A

Inicio web Index
 

Inicio Index

Enviar correo

Inicio Revista

ISSN: 1988-3439

  

PARANINFO DIGITAL 2014;20:086

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 086d

O estado da arte sobre fatores de risco para hipertensão arterial em estudantes de enfermagem
Évila Pimentel Araújo, Cláudia Geovana da Silva Pires
Universidade Federal da Bahia. Salvador, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2014: 20

Cómo citar este documento
Araújo, Évila Pimentel; Pires, Cláudia Geovana da Silva. O estado da arte sobre fatores de risco para hipertensão arterial em estudantes de enfermagem. Rev Paraninfo Digital, 2014; 20. Disponible en: <http://www.index-f.com/para/n20/086.php> Consultado el 18 de Octubre del 2019

RESUMEN

A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença causada por múltiplos fatores e com altas taxas de prevalência. Em todo o mundo, a mesma é responsável pela morte anual de 9,4 milhões de pessoas. No Brasil, a mesma afeta mais de 30 milhões de brasileiros. Os fatores de risco que se associa a causa da HAS são divididos em dois grupos, um relacionado ao biológico/inerente ao indivíduo e outro ao estilo de vida. Alguns estudos demonstram que estudantes de enfermagem estão expostos a fatores de risco para HAS. O objetivo do estudo foi analisar o estado da arte sobre os fatores de risco que favorecem ao aparecimento da hipertensão arterial em estudantes de enfermagem. Trata-se de um a revisão integrativa. O levantamento bibliográfico incluiu publicações nacionais e internacionais no período de 1999 a 2013 publicados na BIREME.  Foram selecionados quinze artigos, dez em português, três em inglês e dois em espanhol. Os resultados mostraram que a realização dos estudos deu-se principalmente em escolas públicas de enfermagem. Quanto às regiões brasileiras nas quais foram realizados os estudos destacou-se a região Sudeste - São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro com 8 artigos publicados. Para a publicação internacional destacou-se a capital da Espanha, Madri, com 2 trabalhos publicados. Conclui-se que existem poucas produções científicas publicadas sobre os fatores de risco para HAS entre estudantes de enfermagem.  Torna-se, portanto, relevante investir em estudos que abordem essa temátiva e priviligiem este grupo, bem como os resultados advindos dessa pesquisa, servirão como auxílio para elaboração de estratégias que visem à prevenção e controle desses fatores de risco, haja vista que os mesmos serão futuros profissionais de saúde, podendo sensibilizar a outros e atuar como agente de transformação social e também porque necessitam de cuidados e atenção.

Referências

1. Mancia G, Fagard R, Narkiewicz k, Redon J, Zanchetti A, Bohm M, Christiaens T, et al. Guidelines for the management of arterial. European Society of Hpertension/ European Society of  Cardiology 2013; 28: 2159-219.

2. Sociedades Brasileiras de Cardiologia, Hipertensão e Nefrologia. VI Diretrizes brasileiras de hipertensão arterial. Rio de Janeiro,Rev Hipertensão 2010; 95(1): 01-15.

3. Lessa I, Magalhães L, Araújo MJ, Filho NA, Aquino E, Oliveira MMC. Hipertensão arterial na população adulta de Salvador (BA) Brasil. Arq. Bras. Cardiol. 2006; 87 (6): 747-56.

4. World Health Oganization. The world health report 2002 - Reducing Risks, Promoting Healthy Life. Geneva, 2002.

5. Piegas LS, Avezum A, Pereira JCR, Rossi Neto JM, Hoepfner C, Farran JA, et al, on behalf of the AFIRMAR study investigators. Risk factors for myocardial infarction in Brazil. Am Heart J. 2003;146: 331-8.

6. Barros ALBL, Vieira FS, Assis CC, Zeitoun SS. Alterações do nível pressórico e fatores de risco em graduandos de enfermagem.  Acta paul. Enferm. 2009; 22(6) 773-8.

7. Marques NF, Maciel EAF, Barbosa FI. Consumo de álcool pelos acadêmicos do curso de enfermagem de uma instituição de ensino superior. Rev. Enferm. Cent.O. Min. 2012; 2(2): 159-65.

8. Pires CGS. Fatores de risco cardiovasculares entre graduanda (o) s de enfermagem do primeiro e último ano letivo [tese]. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2013.

9. Broome ME. Integrative literature reviews for the development of concepts. In: Rodgers BL, Knafl KA, editores. Concept development in nursing: foundations, techniques and application. Filadélfia (EUA): WB Saunders Company; 2000. p.231-50.

10. Pillon SC, Santos MA, Gonçalves MAS, Araújo KM. Uso de álcool e espiritualidade entre estudantes de enfermagem. Rev Esc Enferm USP. 2011; 45(1):100-7.

11. Stamm  M,  Bressan L. Consumo de álcool entre estudantes do curso de enfermagem de um município do Oeste Catarinense. Cienc Cuid Saude. 2007; 6 (3): 319-24.

12. Jomar  RT, Silva ES. Consumo de bebidas alcoólicas entre estudantes de Enfermagem. Aquichán. 2013; 13 (2): 226-33.

13. Marçal  CLA, Assis F, Lopes GT. Uso de bebidas alcoólicas pelos estudantes de enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Rev Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas. 2005; 1 (2):1-16.

14. Buzatto SV,  Soler ZASG. Tabagismo e etilismo entre acadêmicos de medicina e enfermagem da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto � SP � FAMERP. Arq Ciênc Saúde. 2010; 17(3):122-77.

15. Moraes SA, Meira L, Freitas ICM. Fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis, entre alunos de enfermagem de Ribeirão Preto � Brasil. Medicina, Ribeirão. 2000; 33: 312-21.

16. Osaka R, Nanakon S, Sanseeha L, Nagahito C,  Kodama N. Healthy dietary habits, body mass index, and predictors among nursing students, northeast Thailand. Sudeste Asiático J Trop Med Saúde Pública. 1999; 30(1): 115-21.

17. Iglesias MT, Escudero E. Evaluación nutricional en estudiantes de enfermería. Nutr. clín. diet.hosp. 2010; 30 (3):21-6.

18. Purcell C, Moyle W, Evans kM. An exploration of modifiable health associated risk factors within a cohort of undergraduate nursing students. Contemp Nurse. 2006; 23 (1): 100-10.

19. Iglesias MT, Mata G, Pérez A, Hernández S, García-Chico R, Papadaki C. Estudio nutricional en un grupo de estudiantes universitarios Madrilenes. