ENTRAR            

 


 

 

 
Artículo de Reflexión no Derivado de Investigación
 

 Ir a sumario    Acceso al texto completo

Avances en Enfermería
[av.enferm. -Col-]
2013 ene-jun; 31(1): 133-140

 Manuscrito recibido: 24.01.11
Aceptado: 10.04.13

Discussões sobre o conceito de comunidade relacionado à atuação do enfermeiro: relato de experiência

 

Stefanie Griebeler Oliveira,* Maria de Lourdes Denardin Budó,** Alberto Manuel Quintana,*** Raquel Pötter Garcia,**** Bruna Sodré Simon,***** Simone Wünsch,****** Mariangela Uhlmann Soares*******

 

*Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora Assistente da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). E-mail: stefaniegriebeleroliveira@gmail.com **Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Associada do Departamento de Enfermagem e do Programa de Pós - Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). E-mail: lourdesdenardin@gmail.com ***Psicólogo. Doutor em Ciências Sociais. Professor Associado do Departamento de Psicologia e dos Programas de Pós-Graduação em Psicologia e em Enfermagem (UFSM). E-mail: albertom.quintana@gmail.com ****Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda em Enfermagem (UFPEL). Bolsista CAPES. Professora substituta da Faculdade de Enfermagem (UFPEL). E-mail: raquelpottergarcia@gmail.com *****Enfermeira. Mestranda em Enfermagem (UFSM). Bolsista CAPES. Professora Substituta do Curso de Enfermagem (UFSM). E-mail: enf.brusimon@gmail.com ******Enfermeira. Mestre em Enfermagem (UFSM). Enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de São Luiz Gonzaga. E-mail: simone.wunsch@gmail.com *******Enfermeira. Mestre em Enfermagem (UFPEL). E-mail: mariangela.soares@gmail.com

Cómo citar este documento:
Oliveira, Stefanie Griebeler; Budó, Maria de Lourdes Denardin; Quintana, Alberto Manuel; Garcia, Raquel Pötter; Simon, Bruna Sodré; Wünsch, Simone; Soares, Mariangela Uhlmann. Discussões sobre o conceito de comunidade relacionado à atuação do enfermeiro: relato de experiência. Avances en Enfermería. 2013 ene-jun, 31(1). En: <http://www.index-f.com/rae/311/133140.php> Consultado el

Resumo

Este artigo busca relatar a experiência docente em que se discutiu o conceito de comunidade associado à atuação do enfermeiro nesse contexto. Essa experiência ocorreu durante a disciplina de Docência Orientada I do Mestrado em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria, a qual foi realizada na disciplina de Saúde Coletiva II no Curso de Graduação em Enfermagem dessa mesma instituição de ensino. Participaram da atividade 19 acadêmicos. A metodologia fundamentou-se na problematização das temáticas, sendo os encontros divididos em diversos momentos. A partir dos registros dos acadêmicos, foram organizadas duas categorias: conceitos e características da comunidade e a atuação do enfermeiro na comunidade. A comunidade deve ser visualizada como um espaço além do conceito geográfico, sendo caracterizada também pelas particularidades dos indivíduos que nela residem. O enfermeiro apresenta-se como um profissional relevante para trabalhar com as questões comunitárias, uma vez que ao estabelecer vínculos, pode permear suas atividades de acordo com o conhecimento dos aspectos da população. Assim, a utilização da metodologia problematizadora colaborou para um melhor desenvolvimento das temáticas propostas, possibilitando a transformação e a construção do conhecimento dos discentes.
Palavras chave: Saúde pública/ Enfermagem em saúde comunitária/ Enfermagem. (Fonte: DeCS, BIREME)
 

Abstract
Discussions about the concept of community related to the performance of the nurse: an experience report

This article aims to report a teaching experience in which the concept of community was discussed, articulated to the performance of the nurse in such context. This experience occurred during the subject of Oriented Teaching II, of the Masters Course in Nursing of Universidade Federal de Santa Maria and it was carried out in the subject of Collective Health II of the Nursing Undergraduate course of the same institution. Nineteen undergraduate students participated on the activity. The methodology was founded on the problematization of themes and the classes were divided into two moments. The undergraduate students reports gave rise to two categories: concepts and characteristics of community and the performance of the nurse in the community. Community should be perceived as a space beyond its geographical concept, also being characterized by the specificities of the subjects who live in it. The nurse is considered a relevant professional to work with community questions, once he establishes bonds that are entangled his activities according to the knowledge of aspects of the population. Thus, the problematizing methodology collaborated for a better development of the proposed themes, enabling knowledge transformation and construction concerning students.
Key-words: Public health/ Community health nursing/ Nursing. (Source: DeCS, BIREME)
 

Resumen
Discusiones sobre el concepto de comunidad relacionado a la actuación del enfermero: relato de experiencia

Este artículo relata una reflexión académica en la cual se discutió el concepto de comunidad asociado a la actuación del enfermero en ese contexto. Esa experiencia se desarrolló durante la asignatura "Docencia Orientada I", de la Maestría en Enfermería de la Universidad Federal de Santa Maria, y fue plasmada en la materia de Salud Colectiva II del curso de graduación en enfermería de la misma institución. Participaron en la actividad 19 académicos. La metodología se centró en la problematización de las temáticas, mediante encuentros realizados en momentos diferentes. La información registrada por los académicos se organizó en dos categorías: a.) conceptos y características de la comunidad y b.) La actuación del enfermero en la comunidad. Donde la comunidad debe ser vista como un espacio más allá del concepto geográfico, caracterizada también por las particularidades de los individuos que de ella hacen parte. El enfermero se presenta como un profesional relevante para trabajar con las necesidades comunitarias, una vez se establecen vínculos, puede permear sus actividades de acuerdo con el conocimiento de los aspectos de la población. Así, la utilización de la metodología problematizadora colaboró para un mejor desarrollo de las temáticas propuestas, posibilitando la transformación y la construcción del conocimiento discente.
Palabras clave: Salud pública/ Enfermería en salud comunitaria/ Enfermería. (Fuente: DeCS, BIREME)
 

Referências

(1) Júnior, VS. Bauman e a impossibilidade da comunidade. CAOS-Revista Eletrônica de Ciências Sociais 2006 Outubro; (11): 1-13.

