ENTRAR            

 


 

R de Pesq: cuidado fundamental Online -Bra- v8n4 2016 85068

 

 
PESQUISA
 

 Ir a sumario  Acceso al texto completo

Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
[
R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-]
2016 oct-dic 8(4):
5068-5073

 Recebido em:15/06/2014
Revisões requeridas: 30/10/2014
Aprovado em: 10/02/2015
Publicado em: 01/10/2016

Qualidade da atenção à saúde de portadores de HIV: opinião de profissionais de saúde

 

Richardson Augusto Rosendo da Silva,1 Ilisdayne Thallita Soares da Silva,2 Danyella Augusto Rosendo da Silva Costa,3 Jose Rebberty Rodrigo Holanda,4 Sueleide Cristina Dantas,5 Gilson de Vasconcelos Torres6

 

(1) Enfermeiro. Doutor em Ciências da Saúde. Professor Adjunto IV do Curso de Graduação e do Programa de Pós-Graduação (Mestrado Acadêmico e Doutorado) em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Membro do Grupo de Pesquisa Práticas Assistenciais e Epidemiológicas em Saúde e Enfermagem/PAESE/UFRN. Natal/RN, Brasil (2) Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Natal/RN, Brasil (3) Enfermeira. Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte /PGENF/UFRN. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte/IFRN. Natal/RN, Brasil (4) Médico. Residente em Medicina de Família e Comunidade pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Natal/RN, Brasil (5) Acadêmica do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). Natal/RN, Brasil (6) Enfermeiro. Pós-Doutor em Enfermagem pela Universidade de Évora/PT. Professor Titular do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Natal/RN, Brasil

 

Cómo citar este documento:
Silva, Richardson Augusto Rosendo da; Silva, Ilisdayne Thallita Soares da; Costa, Danyella Augusto Rosendo da Silva; Holanda, Jose Rebberty Rodrigo; Dantas, Sueleide Cristina; Torres, Gilson de Vasconcelos. Qualidade da atenção à saúde de portadores de HIV: opinião de profissionais de saúde. R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-. 2016 oct-dic, 8(4). En: <http://www.index-f.com/pesquisa/2016/85068.php> Consultado el

Resumo

Objetivo: Avaliar a qualidade da assistência prestada a portadores de HIV/AIDS, no centro de referência de tratamento da AIDS em Natal/ RN, na perspectiva de profissionais de saúde. Métodos: Pesquisa avaliativa e quantitativa realizada em um hospital público de Natal/RN, de agosto de 2010 a julho de 2011, por meio de entrevista estruturada com os profissionais que atendem os portadores de HIV. Resultados: A avaliação do serviço foi considerada satisfatória por 58,8% dos entrevistados, destacando-se em nove indicadores: apoio oferecido pelo serviço, conveniência dos horários de atendimento, acolhimento, orientações fornecidas sobre o tratamento, pontualidade dos profissionais de saúde, disponibilidade de antirretrovirais, disponibilidade de exames laboratoriais, relacionamento profissional/usuário e facilidade de acesso ao serviço. Conclusão: Não houve diferença significativa quanto à satisfação em relação aos indicadores: pontualidade dos profissionais, conveniência dos horários e disponibilidade de exames laboratoriais.
Descritores: HIV/ Síndrome de imunodeficiência adquirida/ Avaliação de Serviços de Saúde/ Satisfação do Paciente/ Qualidade da Assistência à Saúde.
 

Resumen
Calidad de la atención a la salud de portadores de VIH: opinión de profesionales de salud

Objetivo: Evaluar la calidad de la asistencia prestada a portadores de VIH/SIDA, en el centro de referencia de tratamiento de SIDA en Natal/ RN, en la perspectiva de profesionales de salud. Métodos: Investigación evaluativa y cuantitativa realizada en un hospital público de Natal/RN, de agosto de 2010 a julio de 2011, por medio de entrevista estructurada con los profesionales que atienden a los portadores de VIH. Resultados: La evaluación del servicio fue considerada satisfactoria por 58,8% de los entrevistados, destacándose en nueve indicadores: apoyo ofrecido por el servicio, la comodidad de las horas de servicio, acogida, siempre y orientación sobre el tratamiento, la puntualidad de profesionales de la salud, la disponibilidad de medicamentos antirretrovirales, la disponibilidad de pruebas de laboratorio, profesional/relación de usuario y la facilidad de acceso a servicio. Conclusión: No hubo diferencia significativa en la satisfacción en relación a los indicadores: puntualidad de los profesionales, conveniencia de los horarios y disponibilidad de exámenes de laboratorio.
Descriptores: VIH/ Síndrome de Inmunodeficiencia Adquirida/ Evaluación de los Servicios de Salud/ Satisfacción del Paciente/ Calidad de la Atención de la Salud.
 

Abstract
Quality of health care for HIV patients: health professionals view

Objective: To evaluate the quality of care provided for people with HIV/AIDS at the Reference Center for the treatment of AIDS in Natal-RN, in the health professionals perspective. Methods: Evaluative and quantitative research conducted in a public hospital in Natal/RN, from August 2010 to July 2011, through structured interviews with professionals who provide care for people with HIV. Results: The evaluation of the service was considered satisfactory by 58.8% of respondents, standing on nine indicators: support offered by the service, convenience of service hours, host, provided guidance on treatment, timeliness of health professionals, availability of antiretroviral drugs, availability of laboratory tests, professional/user relationship and ease of access to service. Conclusion: There was no significant difference in satisfaction with the indicators: punctuality of professionals, convenience of service timetables and availability of laboratory tests.
Descriptors: HIV/ Acquired Immune Deficiency Syndrome/ Assessment of Health Services/ Patient Satisfaction/ Quality of Health Care.
 

Referências

1. Perucchi J, Rodrigues FD, Jardim LN, Calais LB. Psicologia e políticas públicas em HIV/AIDS: algumas reflexões. Psicol soc (on line) [Internet]. 2011 [citado 11 jun 2013];23(n.spe):72-80. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/psoc/v23nspe/a10v23nspe.pdf

2. Grangeiro A, Silva LL, Teixeira PR. Resposta à Aids no Brasil: contribuições dos movimentos sociais e da reforma sanitária. Rev panam salud pública [Internet]. 2009 [citado 11 jun 2013];26(1):87-94. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/rpsp/v26n1/13.pdf

3. Mendonça PME, Alves MA, Campos LC. Empreendedorismo institucional na emergência do campo de políticas públicas em HIV/ AIDS no Brasil. RAE electron [Internet]. 2010 jan/jun [citado 11 jun 2013];9(1):0-0. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/raeel/v9n1/v9n1a7.pdf

4. Nemes MIB, Castanheira ERL, Melchior R, Alves MTSB, Basso CR. Avaliação da qualidade da assistência no programa de Aids: questões para a investigação em serviços de saúde no Brasil. Cad saúde pública [Internet]. 2004 [citado 11 jun 2013];20 Supl 2:S310-S21. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v20s2/24.pdf

5. Nemes MIB, Melchior R, Basso CR, Castanheira ERL, Alves MTSSB, Conway S. The variability and predictores of quality of AIDS care services in Brazil. BMC health serv res (on line) [Internet]. 2009 Mar [citado 11 jun 2013];9(51):1-8. Disponível em: http://www.biomedcentral.com/content/pdf/1472-6963-9-51.pdf

6. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de DST e Aids. QUALIAIDS: avaliação e monitoramento da qualidade da assistência ambulatorial em AIDS no SUS. Série A. Normas Técnicas. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 2010.

7. Nemes MIB, Castanheira ERL, Helena ETS, Melchior R, Caraciolo JM, Basso CR, et al. Adesão ao tratamento, acesso e qualidade da assistência em Aids no Brasil. AMB rev Assoc Med Bras [Internet]. 2009 [citado 12 jun 2013];55(2):207-12. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ramb/v55n2/28.pdf

8. Lima J Jr, Alchieri JC, Maia EMC. Avaliação das condições de trabalho em hospitais de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2009 [citado 11 jun 2013];43(3):670-6. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v43n3/a24v43n3.pdf

9. Santos EI, Gomes AMT, Oliveira DC, Santo CCE, Felipe ICV, Lima RS. O princípio da integralidade no contexto do HIV/AIDS: uma revisão integrativa. Rev pesqui cuid fundam (online) [Internet]. 2010 out/dez [citado 10 jun 2013];2(4):1387-98. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1290/pdf_149

10. Ferreira MPS, Silva CMFP, Gomes MCF, Silva SMB. Testagem sorológica para o HIV e a importância dos centros de testagem e aconselhamento (CTA) resultados de uma pesquisa no município do Rio de Janeiro. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2001 [citado 10 jun 2013];6(2):481-490. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v6n2/7018.pdf

11. Ministério da saúde (BR). Secretaria Executiva. Coordenação Nacional de DST/AIDS. Aconselhamento em DST/AIDS. Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

12. Garbin CAS, Garbin AJI, Moimaz SAS, Carmo MP. Bioética e HIV/ Aids: discriminação no atendimento aos portadores. Rev bioét [Internet]. 2009 [citado 9 jun 2013];17(3):511-22. Disponível em: http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica/article/viewFile/514/515

13. Colombrini MRC, Lopes MHBM, Figueiredo RM. Adesão à terapia anti-retroviral para HIV/AIDS. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2006 [citado 10 jun 2013];40(4):576-81. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342006000400018&lang=pt

14. Melchior R, Nemes MIB, Basso CR, Castanheira ERL, Alves MTSB, Buchalla CM, et al. Avaliação da estrutura organizacional da assistência ambulatorial em HIV/Aids no Brasil. Rev saúde pública [Internet]. 2006 [citado 11 jun 2013]; 40(1):143-51. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102006000100022&lng=pt

15. Polejack L, Seidl EMF. Monitoramento e avaliação da adesão ao tratamento antirretroviral para hiv/aids: desafios e possibilidades. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2010 [citado 5 jun 2013];15 Supl. 1:1201-08. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232010000700029&script=sci_arttext

16. Teixeira MG, Silva GA. A representação do portador do vírus da imunodeficiência humana sobre o tratamento com antiretrovirais. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2008 [citado 09 maio 2013];42(4):729-36. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342008000400016&lang=pt

17. Pires D. Reestruturação produtiva e trabalho em saúde. 2ª ed. São Paulo (SP): Annablume; 2008.

18. Scherer MDA, Pires D, Schwartz Y. Trabalho coletivo: um desafio para a gestão em saúde. Rev saúde pública [Internet]. 2009 [citado 10 maio 2013];43(4):721-25. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v43n4/90.pdf

19. Lima RS, Oliveira EG, Oliveira DC, Tosoli AM, Santos EI. Os antiretrovirais no cotidiano de idosos soropositivos: um estudo a partir das representações sociais. Rev pesqui cuid fundam (online) [Internet]. 2010 out/dez [citado 20 maio 2013];2 Ed Supl:952-955. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1194/pdf_339

20.Silva RAR. Cartografia da percepção de mães e profissionais sobre a atenção à saúde de crianças/adolescentes soropositivos no município de Natal-RN [dissertação]. Natal/RN: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2006.

21. Borges MJL, Sampaio AS, Gurgel IGD. Trabalho em equipe e interdisciplinaridade: desafios para a efetivação da integralidade na assistência ambulatorial às pessoas vivendo com HIV/Aids em Pernambuco. Ciênc saúde coletiva [Internet]. 2012 [citado 11 jun 2013];17(1):147-156. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232012000100017&script=sci_arttext

22. Rebouças D, Legay LF, Abelha L. Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviços de saúde mental. Rev saúde pública [Internet]. 2007; [citado 11 maio 2013];41(2):244-50. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v41n2/5992.pdf

23. Borges LO, Tamayo A, Alves Filho A. Significado do trabalho entre os profissionais de saúde. In: Borges LO, organizadora. Os profissionais de saúde e seu trabalho. 1ª. São Paulo (SP): Casa do Psicólogo; 2005.

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-Tesis
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería