ENTRAR            

 


 

R de Pesq: cuidado fundamental Online -Bra- v8n4 2016 84929

 

 
PESQUISA
 

 Ir a sumario  Acceso al texto completo

Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
[
R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-]
2016 oct-dic 8(4):
4929-4934

 Recebido em: 18/03/2014
Revisões requeridas: Não
Aprovado em: 02/03/2015
Publicado em: 01/10/2016

Fatores relacionados ao desenvolvimento de úlceras em pacientes com Diabetes Mellitus

 

Iluska Godeiro Targino,1 Julianne Souto Oliveira Souza,2 Nicelha Maria Guedes dos Santos,3 Rejane Marie Barbosa Davim,4 Richardson Augusto Rosendo da Silva5

 

(1) Enfermeira pela Universidade Potiguar de Natal (UNP). Natal/RN, Brasil (2) Enfermeira pela Universidade Potiguar de Natal (UNP). Natal/RN, Brasil (3) Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Docente da Universidade Potiguar de Natal (UNP). Natal/RN, Brasil (4) Enfermeira Obstetra. Professora Doutora Associada III do Departamento de Enfermagem/UFRN. Natal, Rio Grande do Norte, Brasil (5) Enfermeiro. Doutor em Ciências da Saúde. Professor Adjunto III do Curso de Graduação e do Programa de Pós-Graduação (Mestrado Acadêmico e Doutorado) em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN. Natal/RN, Brasil. Membro do Grupo de Pesquisa Práticas Assistenciais e Epidemiológicas em Saúde e Enfermagem/PAESE/UFRN

 

Cómo citar este documento:
Targino, Iluska Godeiro; Souza, Julianne Souto Oliveira; Santos, Nicelha Maria Guedes dos; Davim, Rejane Marie Barbosa; Silva, Richardson Augusto Rosendo da. Fatores relacionados ao desenvolvimento de úlceras em pacientes com Diabetes Mellitus. R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-. 2016 oct-dic, 8(4). En: <http://www.index-f.com/pesquisa/2016/84929.php> Consultado el

Resumo

Objetivo: Identificar fatores relacionados ao desenvolvimento de úlceras em membros inferiores de usuários insulinodependentes residentes no município de São José de Mipibu/RN. Método: Pesquisa quantitativa; os dados foram obtidos mediante entrevista seguida da inspeção estática e aplicação dos monofilamento de Semmes-Weinstein para avaliação do limiar da sensibilidade tátil plantar. Pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Potiguar de Natal/RN, CAAE 0037.0.052.000-11. Resultados: A faixa etária foi de 21 a 72 anos; 68,4% do sexo feminino; 63,3% residentes em zona urbana. Fatores relacionados ao desenvolvimento de úlceras em membros inferiores: sedentarismo (71,6%), hipertensão (65%) e antecedentes de doenças cardiovasculares (56,7%). Na avaliação dos pés, 26,7% pele ressecada, 15% descamativa, 38,3% unhas farináceas, 30% espessadas e 35% dermatites. Quanto à sensibilidade tátil, 18,3% apresentaram anestesia do membro afetado. Conclusão: Os dados sugerem que a população estudada é suscetível a desenvolver complicações mais severas e incapacitantes do Diabetes Mellitus.
Descritores: Enfermagem/ Diabetes Mellitus/ Pé Diabético.
 

Resumen
Factores relacionados al desarrollo de úlceras en pacientes con Diabetes Mellitus

Objetivo: Identificar factores relacionados al desarrollo de úlceras en miembros inferiores de usuarios insulinodependientes residentes en el municipio de São José de Mipibu/RN. Método: Investigación cuantitativa; los dados fueron obtenidos mediante entrevista seguida de la inspección estática y aplicación de los monofilamentos de Semmes-Weinstein para evaluación del umbral de la sensibilidad táctil plantar. Investigación aprobada por el Comité de Ética en Investigación de la Universidad Potiguar de Natal/RN, CAAE 0037.0.052.000-11. Resultados: El grupo fue de 21 a 72 años; 68,4% de sexo femenino; 63,3% residentes en zona urbana. Factores relacionados al desarrollo de úlceras en miembros inferiores: sedentarismo (71,6%), hipertensión (65%) y antecedentes de enfermedades cardiovasculares (56,7%). En la evaluación de los pies, 26,7% piel resecada, 15% descamada, 38,3% uñas farináceas, 30% espesadas y 35% dermatitis. Referente a la sensibilidad táctil, 18,3% presentaron anestesia del miembro afectado. Conclusión: Los datos sugieren que la población estudiada es susceptible a desarrollar complicaciones más severas e incapacitantes del Diabetes Mellitus.
Descriptores: Enfermería/ Diabetes Mellitus/ Pie diabético.
 

Abstract
Factors related to the development of ulcers in patients with Diabetes Mellitus

Objective: To identify factors related to the development of ulcers in the lower limbs of insulin-dependent users residing in the city of São José de Mipibu/RN. Method: Quantitative research; we obtained data thought interview followed by static inspection and application of Semmes-Weinstein monofilaments to assess the threshold of plantar tactile sensitivity. The Ethics Committee of the Potiguar University of Natal/RN approved this research, under the Certificate of Presentation for Ethical Consideration number 0037.0.052.000-11. Results: The age range was 21-72 years old; 68.4% were female; 63.3% were living in urban areas. We can highlight as factors related to development of ulcers in the lower limbs: sedentary lifestyle (71.6%), hypertension (65%) and a history of cardiovascular disease (56.7%). In the evaluation of the feet, 26.7% had dry skin; 15% had scaly skin; 38.3%, farinaceous nails; 30%, thickened nails and 35%, dermatitis. Regarding the tactile sensitivity, 18.3% had anesthesia of the affected limb. Conclusion: The data suggests that this population is likely to develop more severe and disabling complications of Diabetes Mellitus.
Descriptors: Nursing/ Diabetes Mellitus/ Diabetic Foot.
 

Referências

1. Alencar DC, Alencar AMPG. O papel da família na adaptação do adolescente diabético. Rev Rene [Internet]. 2009; 10(1):19-28 [acesso em 06 de maio de 2014]. Disponível em: www.revistarene.ufc.br/revista/index.ph./revista/article/view/415/pdf

2. Silva FAA, Freitas CHA, Jorge MSB, Moreira TMM, Alcântara MCM. Enfermagem em estomaterapia: cuidados clínicos ao portador de úlcera venosa. Rev Bras Enferm 2009; 62(6):889-93.

3. Smeltzer SC, Bare BG. Brunner 7 Suddarth. Tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 11a Ed. Rio de Janeiro; Guanabara Koogan; 2009.

4. Salomé GM, Espósito VHC. O impacto da ferida para o idoso com diabetes mellitus: um estudo fenomenológico. Rev Nursing 2010; 13(146):365-72.

5. Vieira SICR, Silva ACFB, Silva AP, Melo LCP. Condutas preventivas na atenção básica e amputação de membros inferiores em portadores de pé diabéticos. Rev Rene 2008; 9(4): 40-8.

6. Doupis J, Veves A. Classification, diagnosis, and treatment and diabetic foot ulcers. Wounds. 2008; 20(5):117-25.

7. Santos ICRV, Souza WV, Carvalho EF, Medeiros MCWC, Nóbrega MGL, Lima PMS. Prevalência de pé diabético e fatores associados nas unidades de saúde da família da cidade do Recife, Pernambuco, Brasil, em 2005. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2008; 24(12): 70-8 [acesso em 12 jul 2013]. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/csp/v24n12/15pdf

8. Donoso MTV, Rosa EG, Borges EL. Profile of patients with diabetic foot at a Public Health Center. J Nurs UFPE on line [Internet]. 2013; 7(7) [acesso em 12 jul 2013] Disponível: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/4630/pdf_2933

9. Santos ICRV, Bezerra GC, Souza CL, Pereira LC. Pé diabético: apresentação clínica e relação com o atendimento na atenção básica. Rev Rene [Internet]. 2011; 12(2):393-400. [acesso em 06 de maio de 2014]. Disponível em: www.revistarene.ufc.br/revista/index.ph./revista/article/view/170/pdf

10. Santos ICRV, Oliveira GG, Barbosa Júnior JT, Ribeiro WS. Amputações por pé diabético em pacientes hospitalizados da cidade do Recife. Revista Nursing 2011;13(152):48-52.

11. Alberti LR, Petroianu A, França DC, Silva TMF. Relação entre exercício físico e insuficiência venosa crônica. Rev Med. 2010; 20(1):30-5.

12. Brito CKD, Nottingham IC, Victor JF, Feitoza SMS, Silva MG, Amaral HEG. Úlcera venosa: avaliação clínica, orientações e cuidados com o curativo. Rev Rene [Internet]. 2013; 14(3):470-80. [acesso em 06 de maio de 2014]. Disponível em: www.revistarene.ufc.br/revista/index.ph./revista/article/view/689/pdf

13. Bragança CM, Gomes IC, Fonseca MRCC, Vieira MNSCMG, Souza MFM. Avaliação das práticas preventivas do pé diabético. J Health Sci Inst [Internet]. 2010; 28(2) [acesso em 12 jul 2013] Disponível: http://www.unip.br/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2010_02.aspx

14. Zanetti ML, Biagg MV, Santos MA, Péres DS, Teixeira CRS. O cuidado à pessoa diabética e as repercussões na família. Rev bras enferm [Internet]. 2008; 61(2) [acesso em 12 jul 2013] Disponível: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672008000200007&Ing=pt&pt&nrm=iso&tlng-pt

15. Vicentim Al, Gatti MAN, Weckwerth PH, Carvalho RCO. Etiologia da microbiótica presente em úlceras venosas de usuários de bota de unna. Rev Salusvita 2009; 28(1):65-72

16. Queiroz FM, Aroldi JBC, Oliveira GDS, Peres HHC, Santos VLCG. Venous ulcer and compression therapy for nurses: development of online course. Acta Paul Enferm 2012; 25(3):435-40.

17. O´meara S, Cullum NA, Nelson EA. Compression for venous leg ulcers. Cochrane Database Syst Rev. 2009; 1:CD000265.

18. Ochoa-Vigo K, Torquato MTCG, Silvério IAS, Queiroz FA, Guanilo MCDLTU, Pace AE. Caracterização de pessoas com diabetes em unidades de atenção primária e secundária em relação a fatores desencadeantes do pé diabético. Acta Paul. Enferm [Internet]. 2006; 19(2):296-03 [acesso em julho 2013] Disponível em: http://www..scielo.br/pdf/ape/v19n2/a07/v19n3.pdf

19. Cavalcante TM. O controle do tabagismo no Brasil: avanços e desafios. Rev psiq clin [Internet]. 2005; 32(5) [acesso em 10 julho 2013]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010160832005000500006&Ing=pt&nrm-iso

20. Ortiz MCA, Zanetti ML. Levantamento dos fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 em uma instituição de ensino superior. Rev Latino-am Enferm [Internet]. 2001; 9(3) [acesso em 10 de jul 2013]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010160832005000500006&Ing=pt&nrm-iso

21. Araújo MM, Alencar AMPG. Pés de risco para o desenvolvimento de ulcerações e amputações em diabéticos Rev Rene 2009; 10(2):19-28.

22. Boulton AJM, Young MJ. The diabetic foot. In: Sinclair AJ. Diabetes in old age. 3th ed. Chichester:Willey-Blackwell; 2009. p. 113-31.

23. Oliveira BGRB, Carvalho MR, Abreu AM. Caracterização dos pacientes com úlcera venosa acompanhados no ambulatório de reparo de feridas. Rev Eletr Enf. [Internet]. 2012; 14(1):156-63 [acesso em 09 de março de 2014]. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/fen_revista/v14/n1/pdf/v14n1a18.pdf

24. Makdisse M, Nascimento Neto R, Chagas ACP, Brasil D, Borges JL, Oliveira A et al. Adaptação transcultural e validação do questionário de claudicação de Edimburgo. Arq Bras Cardiol [Internet]. 2007; 88(5) [acesso em 12 jul 2013] Disponível: http://www.scielo.br/pdf/abc/v88n5/a01v88n5.pdf

25. Dargaville TM, Farrugia BL, Broadbent JÁ, Pace S, Upton Z, Voelcker NH. Seasons and imaging for wound healing: a review. Biosens Bioeletron. 2012; (80(1):41-6.

26. Lara MS, Pereira Junior AC, Pinto JSF, Vieira NF, Wichr P. Significado da ferida para portadores de úlceras crônicas. Cogitare Enferm. [Intenet] 2011; 16(3):471-7 [acesso em 16 de julho 2013]. Disponível em: http://ojs.c3sl.udpr.br/ojs2/index.ph./cogitare/article/view/20178/16232

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-Tesis
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería