ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL 2014;20:124

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 124d

Aleitamento materno: fatores que interferem no desmame precoce
Richardson Augusto Rosendo da Silva, Mayara Silva Fernandes do Rêgo, Janmilli Dantas da Costa, Francisca Marta de Lima Costa, Thais Rosental Gabriel Lopes, Priscilla Alekianne Soares do Nascimento Semente
Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2014: 20

Cómo citar este documento
Da Silva, Richardson Augusto Rosendo; do Rêgo, Mayara Silva Fernandes; da Costa, Janmilli Dantas; Costa, Francisca Marta de Lima; Lopes, Thais Rosental Gabriel; Semente, Priscilla Alekianne Soares do Nascimento. Aleitamento materno: fatores que interferem no desmame precoce. Rev Paraninfo Digital, 2014; 20. Disponible en: <http://www.index-f.com/para/n20/124.php> Consultado el 03 de Julio del 2022

RESUMO

O Aleitamento Materno consiste na prática natural onde acontece o vínculo afetivo e nutricional da criança, considerada uma prática econômica e eficaz para redução da morbimortalidade infantil. Objetivou-se conhecer a opinião de mães que desmamaram os filhos menores de seis meses e os fatores que levaram ao desmame precoce. Trata-se de um estudo do tipo descritivo com abordagem qualitativa, desenvolvido em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), no Nordeste do Brasil com 25 mães de crianças menores de seis meses em desmame precoce. A coleta de dados aconteceu mediante aceitação das mães em participar da pesquisa, enquanto aguardavam atendimento para consulta de Puericultura na UBS. As entrevistadas afirmaram que o desmame precoce estavam relacionados a insaciedade das crianças, bem como a decisão própria ao ato de desmamar. Conclui-se que a mulher precisa ser incentivada ao aleitamento materno, e a decisão materna relacionada ao desmame deve ser compreendida pelo profissional.
Descritores: Aleitamento materno/ Desmame/ Leite Humano.

ABSTRACT

The Breast-feeding is the natural practice which happens the emotional bond between the child and nutrition, considered an economic and effective practice for reducing child mortality. This study aimed to know the opinion of mothers who have weaned infants under six months of life on the factors that led to early weaning children. This is a descriptive study with a qualitative approach, developed in a Basic Health Unit (BHU), in Northeast Brazil with 25 mothers of children under six months early weaning. Data collection happened upon acceptance of mothers participating in the study, while waiting for care consultation Childcare in UBS. The interviewees stated that early weaning were relacionandos the insatiability of children, as well as the decision itself, the act of weaning. It is concluded that women need to be encouraged to breast-feeding, and maternal weaning related decision should be understood professional.
Descriptors: Breastfeeding/ Weaning/ Human Milk.

Referências Bibliográficas

1. Ministério da Saúde. Saúde da criança: nutrição infantil, aleitamento materno e alimentação complementar. Brasília: Ministério da Saúde; 2009a.

2. Ministério da Saúde. II Pesquisa de prevalência de aleita¬mento materno nas capitais brasileiras e Distrito Federal. Brasília: Ministério da Saúde; 2009b.

3. Oliveira JS, Joventino  ESJ, Dodt, RCM, Veras JEGL, Ximenes LB.  Fatores associados ao desmame precoce entre multíparas.  Rev  RENE. 2010; 11(4): 95-102.

4. Issler H, Douek  PC, André LM, Goldstein SR, Issa LJ,  Fujinami  PI, et al.  Fatores socioculturais do desmame precoce: estudo qualitativo. Pediatria (São Paulo). 2010; 32(2): 113-20.

5. Araujo LA, Reis AT. Enfermagem na prática materno-neonatal. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2012.

6. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

7. Bardin L. Análise de conteúdo.  70nd ed. São Paulo: Unicamp; 2011.

8. Frota  MA,  Mamede ALS, Vieira  LJES, Albuquerque  MC, Martins  MC. Práticas culturais sobre aleitamento materno entre famílias cadastradas em um Programa de Saúde da Família. Rev Esc Enferm USP. 2009; 43(4): 895-901.

9. Eliana R, Rosa AQF. Dificuldades no aleitamento materno e influência no desmame precoce. Rev bras enferm. 2014; 67(1): 22-7.

10. Shimoda GT, Silva  IA. Health needs of women in the process of breastfeeding.  Rev Bras Enferm. 2010; 63(1): 58-65.

11. Souza  S,  Félix C, Teles LMR,  Damasceno  AKC, AK & Gurgel AH. Abandono do aleitar em adolescentes e fatores associados. 61º Congresso Brasileiro de Enfermagem- transformação social e sustentabilidade ambiental. Fortaleza, Brasil, 2009.

12. Brasileiro  AA,  Possobon RF, Carrascoza  KC, Ambrosano  GMB,  Moraes A BA. The impact of breastfeeding promotion in women with formal employment. Cad saúde pública. 2010; 26(9): 1705-13.

13. Campagnolo PDB, Louzada  MLC, Silveira  EL, Vitolo MR. Feeding practices and associated factors in the first year of life in a representative sample of Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. Rev  nutr. 2012; 25(4): 431-39.

14. Marques ES, Cotta  RMM, Priore SE. Myths and beliefs surrounding breastfeeding. Ciênc saúde coletiva. 2011; 16(5): 2461-68.

15. Marques  ES, Cotta RMM, Araújo RMA. Social representations of women who brasfeed about breast feeding and the use of pacifiers. Rev bras enferm. 2009; 62(4): 562-9.

Principio de p᧩na
error on connection