ENTRAR            

 


 

R de Pesq: cuidado fundamental Online -Bra- v8n2 2016 r84300

 

 
PESQUISA
 

 Ir a sumario  Acceso al texto completo

Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
[
R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-]
2016 abr-jun; 8(2):
4300-4312

 Recebido em: 12/01/2015
Revisões requeridas: Não
Aprovado em: 08/01/2016
Publicado em: 03/04/2016

Proteção e apoio ao aleitamento materno: uma contribuição do banco de leite humano

 

Maria Bertilla Lutterbach Riker Branco,1 Valdecyr Herdy Alves,2 Diego Pereira Rodrigues,3 Rosangela de Mattos Pereira de Souza,4 Fernanda de Oliveira Lopes,5 Tuâny Figueiredo Marinho6

 

(1) Mestre em Saúde Materno Infantil, Faculdade de Medicina, Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil. Enfermeira do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Antônio Pedro, Universidade Federal Fluminense. Niterói, Brasil. Membro do Grupo de pesquisa Maternidade, Saúde da Mulher e da Criança, Universidade Federal Fluminense (UFF). E-mail: bertillariker@yahoo.com.br (2) Doutor em Enfermagem. Professor Titular do Departamento Materno-Infantil e Psiquiátrico da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. Niterói, Brasil. Líder do Grupo de pesquisa Maternidade, Saúde da Mulher e da Criança, Universidade Federal Fluminense (UFF). E-mail: herdyalves@yahoo.com.br. (3) Mestre em Enfermagem, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. Niterói, Brasil. Membro do Grupo de pesquisa Maternidade, Saúde da Mulher e da Criança, Universidade Federal Fluminense (UFF). Vice-presidente da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras do Estado do Rio de Janeiro (ABENFORJ). Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: diego.pereira.rodrigues@gmail.com (4) Mestre em Saúde Materno Infantil, Faculdade de Medicina, Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil. Enfermeira do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Antônio Pedro, Universidade Federal Fluminense. Niterói, Brasil. Membro do Grupo de pesquisa Maternidade, Saúde da Mulher e da Criança, Universidade Federal Fluminense (UFF). E-mail: rosangelademattos@yahoo.com.br (5) Mestre em Saúde Coletiva, Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil. Nutricionista do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Antônio Pedro, Universidade Federal Fluminense. Niterói, Brasil. E-mail: karufe_21@hotmail.com (6) Enfermeira, residente em Enfermagem Obstétrica, Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, Universidade Federal Fluminense, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. E-mail: tuany.f.marinho@gmail.combr

 

Cómo citar este documento:
Branco, Maria Bertilla Lutterbach Riker; Alves, Valdecyr Herdy; Rodrigues, Diego Pereira; Souza, Rosangela de Mattos Pereira de; Lopes, Fernanda de Oliveira; Marinho, Tuâny Figueiredo. Proteção e apoio ao aleitamento materno: uma contribuição do banco de leite humano. R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-. 2016 abr-jun, 8(2). En: <http://www.index-f.com/pesquisa/2016/84300.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivo: compreender a práxis dos profissionais de saúde do Banco de Leite Humano nas ações de proteção e apoio do aleitamento materno. Método: estudo descritivo, exploratório, qualitativo, participaram vinte e cinco profissionais de saúde do BLH do Estado do Rio de Janeiro, através de entrevista semiestruturada, durante os meses julho de 2012 à fevereiro de 2013, e analisadas conforme a análise de conteúdo através da modalidade temática. Resultados: na análise dos dados, os resultados mostraram que os mecanismos da práxis dos profissionais de saúde do banco de leite humano se embasaram na proteção e apoio ao aleitamento materno. Conclusão: isso repercute positivamente para o sucesso da amamentação e contribui para o incentivo da amamentação no país.
Descritores: Aleitamento materno/ Saúde da mulher/ Política de saúde/ Enfermagem.
 

Resumen
Protección y apoyo de lactancia materna: una contribución del banco de leche humana

Objetivo: entender la práctica de los profesionales de salud en el Banco de Leche Humana de las acciones de protección y apoyo de la lactancia materna. Método: un estudio descriptivo, exploratorio y cualitativo, participaron veinticinco profesionales de la salud del BLH del Estado de Río de Janeiro, a través de entrevistas semi-estructuradas durante los meses de julio 2012 a febrero 2013, y analizados según el análisis de los contenidos en la modalidad temática. Resultados: en el análisis de los datos, los resultados mostraron que los mecanismos de la praxis del banco de leche humana de los profesionales de la salud fueron la base para la protección y apoyo de la lactancia materna. Conclusión: tiene un efecto positivo para el éxito de la lactancia y contribuye al fomento de la lactancia materna en el país.
Descriptores: Lactancia materna/ Salud de la mujer/ Política de salud/ Enfermería.
 

Abstract
Protection and support breastfeeding: a contribution of bank of human milk

Objective: understanding the practice of health professionals in the Human Milk Bank of protection actions and breastfeeding support. Method: a descriptive, exploratory, and a qualitative study, twenty-five health professionals of the HMB of the State of Rio de Janeiro participated through semi-structured interviews during the months from July 2012 to February 2013, and analyzed according to content analysis by thematic modality. Results: in the data analysis, the results showed that the mechanisms of the praxis of human milk bank of health professionals formed the basis for the protection and support of breastfeeding. Conclusion: it has a positive effect for breastfeeding success and contributes to the encouragement of breastfeeding in the country.
Descriptors: Breastfeeding/ Womens health/ Health policy/ Nursing.
 

Referências

1. Pereira RSV, Oliveira MIC, Andrade CLT, Brito AS. Fatores associados ao aleitamento materno exclusivo: o papel do cuidado na atenção básica. Cad. Saúde Pública. 2010; 26(12): 2343-54.

2. Teixeira MA, Nitschke RG. Modelo de cuidar em enfermagem junto às mulheres-avós e sua família no cotidiano do processo de amamentação. Texto & Contexto Enferm. 2008; 17(1): 183-91.

3. Muller FS, Silva IA. Social representations about support for breastfeeding in a group of breastfeeding women. Rev. Latinoam Enferm. 2009; 17(5): 651-7.

4. Ministério da Saúde (Br). II Pesquisa de prevalência de aleitamento materno nas capitais brasileiras e Distrito Federal. Brasília: Ministério da Saúde; 2009. [citado 2013 outubro 11]. Disponível em: URL: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_prevalencia_aleitamento_materno.pdf

5. Caminha MFC, Serva VB, Arruda IKG, Filho MB. Aspectos históricos, científicos, socioeconômicos e institucionais do aleitamento materno. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 2010; 10(1): 25-37.

6. Nascimento VC, Oliveira MIC, Alves VH, Silva KS Associação entre as orientações pré-natais em aleitamento materno e a satisfação com o apoio para amamentar. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 2013; 13(2): 147-59.

7. Roma MSS, Novak FR, Portilho M, Pelissari FM, Martins ABT, Matioli G. Efeito do tempo e da temperatura de estocagem nas determinações de acidez, cálcio, proteínas e lipídeos de leite de doadoras de bancos de leite humano. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 2008; 8(3): 257-63

8. Ministério da Saúde (Br). Banco de Leite Humano, funcionamento, prevenção e Controle de Riscos. Brasília: Ministério da Saúde; 2008. [citado 2013 outubro 11]. Disponível em: URL: http://www.redeblh.fiocruz.br/media/blhanv2008.pdf

9. Demitto MO, Silva TG, Páschoa ARZ, Mathias TAF, Bercini, LO. Orientações sobre amamentação na assistência pré-natal: uma revisão integrativa. Rev Rene. 2010; 11(esp): 223-9.

10. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12ª ed. São Paulo (SP): HUCITEC; 2010.

11. Bardin L. Análise de conteúdo. 4 ªed. Lisboa: Edições 70 LDA; 2009.

12. Ministério da Saúde (Br). Saúde da Criança: Nutrição Infantil. Aleitamento materno e alimentação complementar. Brasília: Ministério da Saúde; 2009. [citado 2013 outubro 11]. Disponível em: URL: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_crianca_nutricao_aleitamento_alimentacao.pdf

13. Walker M. Breast pumps and other technologies. In: Riordan J, Wambach K. Breastfeeding and human lactation. 4. ed. Boston: Jones and Bartlett Publishers; 2010. p.379-424.

14. Belo MNM, Azevedo PTACC, Belo MPM, Serva VMSBD, Batista M, Figueiredo JN, et al. Aleitamento materno na primeira hora de vida em um Hospital Amigo da Criança: prevalência, fatores associados e razões para sua não ocorrência. Rev Bras Saúde Materno Infantil. 2014; 14(1):65-72.

15. Silva BT, Santiago LB, Lamonier JA. Apoio paterno ao aleitamento materno: uma revisão integrativa. Rev Paul Pediatr. 2012; 30(1): 122-30.

16. Cyrillo DC, Sarti FM, Farina EMQ, Mazzon JA. Duas décadas de Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes: há motivos para comemorar? Rev Panam Salud Publica. 2009; 25(2): 134-40.

17. Pinto MCLM, Campelo TC, Ramos CV, Lima MER, Pereira TG. Alegações maternas para doação de leite humano ao banco de leite em Teresina-Piauí. Revista Interdisciplinar NOVAFAPI. 2012; 5(2): 15-20.

18. Souza SNDH, Mello DI, Ayres JRCM. O aleitamento materno na perspectiva da vulnerabilidade programática e do cuidado. Cad Saúde Pública. 2013; 29(6):1186-94.

19. Chaves RL. O nascimento como experiência radical de mudança. Cad Saúde Pública. 2014; 30(supl):14-6.

20. Amorim MM, Andrade ER. Atuação do enfermeiro no PSF sobre o aleitamento materno. Rev Perspectivas. 2009; 3(9): 93-110.

21. Quirino LS, Oliveira JD, Figueiredo MFER, Quirino GS. Significado da experiência de não amamentar relacionado às intercorrências mamárias. Cogitare Enferm. 2011; 16(4): 628-33.

22. Morgado CMC, Werneck GL, Hasslmann MH. Rede e apoio social e práticas alimentares de crianças no quarto mês de vida. Ciênc. saúde coletiva. 2013; 18(2):367-76.

23. Santos DT, Vannuchi MTD, Oliveira MMB, Dalmas JC. Perfil das doadoras de leite do Banco de Leite Humano de um hospital universitário. Acta Scientiarum Health Sciences. 2009; 31(1):15-21.

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería