ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL 2015;22:246

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 246d

Aleitamento materno entre crianças menores de um ano internadas em hospital público do Nordeste brasileiro
Floriacy Stabnow Santos, Iaci Sousa Lima da Silva, Antônio Felipe Brito da Silva Junior, Cláudia Regina de Andrade Arrais Rosa, Janaina Miranda Bezerra, Marcelino Santos Neto
Curso de enfermagem CCSST, Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Imperatriz, Maranhão, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2015: 22

Cómo citar este documento
Santos, Floriacy Stabnow; da Silva, Iaci Sousa Lima; Junior, Antônio Felipe Brito da Silva; Rosa, Cláudia Regina de Andrade Arrais; Bezerra, Janaina Miranda; Neto, Marcelino Santos. Aleitamento materno entre crianças menores de um ano internadas em hospital público do Nordeste brasileiro. Rev Paraninfo Digital, 2015; 22. Disponible en: <https://www.index-f.com/para/n22/246.php> Consultado el

O aleitamento materno (AM) é umas das ações de maior importância para diminuição das taxas de morbimortalidade infantil, é um ato insubstituível, visto que o leite materno é o mais completo alimento em termos de qualidade nutricional, sendo a forma mais segura e barata de garantir um bom estado de saúde para o bebê. No Estado do Maranhão, entre 2006 e 2009, os índices de aleitamento materno exclusivo (AME) até 6 meses subiram de 65,2% para 68,4%. Pesquisa realizada em Imperatriz, interior do Maranhão, mostrou que no ano de 2014 a prevalência do AME até 6 meses foi de 32,0% [seguir leyendo].


Bibliografía

1. Gomes A. Práticas de aleitamento materno em crianças menores de um ano em municípios de Minas Gerais. 2011. 100f. Dissertação (mestrado) � Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais. Disponível em: <https://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUOS-8LBL5A> Acesso em: 20 jun. 2013.
2. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Área Técnica de Saúde da Criança e Aleitamento Materno. Rede Amamenta Brasil: os primeiros passos (2007�2010). Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2011.
3. Santos FS. Aleitamento materno e diarreia em menores de um ano de idade em  Imperatriz-MA. 2015. 130f. Tese. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, 2015.
4. Boccolini CS, et al. Relação entre aleitamento materno e internações por doenças diarreicas nas crianças com menos de um ano de vida nas capitais brasileiras e Distrito Federal, 2008. Epidemiologia e Serviços de Saúde. 2011, 20(1): 19-26.
5. Ministério da Saúde (BR). Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher - PNDS 2006: dimensões do processo reprodutivo e da saúde da criança. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2009a.
6. Martins RFM, et al. Amamentação e Fatores Relacionados ao Desmame Precoce: Uma revisão crítica da literatura. Rev Pesq Saúde. 2012, 13(3): 47-52.
7. Dias MCAP, et al. Recomendações para alimentação complementar de crianças menores de dois anos. Revista de Nutrição Campinas. 2010, 23(3): 475-486.
8. Araújo NL, et al.  Alimentação dos lactentes e fatores relacionados ao aleitamento materno.  Rev Rene. 2013; 14(6):1064-72.
9. Brito LF. Orientação e Incentivo ao Aleitamento Materno na Assistência Pré-natal e Puerperal: Uma revisão de literatura. Rev. Saúde Públ. Santa Cat., Florianópolis. 2013, 6(1): 66-80.
10. Martins RFM, et al. Amamentação e Fatores Relacionados ao Desmame Precoce: Uma revisão crítica da literatura. Rev Pesq Saúde 2012, 13(3): 47-52.

Principio de p�gina
error on connection