A

Inicio web Index
 

Inicio Index

Enviar correo

Inicio Revista

ISSN: 1988-3439

  

PARANINFO DIGITAL 2014;20:182

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 182d

A Atuação do Enfermeiro na Promoção do Autocuidado ao paciente com Insuficiência Cardíaca: Uma Revisão Sistemática
Anny Karoliny das Chagas Bandeira, Camila Leite Macedo, Jessica Pinheiro Costa, Josinete Gonçalves dos Santos Lírio, Núbia Caroline Fernandes Neves, Renata Soares Passinho
Escola de Enfermagem, Universidade Federal da Bahia. Salvador, Bahia, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2014: 20

Cómo citar este documento
Bandeira, Anny Karoliny das Chagas; Macedo, Camila Leite; Costa, Jessica Pinheiro; Lírio, Josinete Gonçalves dos Santos; Neves, Núbia Caroline Fernandes; Passinho, Renata Soares. A Atuação do Enfermeiro na Promoção do Autocuidado ao paciente com Insuficiência Cardíaca: Uma Revisão Sistemática. Rev Paraninfo Digital, 2014; 20. Disponible en: <http://www.index-f.com/para/n20/182.php> Consultado el 21 de Octubre del 2019

RESUMEN

Introdução: Indivíduos com insuficiência cardíaca (IC) possuem limitações para a realização das atividades diárias, experimentando sucessivas reinternações que não são apenas resultado da progressão da doença, mas também da baixa adesão à terapia, baixo autocuidado e apoio inadequado ao paciente.
Objetivo: analisar o papel do enfermeiro na promoção do autocuidado ao paciente com IC.
Metodologia: revisão sistemática nas bases de dados BVS e PubMed, a partir dos descritores selfcare; heart failure e nursing e suas correspondentes em português.
Resultados e discussão: após sistematização e análise dos dados, evidenciou-se que mais de 90% dos estudos utilizaram atividades educativas como método para orientar os pacientes portadores de IC a respeito do autocuidado e conhecimento de sua doença; sendo essas atividades realizadas em âmbito hospitalar, domiciliar e/ou por telecomunicação.
Conclusão: as atividades educativas mostraram-se efetivas para melhorar os comportamentos de autocuidado, quadro clínico e qualidade de vida de pacientes com insuficiência cardíaca.
Palavras chave: Educação em saúde/ Enfermagem/ Insuficiência Cardíaca e Qualidade de vida.

ABSTRACT

Introduction: Individuals with heart failure (HF) have limitations to make daily activities, experiencing successive readmissions that are not just results of the disease progress, but also from the low access to the therapy, low selfcare and inappropriate support to the patient.
Objective: analyze the paper of the nurse in the promotion of selfcare to patient with HF.
Methodology: systematic review in database BVS and PubMed, from the descriptors selfcare; heart failure and nursing and their corresponding in Portuguese.
Results and discussion: after systematization and analyzes of database, showed up that more than 90% of studies used educational activities as methods to guide the patients that carries HF about the selfcare and knowledge of your disease; Being these activities made in hospital scope, home and/or for telecommunication.
Conclusion: The educational activities showed them up effectives to improve the behaviors of selfcare, clinic picture and life quality of patients with heart failure.
Key-words: Health education/ Nursing/ Heart failure/ Life quality.

Referências

1. Santos AC, Santo FH, Pestana L, Daher DV, Santana R. Insuficiência cardíaca: estratégias usadas por idosos na busca por qualidade de vida. Rev. bras.enferm. Brasília, 2011, Sept./Oct.

2. Montera MW, Almeida RA, Tinoco EM, Rocha RM, Moura LZ, Réa-Neto A, et al. Sociedade Brasileira de Cardiologia. II Diretriz brasileira de insuficiência cardíaca aguda. Arq Bras Cardiol. 2009, 93(3 supl.3):1-65.

3. Nastari L, Mady C. Tratamento da insuficiência cardíaca. Rev Bras Cardiol. 2000, 2 (5):165-73.

4. Rabelo E R, Aliti G B, Domingues F B, Ruschel K B, Brun A de O. O que ensinar aos pacientes com insuficiência cardíaca e por quê: o papel dos enfermeiros em clínicas de insuficiência cardíaca. Rev. Latino-Am. Enfermagem, 2007;  15(1): 165-170.

5. Rabelo, E. R; Aliti, G B; Domingues, F B; Ruschel, K B, Brun, A O; Pereira, F P. Educação para o autocuidado de pacientes com insuficiência cardíaca: das evidências da literatura às intervenções de enfermagem na prática. Revista da Sociedade de Cardiologia do Rio Grande do Sul, 2004, 13.

6. Silva IJ, Oliveira MFV, Silva SED, Polaro SHI, Radunz V, Santos EKA, Santana ME. Cuidado, autocuidado e cuidado de si: uma compreensão paradigmática para o cuidado de enfermagem. Rev Esc Enferm USP, 2009; 43(3):697-703.

7. III Diretriz Brasileira de Insuficiência Cárdiaca Crônica. Arq Bras Cardiol 2009; 93(1 supl.1): 1-71

8. Arredondo-Holguín E, Rodrígues-Gázquez MA, Higuita-Urrego LM. Improvement of self-care behaviors after a nursing educational intervention with patients with heart failure. Invest Educ Enferm. 2012 jul;30(2):188-97.

9. Bertuzzi D, Souza EN, Moraes MA, Mussi C, Rabelo ER. Conocimiento del paciente com insuficiencia cardíaca en el contexto domiciliar: estúdio experimental. Online Braz J Nurs. [internet] 2012 dez [acesso em: 2014 maio 28];11(3).

10. De La Porte PW, Lok DJ, Van veldhuisen DJ, Van wiingaarden J, Cornel JH, Zuithoff NP, et al. Added value of a physician-and-nurse-directed heart failure clinic: results from the Deventer-Alkmaar heart failure study. Heart. 2007 jul;93(7):819-25.

11. Domingues F, Clausell N, Aliti GB, Dominguez DR, Rabelo ER. Educação e Monitorização por Telefone de Pacientes com Insuficiência Cardíaca: Ensaio Clínico Randomizado. Arq Bras Cardiol [internet] 2011 [acesso em: 2014 maio 25];96(3):233-9. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0066-782X2011000300010.

12. Heisler M, Halasvamani L, Cowen ME, Davis MD, Resnicow K, Strawderman RL, et al. Randomized controlled effectiveness trial of reciprocal peer support in heart failure. Circ Heart Fail. 2013 Mar;6(2):246�253.

13. Jaarsma T, Halfens R, Huijer Abu-Saad H, Dracup K, Gorgels T, van Ree J, Stappers J. Effects of education and support on self-care and resource utilization in patients with heart failure. European Heart Journal 1999. 20, 673�682.

14. Leventhal ME, Denhaervnck K, Brunner-LA Rocca HP, Burnand B, Conca-zeller A, Bernasconi AT, et al. Swiss Interdisciplinary Management Programme for Heart Failure (SWIM-HF): a randomised controlled trial study of an outpatient inter-professional management programme for heart failure patients in Switzerland. Swiss Med Wkly. 2011 Mar;141(w13171):1-9.

15. Mussi CM, Ruschel K, Souza EN, Lopes ANM, Trojahn MM, Paraboni CC, et al. Visita domiciliar melhora conhecimento, autocuidado e adesão na insuficiência cardíaca: ensaio clínico randomizado HELEN-I. Rev. Latino-Am. Enfermagem [internet] 2013 jan-fev [acesso em: 2014 maio 20]; 21(spec):20-8. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010411692013000700004&script=sci_arttext&tlng=pt.

16. Rabelo ER, Aliti GB, Domingues FB, Ruschel KB, Brun AO, Gonzalez SB. Impacto da educação sistemática de enfermagem no conhecimento da doença e autocuidado em uma clínica de insuficiência cardíaca no Brasil: um estudo experimental prospectivo. Online Braz J Nurs [internet] 2007 [acesso em: 2014 maio 26];6(3).

17. Rodríguez-gazquez MA, Arredondo-holguín E, Herrera-Cortés R. Efetividade de um programa educativo em enfermagem no autocuidado em pacientes com insuficiência cardíaca: ensaio clínico randomizado. Rev. Latino-Am. Enfermagem [internet] 2012 mar-abr [acesso em: 2014 maio 23]; 20(2):296-306. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S010411692012000200012&script=sci_arttext&tlng=pt.

18. Stromberg A, Martensson J, Fridlund B, Levin LA, Karlsson JE, Dahlstron U. Nurse-led heart failure clinics improve survival and self-care behaviour in patients with heart failure: results from a prospective, randomised trial. Eur Heart J 2003 jun;24(11):1014-23.

19. Tsuchihashi-makaya M, Matsuo H, Kakinoki S, Takechi S, Kinugawa S, Tsutsui H. Home-based disease management program to improve psychological status in patients with heart failure in Japan. Circulation Journal 2013 abr;77(4):926-33.

20. Zamanzadeh V, Valizadeh L, Howard AF, Jamshidi F. A supportive-educational intervention for heart failure patients in iran: the effect on self-care behaviours. Nursing Research and Practice 2013; 2013:1-7.

21. Rojas CMC, Rojas DNC, Reyes AMG. La entrevista motivacional como intervención de enfermeira para promover el autocuidado em pacientes com insuficiência cardíaca em uma instituición de cuarto nivel em Bogotá, Colombia. Investig. Enferm Imagen Desarr 2013 jan-jun;15 (1):31-49.

22. Titonelli ANA, Assunção FM. Perspectiva problematizadora da educação popular em saúde e a enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2007  Jun [acesso: 2014  mai 28]; 16(2):315-319. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072007000200015&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072007000200015

23. Soares DA, Toledo JAS, Santos LF, Lima RMB, Galdeano LE. Qualidade de vida de portadores de insuficiência cardíaca. Acta Paul Enferm. 2008  [acesso: 2014  mai  28]; 21(2):243-248. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002008000200002&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002008000200002

24. Organização Mundial da Saúde. Constituição da Organização Mundial para a Saúde. In:Conferência Internacional da Saúde 19-22 julho de 1946. New York: OMS;1946.

25. Rodríguez CA, Kolling MG, Mesquida P. (2007). Educação e saúde: um binômio que merece ser resgatado. Revista Brasileira de Educação Médica [internet] 2007 jan-abr [acesso em: 2014 maio 28];31(1):60-66. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022007000100009&lng=en&tlng=pt. 10.1590/S0100-55022007000100009.

Principio de p᧩na
Comentarios


DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario:

 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-Tesis
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería