ENTRAR            

 


 

R de Pesq: cuidado fundamental Online -Bra- v8n2 2016 r84376

 

 
PESQUISA
 

 Ir a sumario  Acceso al texto completo

Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
[
R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-]
2016 abr-jun; 8(2):
4376-4386

 Recebido em: 03/02/2015
Revisões requeridas: Não
Aprovado em: 08/01/2016
Publicado em: 03/04/2016

Ocorrência de quedas entre idosos institucionalizados: prevalência, causas e consequências

 

Ana Honorato Cantalice Alves,1 Anna Cláudia Freire de Araújo Patrício,2 Karla Fernandes de Albuquerque,3 Marcella Costa Souto Duarte,4 Jiovana de Souza Santos,5 Michelle Salles de Oliveira6

 

(1) Enfermeira. Centro Universitário de João Pessoa-UNIPE. João Pessoa/PB. Brasil. E-mail: aninha.alvess@hotmail.com (2) Enfermeira. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal da Paraíba. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Envelhecimento e Representações Sociais. João Pessoa/PB, Brasil. E-mail: claudia.freirearaujo@gmail.com (3) Enfermeira. Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN. Coordenadora do Curso de Enfermagem do Centro Universitário de João Pessoal/PB. Brasil. E-mail: karlaalbuq@hotmail.com (4) Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa/PB. Brasil. E-mail: marcellasouto@hotmail.com (5) Enfermeira. Centro Universitário de João Pessoa/PB, Brasil. Membro do Grupo Internacional de Estudos e Pesquisa em Envelhecimento e Representações Sociais. João Pessoa/PB, Brasil. E-mail: jiovana_santos@hotmail.com (6) Química Industrial. Mestre em Engenharia de Produção, Universidade Federal da Paraíba. Coordenadora de Estatística do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual - IDEME - PB. João Pessoa/PB. Brasil. E-mail: michelleestatistica@gmail.com

 

Cómo citar este documento:
Alves, Ana Honorato Cantalice; Patrício, Anna Cláudia Freire de Araújo; Albuquerque, Karla Fernandes de; Duarte, Marcella Costa Souto; Santos, Jiovana de Souza; Oliveira, Michelle Salles de. Ocorrência de quedas entre idosos institucionalizados: prevalência, causas e consequências. R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-. 2016 abr-jun, 8(2). En: <http://www.index-f.com/pesquisa/2016/84376.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivo: Investigar a prevalência, causas e consequências relacionadas à ocorrência de quedas entre idosos institucionalizados. Método: Estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado com 15 idosos que residem e foram vítimas de quedas em uma instituição de longa permanência no municipio de João Pessoa-PB. Utilizado um instrumento com indagações sociodemográficas e perguntas referentes a quedas. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa, CAAE34521414200005176. Resultados: Dos idosos 80%(12) tinham sofrido três ou mais quedas, a principal causa de queda (46,7%) fraqueza/distúrbios de equilíbrio e marcha; 60% apresentaram ferimentos graves, 40% fraturas e 93,3% estavam sozinhos no momento da queda. Conclusão: Os resultados obtidos corroboram para o desenvolvimento de ações educativas quanto aos riscos de quedas no intuito de sanar os fatores existentes.
Descritores: Envelhecimento/ Idoso/ Acidentes por quedas/ Prevenção de acidentes.
 

Resumen
Ocurrencia de caídas entre ancianos institucionalizados: prevalencia, causas y consecuencias

Objetivo: Para investigar la prevalencia, causas y consecuencias relacionan con la ocurrencia de caídas entre ancianos institucionalizados. Método: Estudio descriptivo, con un enfoque cuantitativo, llevado a cabo con 15 personas mayores que residen y fueron víctimas de caídas en una institución de larga permanencia en la ciudad de João Pessoa-PB. Utiliza un instrumento con preguntas demográficas y las cuestiones relativas a las cataratas. La investigación fue aprobada por el Comité de ética de investigación, CAAE34521414200005176. Resultados: Los ancianos 80 (12) habían sufrido tres o más accidentes, la principal causa de caída (46,7) flaqueza, disturbios del equilibrio y la marcha; 60 presentó heridas graves, 40 fracturas y 93.3 estaban solos en el momento del accidente. Conclusión: Los resultados obtenidos corroboran para el desarrollo de actividades educativas en cuanto a los riesgos de caídas para remediar los factores existentes.
Descriptores: Envejecimiento/ Ancianos/ Accidentes por caídas/ Prevención de accidentes.
 

Abstract
Occurrence of falls among elderly institutionalized: prevalence, causes and consequences

Objective: To investigate the prevalence, causes and consequences related to occurrence of falls among institutionalized elderly. Method: Descriptive study, with a quantitative approach, carried out with 15 seniors who reside and were victims of falls in an institution of long permanence in the city of João Pessoa-PB. Used an instrument with demographic questions and questions pertaining to falls. The research was approved by the Research Ethics Committee, CAAE34521414200005176. Results: The elderly 80 (12) had suffered three or more crashes, the leading cause of downfall (46.7) weakness, disturbers of balance and gait; 60 presented serious injuries, 40 fractures and 93.3 were alone at the time of the crash. Conclusion: The results obtained corroborate for the development of educational activities as to the risks of falls in order to remedy the existing factors.
Descriptors: Aging/ Elderly/ Accidents by falls/ Prevention of accidents.
 

Referências

1. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo Demográfico 2010. [Acesso em 23 jul 2014]. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/99/cd_2010_resultados_gerais_amostra.pdf

2. Maciel A. Quedas em idosos: um problema de saúde pública desconhecido pela comunidade e negligenciado por muitos profissionais da saúde e por autoridades sanitárias brasileiras. Rev. Med Minas Gerais [Internet]. 2010 mar; 20(4):554-57. [Acesso em 10 jul 2014]. Disponível em: www.medicina.ufmg.br/rmmg/index.php/rmmg/article/viewfile/317/303

3. Santos SSC. Concepções teórico-filosóficas sobre envelhecimento, velhice, idoso e enfermagem gerontogeriátrica. Rev. Bras. Enferm [Internet]. 2010 nov/dez; 63(6):1035-9. [Acesso em 25 nov 2014]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n6/25.pdf

4. Ministério da Saúde (Brasil). Atenção à Saúde da Pessoa Idosa e Envelhecimento. Textos Básicos de Saúde. Série Pactos pela Saúde. Brasília (DF); 2010.

5. Gawryszewski VP. A importância das quedas no mesmo nível entre idosos no Estado de São Paulo. Rev. Assoc Med Bras. [Internet]. 2010 56(2):162-7. [Acesso em 13 out 2014]. Disponível em: http://www.observatorionacionaldoidoso.fiocruz.br/biblioteca/_artigos/191.pdf

6. Paula FL. Envelhecimento e quedas de idosos. 1ª ed. Rio de Janeiro: Apicuri; 2010.

7. Siqueira FV, Facchini LA, Silveira DS, Piccini RX, Tomasi E, Thumé E et al. Prevalência de quedas em idosos no Brasil: uma análise de todo o país. Cad Saúde Pública [Internet]. 2011 set; 27(9): 1819-26. [Acesso em 28 out 2014 O]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v27n9/15.pdf

8. Maia BC et al. Consequências das quedas em idosos vivendo na comunidade: revisão sistemática. Rev. Bras. Geriatr Gerontol. 2011; 14(2):381-93.

9. Toledo DR, Barela JA. Diferenças sensoriais e motoras entre jovens e idosos: contribuição somatossensorial no controle postural. Rev. Bras. Fisioter [Internet] 2010 maio/jun; 14(3):267-75. [Acesso em 20 dez 2014]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbfis/v14n3/04.pdf

10. Barbosa KTF, Rodrigues MMD, Fernandes MGM, Oliveira FMRL, Santos KFO, Loureiro LSN. Caracterização das quedas referidas por idosos. Rev. Baiana de Enferm. 2014; 28(2):168-75.

11. Maciel ÁCC, Guerra RO. Prevalência e fatores associados ao déficit de equilíbrio em idosos. R bras. Ci e Mov. 2005; 13(1):37-44.

12. Lemos NAF, Guimarães RF. Atividade física e incidência de quedas em idosos. Rev. bras. Crescimento desenvolv. Hum. 2012; 1(1): 28-43.

13. Nóbrega SB. de et al. Sentidos atribuídos aos medicamentos genéricos por idosos. Rev. Pesqui Cuid Fundam. 2011; 37(44): 37-44.

14. Patrício ACF, Alves KL, Costa SMG, Duarte MCD, Rodrigues TP, Aguiar MSB. Medidas pressóricas, glicemia capilar, comorbidades e medicamentos autorreferidos por idosos. J. res.: fundam. Care. Online 2014. abr./jun. 6(2):676-84.

15. Francisco PMSB, Belon AP, Barros MBA, Carandina L, Alves MCGP, Goldbaum M et al. Diabetes auto referido em idosos: prevalência, fatores associados e práticas de controle. Cad Saúde Pública. 2010; 6(1):175-84.

16. Gomes GAO, Cintra FA, Diogo MJD, Neri AL, Guariento ME, Sousa MLR. Comparação entre idosos que sofreram quedas segundo desempenho físico e número de ocorrências. Rev. Bras. De Fisioter. 2009; 13(5): 430-7.

17. Goular TD, Engroff P, Ely LS, Sgnaolin V, Santos EF, Luiz N et al. Tabagismo em idosos. Rev. Bras. Geriatr Gerontol. 2010; 13(2): 313-20.

18. Beck AP, Antes DL, Meurer ST, Benedetti TRB, Lopes MAl. Fatores associados às quedas entre idosos praticantes de atividade físicas. Texto & contexto enferm. 2011; 20(2): 280-86.

19. Moreira MD, Costa AR, Felipe LR, Caldas CP. Variáveis associadas à ocorrência de quedas a partir dos diagnósticos de enfermagem em idosos atendidos ambulatorialmente. Rev. Latinoam enferm [periódico on line]. 2007 mar/abr [acesso em 15 nov 2014]; 15(2). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v15n2/pt_v15n2a18.pdf

20. Almeida ST, Soldera CLC, Carli GA, Gomes I, Resende TL. Análise de fatores extrínsecos e intrínsecos que predispõem a quedas em idosos. Rev. Assoc Med Bras. 2012; 58(4): 427:33.

21. Lojudice DC. Quedas de idosos institucionalizados: ocorrência e fatores associados. Rev. Bras. Geriatr Gerontol. 2010; 13(3):403-12.

22. Goncalves LHT, Polaro SHI, Carvalho JN, Góes TM, Medeiros HP, Souza FJD. Condições de vida e saúde de idosos amazônicas: realidade de comunidades periféricas de cidades paraenses. Rev. enferm UFPE on line. 2015 Jan; 9(1):39-46. [Acesso em 25 jan. 2015]. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/7086/pdf_6844

23. Duca GFD, Antes DL, Halla LPC. Quedas e fraturas entre residentes de instituições de longa permanência para idosos. Rev. Bras. Epidemiol. 2013; 16(1):68-76.

24. Lopes RA, Dias RC. O impacto das quedas na qualidade de vida dos idosos. Conscientiae Saúde. 2010; 9(3):504-9.

25. Ministério da Saúde (Brasil). Biblioteca Virtual em saúde. Quedas de Idosos. Brasília (DF); 2009.

26. Ministério da Saúde (Brasil). Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Cadernos de Atenção Básica, n. 19. Normas e Manuais Técnicos. Brasília (DF); 2006.

27. Ministério da Saúde (Brasil). Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Fiocruz. Protocolo prevenção de quedas. Protocolo integrante do Programa Nacional de Segurança do Paciente. Brasília (DF). [Acesso em 23 jan. 2015]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.10442302012000400012

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería