ENTRAR            

 


 

R de Pesq: cuidado fundamental Online -Bra- v8n2 2016 r84087

 

 
REVISÃO
 

 Ir a sumario  Acceso al texto completo

Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
[
R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-]
2016 abr-jun; 8(2):
4087-4098

 Recebido em: 23/05/2012
Revisões requeridas: 25/10/2012
Aprovado em: 25/08/2014
Publicado em: 03/03/2016

Atuação do enfermeiro na consulta pré-natal: limites e potencialidades

 

Crislaine de Souza Silva,1 Kleyde Ventura de Souza,2 Valdecyr Herdy Alves,3 Bruno Augusto Corrêa Cabrita,4 Leila Rangel da Silva5

 

(1) Enfermeira, Especialista em Saúde Coletiva pela Escola de Enfermagem da UFMG. Endereço: Rua Onísio, nº 21, bairro União, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Telefones: (31) 3486-9569 ou (31) 9603-6974. E-mail: crislainern@hotmail.com (2) Enfermeira obstetra, Prof.ª Adjunta da Escola de Enfermagem da UFMG, Departamento Materno Infantil e Saúde Pública (EMI). Vice-presidente da ABENFO Nacional Gestão 2012 2014. E-mail: kleydeventura@uol.com.br (3) Enfermeiro, Doutor em Enfermagem pela Anna Nery, Professor Titular do Departamento de Enfermagem Materno-Infantil e Psiquiátrica, Universidade Federal Fluminense, Presidente da ABENFO Nacional Gestão 2012 2014. E-mail: herdyalves@yahoo.com.br (4) Enfermeiro, Mestrando em Ciências do Cuidado em Saúde da UFF, Professor Substituto da disciplina Enfermagem na Saúde da Mulher I da UFF, Departamento de Enfermagem Materno-Infantil e Psiquiátrica, Universidade Federal Fluminense. E-mail: brunoccab@yahoo.com.br (5) Enfermeira obstetra, Doutora em Enfermagem, Professora Associada do Departamento de Enfermagem Materno Infantil da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. E-mail: rangel.leila@gmail

 

Cómo citar este documento:
Silva, Crislaine de Souza; Souza, Kleyde Ventura de; Alves, Valdecyr Herdy; Cabrita, Bruno Augusto Corrêa; Silva, Leila Rangel da. Atuação do enfermeiro na consulta pré-natal: limites e potencialidades. R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-. 2016 abr-jun, 8(2). En: <http://www.index-f.com/pesquisa/2016/84087.php> Consultado el

 

Resumo

Objetivo: identificar os limites e as potencialidades da atuação do enfermeiro na consulta pré-natal. Método: revisão narrativa da literatura. A seleção dos artigos de 2005 a 2009 foi realizada na BVS com os descritores: cuidado pré-natal, assistência pré-natal, cuidados de enfermagem, assistência de enfermagem. As temáticas foram agrupadas em dois eixos: aquelas que se reportavam aos limites e aquelas voltadas às potencialidades da atuação do enfermeiro na consulta pré-natal. Discussão: 26 produções: 21 científicas e 5 institucionais. Como limites foram destacados: atuação do enfermeiro no pré-natal; atenção baseada no modelo biomédico; precariedade de recursos e o desconhecimento do trabalho do enfermeiro. Como potencialidades: acolhimento, vínculo e interação, prática de educação em saúde e o comprometimento profissional do enfermeiro. Conclusão: o impacto positivo de suas ações na consulta pré-natal é evidente, particularmente no que se refere ao reconhecimento das necessidades das mulheres e no esforço à integralidade das ações em saúde.
Descritores: Cuidado pré-natal/ Saúde da mulher/ Enfermagem obstétrica.
 

Resumen
Actuación del enfermero en la consulta prenatal: límites y potencialidades

Objetivo: Analizar y listar factores y técnicas de monitoreo relacionados a adhesión al tratamiento antiretroviral. Método: estudio de revisión integradora de la literatura a partir de las bases electrônicas LILACS y MEDLINE, realizado en el mes de abril y mayo de 2013, Resultados: factores como escolaridad, complejidad del tratamiento, agravantes psicológicos y la relación entre profesional de salud y usuario, tuvieron destaque relevante en la adhesión a TARV. En ese contexto, monitorear y medir la adhesión a la terapia antiretroviral con el uso de técnicas adecuadas puede contribuir para un aumento significativo de esos valores. Conclusión: es cierto que no existe um padrón oro que garantize la adhesión ideal, com todo, el uso de técnicas de monitoreo correctas y combinadas, pueden disminuir significativamente el impacto de diversos factores que predisponen la adhesión ineficaz al tratamiento del SIDA.
Descriptores: Síndrome de inmunodeficiencia adquirida/ Negativa del paciente al tratamiento/ Terapia antirretroviral altamente activa.
 

Abstract
Nurses performance in prenatal consultation: limits and capabilities

Objective: identifying the limits and the capabilities of the nurses performance in the prenatal consultation. Method: a narrative review of literature. The choice of articles was conducted between 2005 and 2009, carried out at VHL with the following descriptors: prenatal care, prenatal assistance, nursing care and nurse assistance. The subject matters dealt in two sections: those which reported to the limits and those related to nurses the capabilities of the nurse in prenatal appointment. Discussion: 26 productions: 21 scientific and 5 institutional. Regarding the limits of nurses performance in prenatal care, there are: the attention focused on the biomedical model; the precariousness of resources and the ignorance of the nurses work were identified as nurses limits of performance. Capabilities: acceptance, bond and interaction, education practice of education in health and the professional commitment of the nurses commitment. Conclusion: the positive impact of their actions on prenatal consultation is obvious, particularly when regarding the recognition of womens needs and effort to the integrality of health actions.
Descriptors: Prenatal care/ Womens health/ Obstetric nursing.
 

Referências

1. Barata LRB, Tanaka OY, Mendes JDV. Por um processo de descentralização que consolide os princípios do Sistema Único de Saúde. Epidemiol Serv Saúde. [periódico na Internet]. 2004 Mar [acesso em 2009 Out 11]; 13(1):15-24. Disponível em: http://scielo.iec.pa.gov.br/pdf/ess/v13n1/v13n1a03.pdf

2. Osis MJMD. Paism: um marco na abordagem da saúde reprodutiva no Brasil. Cad Saúde Pública [periódico na Internet]. 1998 [acesso em 2009 Out 30]; 14(1):25-32. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/csp/v14s1/1337.pdf

3. Serruya SJ, Cecatti JG, Lago TG. O Programa de Humanização no pré-natal e nascimento do Ministério da Saúde no Brasil: resultados iniciais. Cad Saúde Pública [periódico na Internet]. 2004 Set-Out. [acesso em 2009 Out 10]; 20(5):1281-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/csp/v20n5/22.pdf

4. Succi RCM, Figueiredo EN, Zanatta LC, Peixe MB, Rossi MB, Vianna LAC. Avaliação da assistência pré-natal em unidades básicas do município de São Paulo. Rev latinoam enferm. [periódico na Internet]. 2008 [acesso em 2009 Set 29]; 16(6). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v16n6/pt_08.pdf

5. Brasil. Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher PNDS 2006: dimensões do processo reprodutivo e da saúde da criança. [acesso em 2009 Out 25]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/relatorio_pnds_2006.pdf

6. Rattner D. Humanização na atenção a nascimentos e partos: breve referencial teórico. Interface comun saúde educ. [periódico na Internet]. 2009 [acesso em 2009 Out 17]; 13(1): 595-602. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v13s1/a11v13s1.pdf

7. Ximenes Neto FRG, Leite JL, Fuly PSC, et al . Qualidade da atenção ao pré-natal na estratégia saúde da família em Sobral, Ceará. Rev bras enferm. [periódico na Internet]. 2008 [acesso em 2009 Out 20]; 61(5):595-602. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v61n5/a11v61n5.pdf

8. Enkin M, W. Keirse, Marc JNC, et al. Guia para atenção efetiva na gravidez e no parto. 3ª ed. Rio de janeiro: Guanabara koogan; 2005. 296

9. Dotto LMG, Moulin NM, Mamede MV. Assistência pré-natal: dificuldades vivenciadas pelas enfermeiras. Rev latinoam enferm. [periódico na Internet]. 2006 [acesso em 2009 Set 5] 14(5):682-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v14n5/pt_v14n5a07.pdf

10. Santos EF. Legislação em enfermagem: atos normativos do exercício e do ensino de enfermagem. Atheneu; 2000.

11. Cabral FB, Ressel LB, Landerdahl MC. Consulta de enfermagem: estratégia de abordagem à gestante na perspectiva de gênero. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2005; 9(3): 459-65.

12. Brasil. Ministério da Saúde. Pré-natal e puerpério: atenção qualificada e humanizada manual técnico. [acesso em 2009 Set 22]. Disponível em: http://www.unitau.br/scripts/2009/arquivos_medicina/manual_tecnico_pre_natal_e_puerperio.pdf

13. Belo Horizonte. Secretaria Municipal de Saúde (SMSA). Protocolo Pré-natal e puerpério. Protocolos de atenção à saúde da mulher. 2008. [acesso em 2009 Set 22]. Disponível em: http://www.pbh.gov.br/smsa/biblioteca/protocolos/protocoloprenatal.pdf

14. Lima YMS, Moura MAV. A percepção das enfermeiras sobre a competência social no desenvolvimento da assistência pré-natal. Esc Anna Nery Rev Enferm. [periódico na Internet] 2008 Dez [acesso em 2009 Out 13]; 12(4):672-78. Disponível em: http://www.eean.ufrj.br/revista_enf/20084/08-ART%20.pdf

15. Shimizu HL, Lima, MG. As dimensões do cuidado pré-natal na consulta de enfermagem. Rev bras enferm. [periódico na Internet] 2009 Mai/Jun [acesso em 2009 Out 27];62(3):387-92. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v62n3/09.pdf

16. Rother ET. Revisão sistemática x revisão narrativa. Acta paul enferm. [periódico na Internet]. 2007 [acesso em 2009 Out 14]; 20(2):v-vi. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v20n2/a01v20n2.pdf

17. Brasil. Ministério da Saúde. Assistência integral á saúde da mulher: bases de ação programática. Brasília; 1984. 27 [acesso em 2009 Set 22]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/assistencia_integral_saude_mulher.pdf

18. Brasil. Ministério da Saúde. Programa humanização do parto: humanização no pré-natal e nascimento. 2002. [acesso em 2009 Out 23]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/partes/parto1.pdf

19. Rios CTF, Vieira NFC. Ações educativas no pré-natal: reflexão sobre a consulta de enfermagem como um espaço para educação em saúde. Ciênc saúde coletiva. [periódico na Internet] 2007 Abr [acesso em 2009 Out 17]; 12(2):477-86. Disponível em: http://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf/630/63012221.pdf

20. Silva LR, Christoffel MM, Souza KV. História, conquistas e perspectivas no cuidado à mulher e à criança. Texto & contexto enferm. [periódico na Internet] 2005 Out/Dez [acesso em 2009 Set 8]; 14(4):585-93. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v14n4/a16v14n4.pdf

21. Dióz M. Percepção de mulheres grávidas acerca da assistência pré-natal. REME rev min enferm. [periódico na Internet] 2006 Out/Dez [acesso em 2009 Out 5]; 10(4):369-73. Disponível em: http://www.enf.ufmg.br/reme/remev10n4.pdf

22. Nery TA, Tocantins FR. O enfermeiro e a consulta pré-natal: o significado da ação de assistir a gestante. Rev enferm UERJ. [periódico na Internet] 2006 Jan [acesso em 2009 Set 19]; 14(1):87-92. Disponível em: http://www.fag.edu.br/professores/tcfrank/atividade%20semana%2010%20a%2014.08.09/enfermeiro%20na%20consulta%20pr%E9-natal.pdf

23. Brienza AM. O processo de trabalho das enfermeiras na assistência pré-natal da rede básica de saúde do município de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, 2005.

24. Avanci BS, Cortez EA, Barbosa FS, André KM. Papel do enfermeiro na perspectivado programa de humanização do pré-natal, parto natural e nascimento: revisão sistemática de literatura. Rev enferm UFPE on line. [periódico na Internet]. 2009 Out/Dez [acesso em 2009 Nov 17]; 3(4):348-56. Disponível em: http://www.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/viewFile/129/129

25. Lima YMS, Moura MAV. Consulta de enfermagem pré-natal: a qualidade centrada na satisfação da cliente. Esc Anna Nery Rev Enferm. [periódico na Internet]. 2005 [acesso em 2009 Set 25]; 93-9. Disponível em http://www.unirio.br/repef/arquivos/2005/10.pdf

26. Cunha MA, Mamede MV, Dotto LMG, Mamede FV. Assistência pré-natal: competências essenciais desempenhadas por enfermeiros. Esc Anna Nery Rev Enferm. [periódico na Internet]. 2009 Jan/Mar [acesso em 2009 Out 24]; 13(1):146-53. Disponível em: http://www.eean.ufrj.br/revista_enf/20091/ARTIGO%2018.pdf

27. Piccini RX, Facchini LA, Tomasi E, et al. Efetividade da atenção pré-natal e de puericultura em unidades básicas de saúde do Sul e do Nordeste do Brasil. Rev bras saúde matern infant. [periódico na Internet]. 2007 Mar [acesso em 2009 Set 17]; 7(1):75-82. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbsmi/v7n1/a09v07n1.pdf

28. Parada CMGL, Tonete VLP. O cuidado em saúde no ciclo gravídico-puerperal sob a perspectiva de usuárias de serviços públicos. [periódico na Internet]. 2008 Jan/Mar [acesso em 2009 Set 13]; 12(24):35-46. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v12n24/03.pdf

29. Landerdahl MC, Ressel LB, Martins FB, Cabral FB, Gonçalves MO. A percepção de mulheres sobre atenção pré-natal em uma unidade básica de saúde. Esc Anna Nery Rev Enferm. [periódico na Internet]. 2007 Mar [acesso em 2009 Set 14]; 11(1):105-11. Disponível em: http://www.fag.edu.br/professores/tcfrank/atividade%20semana%2010%20a%2014.08.09/percep%E7%E3o%20gestantes%20a%20cerca%20do%20pre%20natal%20pelo%20enfermeiro.pdf

30. Duarte SJH. Assistência pré-natal no programa saúde da família. Esc Anna Nery Rev Enferm. [periódico na Internet]. 2006 Abr [acesso em 2009 Out 12]; 10(1):121-5. Disponível em: http://www.eean.ufrj.br/revista_enf/20091/ARTIGO%2018.pdf

31. Lúcio IML, Pagliuca LMF, Cardoso MVLML. Diálogo como pressuposto na teoria humanística de enfermagem: relação mãe-enfermeira-recém-nascido. Rev Esc Enferm USP. [periódico na Internet]. 2008 [acesso em 2009 Out 15]; 42(1):173-80. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v42n1/23.pdf

32. Spindola T, Penna LHG, Progiant JM. Perfil epidemiológico de mulheres atendidas na consulta do pré-natal de um hospital universitário. Rev Esc Enferm USP. [periódico na Internet]. 2006 Set [acesso em 2009 Set 8]; 40(3):381-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v40n3/v40n3a09.pdf

33. Silveira IP, Campos ACS, Carvalho FAM, Barroso MGT, Vieira NFC. Ação educativa à gestante fundamentada na promoção da saúde: uma reflexão. Esc Anna Nery Rev Enferm. [periódico na Internet]. 2005 Dez [acesso em 2009 Out 21]; 9(3):451-8. Disponível em: http://www.eean.ufrj.br/revista_enf/2005_vol09/2005_vol09n03DEZEMBRO.pdf

34. Brasil. Ministério da Saúde. Implantação do Programa de Humanização do Parto e Nascimento. 2005. 22 [acesso em 2009 Set 27]. Disponível em: http://www.saude.sp.gov.br/resources/gestor/acesso_rapido/auditoria/implantacao_do_PHPN.pdf

35. Souza MV. Intranet da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte: dois anos de comunicação e informação. PRODABEL/ IRT-PUC Minas; 2002. [acesso em 2010 Jan 15]. Disponível em: http://www.pbh.gov.br/smsa/biblioteca/geepi/monografia.pdf

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería