ENTRAR            

 


 

R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra- v8n4 2016 84956

 

 
PESQUISA
 

 Ir a sumario  Acceso al texto completo

Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
[
R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-]
2016 oct-dic 8(4):
4956-4964

 Recebido em: 21/08/2014
Revisões requeridas: Não
Aprovado em: 17/09/2015
Publicado em: 01/10/2016

Estresse no cotidiano universitário: estratégias de enfrentamento de docentes da saúde

 

Luana Marcelly Nogueira de Araújo,1 Viviane Euzébia Pereira Santos,2 Cláudia Cristiane Filgueira Martins,3 Marta Silvânere Pereira Dantas,4 Natally Pereira dos Santos,5 Kisna Yasmin Andrade Alves6

 

(1) Enfermeira formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2) Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Professora da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ESUFRN). Membro do Grupo de Pesquisa laboratório de investigação do cuidado, segurança e tecnologias em saúde e enfermagem (Labtec-UFRN) (3) Enfermeira formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (4) Enfermeira formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (5) Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Professora da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ESUFRN). Membro do Grupo de Pesquisa laboratório de investigação do cuidado, segurança e tecnologias em saúde e enfermagem (Labtec-UFRN) (6) Doutora em Enfermagem. Professora adjunta do Departamento de da pós graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/ UFRN. Líder do grupo de pesquisa laboratório de investigação do cuidado, segurança e tecnologias em saúde e enfermagem, da PPGENF/ UFRN. Bolsista de Produtividade em Pesquisa cnpq - PQ2 (2016-2019)

 

Cómo citar este documento:
Araújo, Luana Marcelly Nogueira de; Santos, Viviane Euzébia Pereira; Martins, Cláudia Cristiane Filgueira; Dantas, Marta Silvânere Pereira; Santos, Natally Pereira dos; Alves, Kisna Yasmin Andrade. Estresse no cotidiano universitário: estratégias de enfrentamento de docentes da saúde. R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-. 2016 oct-dic, 8(4). En: <http://www.index-f.com/pesquisa/2016/84956.php> Consultado el

Resumo

Objetivo: Investigar as estratégias de enfrentamento ao estresse desenvolvidas pelos professores do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Método: Estudo exploratório, descritivo, com abordagem qualitativa. A coleta de dados ocorreu no período de abril de 2012 a maio de 2013 com 37 docentes a partir de entrevista semiestruturada, sendo os dados analisados através da Análise de Conteúdo, utilizando a modalidade da análise temática. Resultados: A partir das falas dos docentes, foram estruturadas as categorias “Atividades de lazer”; “Atividades de lazer reconhecidamente escassas”; “Enfrentamento às situações estressantes no ambiente universitário”; e “Percepção da necessidade de mudança”. Conclusão: Foi possível perceber que os docentes identificaram situações estressantes relacionadas ao trabalho e elencaram atividades de lazer para redução das tensões, que, no entanto, não realizam. Sugere-se maior apoio institucional e comprometimento individual na elaboração de estratégias que promovam o bem-estar do trabalhador docente.
Descritores: Estresse Profissional/ Saúde do Trabalhador/ Docentes.
 

Resumen
Estrés cotidiano en la universidad: estrategias de afrontamiento de profesores de área de salud

Objetivo: Investigar las estrategias de supervivencia desarrolladas por los maestros para evitar el estrés en el Centro de Ciencias de la Salud de Universidad Federal del Rio Grande del Norte. Métodos: Estudio exploratorio, descriptivo, con abordaje cualitativo. Los datos fueron recolectados a partir de mayo de 2013 hasta Abril/2012 con 37 profesores de entrevistas semi-estructuradas, y los datos analizados a través del análisis de contenido, utilizando el método de análisis temático. Resultados: En el discurso de los maestros se estructuraron las categorías: “Actividades de ocio”; “Actividades de ocio que reconocer escasos”; “El hacer frente a situaciones de estrés en el ámbito universitario”; “La percepción y la necesidad de cambio”. Conclusión: Se pudo observar en este estudio que los maestros a identificar las situaciones de estrés relacionados con el trabajo y las actividades de ocio enlecharan para reducir las tensiones, que sin embargo no se dan cuenta. Se sugiere un mayor apoyo institucional y el compromiso individual en el desarrollo de estrategias que promuevan el bienestar de los docentes.
Descriptores: Agotamiento Profesional/ Salud Laboral/ Docentes.
 

Abstract
Everyday stress in the university: coping strategies of helth teachers’

Objective: To investigate the stress coping strategies developed by teachers in the Center of Health Sciences of the Federal University of Rio Grande do Norte. Method: This is an exploratory, descriptive study with a qualitative approach. Data collection occurred from May 2013 to April/2012 with 37 teachers from semistructured interviews, and the data were analyzed through content analysis, using the method of thematic analysis. Results: From the speech of teachers were structured the categories: “Leisure Activities”; “Admittedly scant leisure activities”; “Coping with stressful situations in the university environment”; “Perception and the need for change”. Conclusion: It could be observed from this study that teachers identify stressful situations related to work and leisure activities to reduce tensions, which, however, they do not practice. It is suggested greater institutional support and individual commitment in developing strategies that promote the welfare of teachers.
Descriptors: Burnout/ Occupacional Health/ Faculty.

Referências

1. Seyle H. Stress a tensão da vida. 2ª edição. São Paulo: Ibrasa; 1965.

2. Júnior OG. Sofrimento psíquico e trabalho intelectual. Cad psicol soc trab [periódico na Internet]. 2010 [acesso em 2013 Sep 10];13(1):133-148. Disponível em: http://revistas.usp.br/cpst/article/view/25743/27476

3. Silvério MG, Patrício ZM, Brodbeck IM, Grosseman S. O ensino na área da saúde e sua repercussão na qualidade de vida docente. Rev bras educ méd. 2010 Jan-Mar [acesso em 2014 Apr 22];34(1):65-73. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022010000100008

4. Marconi MA, Lakatos EM. Fundamentos de metodologia científica. 7ª edição. São Paulo: Atlas; 2010.

5. Minayo MCS. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciênc saúde coletiva [periódico na Internet].2012 [acesso em 2014 Mar 12];17(12):621-26. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csc/v17n3/v17n3a07.pdf

6. Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

7. Nune CMNS. O conceito de enfrentamento e a sua relevância na prática da psiconcologia. Encontro, rev psicol [periódico na Internet]. 2010 [acesso em 2014 Mar 12];13(19):91-102.Disponível em: http://sare.anhanguera.com/index.php/rencp/article/view/1272/1238

8. Silveira MM, Stumm EMF, Kirchner RM. Estressores e coping: enfermeiros de uma unidade de emergência hospitalar. Rev eletronica enferm [periódico na Internet]. 2012 [acesso em 2014 Mar 7]; 11(4):894-903. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/fen_revista/v11/n4/pdf/v11n4a15.pdf

9. Gomes ARS. Cruz JF, Cabanelas S. Stress ocupacional em profissionais de saúde: um estudo com enfermeiros portugueses. Psicol teor pesqui [periódico na internet]. 2009 Jul- Sep [acesso em 2014 Mar 12];25(3):307-18. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v25n3/a04v25n3.pdf

10. Moreno FN, Gil GP, Haddad MCL, Vanucchi MTO. Estratégias e intervenções no enfrentamento da síndrome de burnout. Rev enferm UERJ [periódico na internet]. 2011 Jan-Mar [acesso em 2014 Mar 7];19(1):140-5. Disponível em: http://www.facenf.uerj.br/v19n1/v19n1a23.pdf

11. Santos GB. Os professores e seus mecanismos de fuga e enfrentamento. Trab educ saúde [periódico na internet]. 2009 Jul- Oct [acesso em 2014 Mar 7];7(2):285-304. Disponível em: http://www.revista.epsjv.fiocruz.br/upload/revistas/r249.pdf

12. Miranda LCS, Pereira CA, Passos JP. O estresse nos docentes de enfermagem de uma universidade pública. Rev pesqui cuid fundam [periódico na internet]. 2009 Sep/Dec [acesso em 2014 May 06]; 1(2): 335-44. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/410/377

13. Trindade LL, Lautert L, Beck CLC. Mecanismos de enfrentamento utilizados por trabalhadores esgotados e não esgotados da estratégia de saúde da família. Rev latinoam enferm [periódico na Internet]. 2009 Sep-Oct [acesso em 2014 Mar 4];17(5). Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rlae/article/view/4045/4827

14. Sadir MA, Bignotto MM, Lipp, MEN. Stress e qualidade de vida: influência de algumas variáveis pessoais. Paidéia [periódico na Internet]. 2010 Jan-Apr [acesso em 2014 Feb 21];20(45):73-81. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-863X2010000100010&script=sci_arttext

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-Tesis
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería