ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL 2014;20:336

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 336d

Jovens adultos vivendo com HIV/AIDS como um problema de saúde pública no Brasil
Érika Eberlline Pacheco dos Santos, Stela Maris de Mello Padoin, Tassiane Ferreira Langendof, Ívis Emília de Oliveira Souza, Marlene Gomes Terra, Cristiane Cardoso de Paula
Universidade Federal de Santa Maria. Santa María, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2014: 20

Cómo citar este documento
dos Santos, Érika Eberlline Pacheco; Padoin, Stela Maris de Mello; Langendof, Tassiane Ferreira; Souza, Ívis Emília de Oliveira; Terra, Marlene Gomes; de Paula, Cristiane Cardoso. Jovens adultos vivendo com HIV/AIDS como um problema de saúde pública no Brasil. Rev Paraninfo Digital, 2014; 20. Disponible en: <http://www.index-f.com/para/n20/336.php> Consultado el 03 de Julio del 2022

 

Por volta de 1981, no início da epidemia da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), a qual é causada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), o segmento populacional mais atingido pela doença era constituído de homens que faziam sexo com outros homens. Porém alguns anos mais tarde, o HIV se disseminou entre os diversos segmentos populacionais da sociedade, alcançando os homens com prática heterossexual, as mulheres, idosos, adultos, jovens e também as crianças [seguir leyendo].

Referências

1. Santos NJS, Tayra A, Silva SR, Buchalla CM, Laurenti R. A aids no Estado de São Paulo. A aids no Estado de São Paulo. As mudanças no perfil da epidemia e perspectivas da vigilância epidemiológica. Rev. Bras. Epidemiol. 2002; 5(3): 286-310.

2. Lopes VGS. HIV� perfil da atual transmissão heterossexual no Brasil. J bras Doenças Sex Transm. 1998; 10(6):41-3.

3. Brito AM, Castilho EA, Szwarcwald CL. AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2000; 34(2):207-217.

4. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Boletim Epidemiológico - Aids e DST. Brasília. 2013

5. Sousa AM, Lyra A, Araújo CCF, Pontes JL, Freire RC, Pontes TL. A política de AIDS no Brasil: uma revisão de literatura. Journal of Management and Primary Health Care. 2012;3(1):62-6.

6. Carvalho FT, Piccinini CA. Aspectos históricos do feminino e do maternal e a infecção pelo HIV em mulheres. Ciência & Saúde Coletiva. 2008;13(6);1889-1898.

7. Galvão J. A política brasileira de distribuição e produção de medicamentos anti-retrovirais: privilégio ou um direito? Cad. Saúde Pública. 2002;18(1);213-219.

8. World Health Organization. Young People´s Health � a Challenge for Society. Report of a WHO Study Group on Young People and Health for All. Technical Report Series 731. Geneva: WHO,1986.

9. Cruz EF. Infâncias, adolescências e AIDS. Educação em Revista. 2007;(46);363-384.

10. Silva SFR, Pereira MRP, Motta Neto R, Ponte MF, Ribeiro IF, Costa PF, et al. Aids no Brasil: uma epidemia em transformação. Revista Brasileira de Análises Clínicas. 2010;42(3):209-212.

11. Costa JSD; Victora CG. O que é �um problema de saúde pública�? Rev Bras Epidemiol. 2006;9(1):144-51

12. Szwarcwald CL, Castilho EA. A epidemia de HIV/AIDS no Brasil: três décadas. Cad. Saúde Pública. 2011;27(Sup 1):S4-S5.

13. Seben G, Gauer GJC, Giovelli GRM, Vieira RG. Adultos jovens portadores de hiv: análise dos processos subjetivos no enfrentamento da doença. PSIC - Revista de Psicologia da Vetor Editora. 2008;9(1):63-72.

14. Leite JL, Leite, JL, Dantas, CC, Da Silva CC, Gonçalves DS. Aids: vinte quatro anos de luta. Enfermería global. 2006; 5(2):1-13.

15. Oliveira LL, Negra MD, Nogueira-Martins MCF. Projetos de Vida de Adultos Jovens Portadores de HIV por Transmissão Vertical: estudo exploratório com usuários de um ambulatório de Infectologia. Saúde Soc. 2012;21(4):928-939.

16. Serafini AJ, Bandeira DR. Jovens vivendo com HIV/AIDS: a influência da rede de relações, do coping e do neuroticismo sobre a satisfação de vida. Rev Psiquiatr RS. 2009;31(1).

17. Paiva V, Ayres JRCM, Segurado AC, Lacerda R, Silva NG, Silva MH, et al. A sexualidade de adolescentes vivendo com HIV: direitos e desafios para o cuidado. Ciência & Saúde Coletiva. 2011;16(10):4199-4210.

18. Melo HMA, Leal MCC, Marques APO, Marino JG. O conhecimento sobre Aids de homens idosos e adultos jovens: um estudo sobre a percepção desta doença.Ciência & Saúde Coletiva. 2012;17(1):43-53.

19. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Protocolo clinico e diretrizes terapêuticas para manejo da infecção pelo HIV em adultos. Brasília. 2013.

Principio de p᧩na
error on connection