(2) Campiche C, Hippolyte J, Hipólito J. A comunidade como centro. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian; 1992. p. 120.

(3) Bauman Z. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual (1925). Em: Dentzien P, traductor. Rio de Janeiro: Jorge Zahar; 2003. p. 141.

(4) García JC. Promoción de la salud en los lugares de trabajo: una oportunidad por desarrollar. Av. Enferm [Revista em Internet] 2009 Maio [consultado 05 de descimbre de 2010] XXVII(1):[6páginas].Disponível em: http://www.enfermeria.unal.edu.co/revista/articulos/xxvii1_13.pdf

(5) Universidade Federal de Santa Maria, Curso de Graduação em Enfermagem. Rio Grande do Sul: Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria; 2007 [Consultado Agosto 05 de 2009]. Disponível em: http://w3.ufsm.br/prograd/cursos/ENFERMAGEM/ESTRATeGIAS%20PEDAGoGICAS.pdf

(6) Freire P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa/Paulo Freire-São Paulo: Paz e Terra; 2009, p. 148.

(7) Silva JL, Assis DL, Gentile AC. A percepção de estudantes sobre a metodologia problematizadora: a mudança de um paradigma em relação ao processo ensino aprendizagem. Revista Eletrônica de Enfermagem 2005 Abril; 7(1): 72-80.

(8) Bordenave JE. La transferencia de tecnología apropiada al pequeño agricultor. Revista Interamericana de Educação de Adultos 1983 Março; 3 (1-2):75-102.

(9) Barbosa MA, Medeiros M, Prado MA, Bachion MM, Brasil VV. Reflexões sobre o trabalho do enfermeiro em saúde coletiva. Revista Eletrônica de Enfermagem 2004 Junho; 6(1): 09-15.

(10) Budó ML, Saupe R. Modos de cuidar em comunidades rurais: a cultura permeando o cuidado de enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2005 Abril-Junho; 14 (2): 177-85.

(11) Pettengill MA, Angelo M. O sentido do cuidar da criança e da família na comunidade: a experiência da aluna de enfermagem. Rev. Esc. Enf. USP. 2000 Mar [consultado em 10 dezembro de 2010]; 34(1):[8 páginas]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v34n1/v34n1a12.pdf

(12) Schineider JF, Collet N, Orso PJ, Pereira JO. Acompanhamento de enfermagem em saúde pública, assessoramento pedagógico e agrícola numa comunidade de assentados sem-terra na zona rural: relato de experiência. Rev. Latino-Am. Enfermagem 1995 Janeiro; 3 (1):137-47.

(13) Minayo MC. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 11 Ed. São Paulo: Hucitec; 2008. p.412.

(14) Turato ER. Tratado da metodologia da pesquisa clínicoqualitativa: construção teórico-epistemológica, discussão comparada e aplicação nas áreas da saúde e humanas. Petrópolis: Vozes; 2008. p.688.

(15) Giraudo N, Chiarpenello J. Intervenciones comunitarias. Evid. actual. práct. ambul. 2006 Março-Abril; 9 (2):48-9.

(16) Costa R. Por um novo conceito de comunidade: redes sociais, comunidades pessoais, inteligência coletiva. Interface Comunic., Saúde, Educ 2005 Março-Agosto de; 9 (17): 235-48.

(17) Zanella AV, Filho KP, Abella SI. Relações Sociais e poder em um contexto grupal. Estudos de Psicologia 2003 Janeiro-Abril; 8(1): 85-91.

(18) Trindade MA. Comunidade e Sociedade: norteadoras das relações sociais. R. Farn, Natal 2001 Julho Dezembro; l(1): 165-74.

(19) Ermel RC, Fracolli LA. O trabalho das enfermeiras no Programa de Saúde da Família em Marília/SP. Rev Esc Enferm USP 2006 Jun [consultado em 21 de dezembro de 2010]; 40(4): [7 páginas]. Disponível em: http://www.ee.usp.br/reeusp/upload/pdf/286.pdf

(20) Campos GW. A clínica do Sujeito: por uma clínica reformulada e ampliada. In: Campos GW. Saúde Paidéia. São Paulo: Ed. Hucitec; 2003.

(21) Cunha GT. A construção da clínica ampliada na Atenção Básica. São Paulo: Editora Hucitec; 2004.

(22) Campos GW, Amaral MA. A clínica ampliada e compartilhada, a gestão democrática e redes de atenção como referenciais teórico-operacionais para a reforma do hospital. Cienc. Saúde Colet 2007; 12(4): 849-59.

(23) Kantorski LP, Quevedo AL, Guedes AC, Bielemann VL, Heck RM, Borges LR. Oficinas de Reciclagem no Caps Nossa Casa: A Visão dos Familiares. Rev. Min. Enferm 2009 Jan-Mar; 13(1): 43-8.

(24) Jesus ES, Marques LR, Assis LC, Alves TB, Freitas GF, Oguisso T. Preconceito na Enfermagem Percebido por Enfermeiros: Uma Abordagem Quantitativa. Rev. Min. Enferm 2008 Out-Dez; 12(4): 477-82.

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería