ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL 2015;22:468

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 468d

Motivando a Memória de Pessoas Idosas em Instituições de Longa Permanência
Adriana Valéria da Silva Freitas, Tânia Maria de Oliva Menezes, Mariana Souza de Jesus, Jéssica Santos de Souza, Mariana Manhezi Bonifácio de Souza Silva
Universidade Federal da Bahia, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2015: 22

Cómo citar este documento
Freitas, Adriana Valéria da Silva; Menezes, Tânia Maria de Oliva; Jesus, Mariana Souza de; Souza, Jéssica Santos de; Silva, Mariana Manhezi Bonifácio de Souza. Motivando a Memória de Pessoas Idosas em Instituições de Longa Permanência. Rev Paraninfo Digital, 2015; 22. Disponible en: <https://www.index-f.com/para/n22/468.php> Consultado el

RESUMO

Trata-se de um trabalho em Instituição de Permanência para Idosos- ILPI�s realizado por estudantes de graduação da Universidade Federal da Bahia com o objetivo de motivar a memória das pessoas idosas residentes neste local.
Metodologia: Durante as práticas da disciplina Atividade Curricular em Comunidade e Sociedade- ACCS intitulada Envelheci, e agora? Construindo saberes e práticas para viver com qualidade na sociedade moderna, estudantes de graduação de diferentes cursos motivaram idosas e idosos residentes na ILPI a lembrarem de receitas caseiras que faziam quando jovens ou que gostavam de degustar antes de residirem na ILPI. Assim, foram coletadas doze receitas, as quais foram transcritas pelos estudantes.
Resultados e Conclusão: O resultado deste trabalho demonstra a importância de buscar maneiras de motivar as pessoas idosas residentes em ILPI�s a estar sempre ativas. O resgate de receitas caseiras demonstrou uma memória preservada mesmo em sua condição de envelhecimento.
 

ABSTRACT

It is a work in long-stay institutions for the elderly - ILPI's done by graduate students of the Federal University of Bahia in order to motivate the memory of older people residing at this location.
Methodology: During the practices of discipline Curricular Activity in the Community and-Society ACCS entitled grow old, now what? Building knowledge and practices to live with quality in modern society, under graduate students from different courses motivated older and elderly residents in ILPI to remember to homemade recipes they did when young and who liked to taste before you reside in ILPI. Thus, twelve were collected revenues, which were transcribed by students.
Results and Conclusion: The result of this work demonstrates the importance of seeking ways to motivate older people living in ILPI's to be always active. The rescue homemade recipes demonstrated a memory preserved even in its aging condition.


Bibliografía

1. Wichamnn FMA.; et al. Grupos de convivência como suporte ao idoso na melhoria de saúde.Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. Rio de Janeiro, 16(4): 821-832, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v16n4/18099823-rbgg16-04-00821.pdf. Acesso em 09/09/15
2.
https://www.tribunadabahia.com.br/2015/02/23/populacao-da-bahia-deixa-de-crescer-tera-65-idosos-para-cada-6-criancas Acesso em 08/09/15.
3. Herrera, J. R., Caramelli, P., Silveira, A. S. B., &Nitrini, R. Epidemiologic survey of dementia in a community-dwelling Brazilian population. Alzheimer. Dis. Assoc. Disord, 16, 103-108, 2002.
4. Almeida MHM, Beger MLM, Watanabe HAW.Oficina de memória para idosos: estratégia para promoção da saúde. Interface. 2007, 11(22): 271-280.
5. Groisman, D. A velhice, entre o normal e o patológico. História, Ciências, Saúde, 9(1):61-78, 2002.
6. Parente, Maria Alice de Mattos Pimenta e colaboradores. Cognição e envelhecimento. Porto Alegre: Artmed, 2009.
7. Yassuda MS. Memória e envelhecimento saudável. In: Freitas EV, Py L, Neri AL, Cançado FAX et al. Tratado de Geriatria e Gerontologia.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, p. 914-9, 2002
8. Guerreiro T, Caldas CP; Memória e demência: (re) conhecimento e cuidado. Rio de Janeiro: UERJ, UnATI, 2001.

Principio de p�gina
error on connection