurs. 2008;25(4):336-343.    

(3) Silva CR, Chiaperini PT, Frutuoso MF, Morell MG. Extensão universitária e prática dos agentes comunitários de saúde: acolhimento e aprendizado cidadão. Saúde Soc. 2014;23(2):677-688.    

(4) Baraldi DC, Souto BG. A demanda do acolhimento em uma Unidade de Saúde da Família em São Carlos, São Paulo. Arq Bras Ciênc Saúde. 2011;36(1):10-17.    

(5) República Federativa do Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da Família. Atenção Básica e a Saúde da Família. Brasilia: Ministério da Saúde; 2012.       

(6) Santos FP, Nery AA, Matumoto S. A produção do cuidado a usuários com hipertensão arterial e as tecnologias em saúde. Rev Esc Enferm USP. 2013;47(1):107-114.      

(7) Giovanella L, Mendonça MH, Almeida PF, Escorel S, Senna MC, Fausto MC et al. Family health: limits and possibilities for an integral primary healthcare approach in Brazil. Ciên Saúde Colet;2009;14(3):783-794.

(8) Vaitsman J, DeAndrade GR, Farias LO. Social protection in Brazil: what has changed in social assistance after the 1988 Constitution. Ciên Saúde Colet. 2009;14(3):731-742.

(9) Guanais FC, Macinko J. The health effects of decentralizing primary care in Brazil. Health Aff (Millwood). 2009;28(4):1127-1135.   

(10) Moretti-Pires RO. Complexidade em Saúde da Família e formação do futuro profissional de saúde. Interface-Comunic Saúde Educ. 2009;13(30):153-166.      

(11) Paim J, Travassos C, Almeida C, Bahia L, Macinko J. The Brazilian health system: history, advances, and challenges. Lancet. 2011 May;377(9779):1778-1797.      

(12) Sarti TD, Campos CE, Zandonade E, Ruschi GE, Maciel EL. Avaliação das ações de planejamento em saúde empreendidas por equipes de saúde da família. Cad Saúde Pública. 2012;28(3):537-548.   

(13) Shimizu HE, Carvalho DA. O processo de trabalho na Estratégia Saúde da Família e suas repercussões no processo saúde-doença. Ciênc Saúde Colet. 2012;17(9):2405-2414.

(14) Barreto JO, Nery IS, Costa MS. Estratégia Saúde da Família e internações hospitalares em menores de 5 anos no Piauí, Brasil. Cad Saúde Pública. 2012;28(3):515-526.    

(15) Mello R, Furegato AR. Teoria ego-ecológica e o estudo da identidade social: aplicabilidade em pesquisas de enfermagem. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2011;15(4):825-832.    

(16) Cardoso IS, Cezar-Vaz MR, Silva MR, Costa VZ. The purpose of the communication process of group activities in the Family Health Strategy. Rev Latino-Am Enfermagem. 2011;19(2):396-402.   

(17) Blanco BM, Valente GS, Lima CA, Oliveira AC, Correa MB. A importância da liderança do enfermeiro no gerenciamento das relações interpessoais entre a equipe de saúde. Rev Pesqui Cuid Fundam. 2013;5(3):211-217.    

(18) Caçador BS. Configuração identitária do enfermeiro no contexto da estratégia de saúde da família [tese de mestrado]. Belo Horizonte: Escola de Enfermagem da UFMG; 2012.   

(19) Nogueira CL. O outro olhar (sobre os enfermeiros): percepções dos utentes sujeitos a internamento hospitalar sobre os enfermeiros e os cuidados de enfermagem [tese de mestrado]. Universidade do Porto: Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar; 2010.  

(20) Oliveira MR, Bonardi CM. O profissional enfermeiro que atua na estratégia de saúde da família: prática gerencial. Ourinhos; 2010.     

(21) Luiz FF, Mello SM, Neves ET, Ribeiro AC, Tronco CS. A sistematização da assistência de enfermagem na perspectiva da equipe de um hospital de ensino. Rev Eletr Enf. 2010; 12(4):655-659.

(22) República Federativa do Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução No 466. Diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério da Saúde; 2012.

(23) Spagnuolo RS, Juliani CM, Spiri WC, Bocchi SC, Martins ST. O enfermeiro e a estratégia saúde da família: desafios em coordenar a equipe multiprofissional. Cienc Cuid Saúde. 2012;11(2):226-234.    

(24) Vilela GS. Configuração identitária do enfermeiro da estratégia de saúde da família de um município do interior do estado de Minas Gerais [tese de mestrado]. Belo Horizonte: Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais; 2014.     

(25) Silva LM, Fernandes MC, Mendes EP, Evangelista NC, Martins RA. Trabalho interdisciplinar na estratégia saúde da família: enfoque nas ações de cuidado e gerência. Rev Enferm UERJ. 2012;20(Esp 2):784-788

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería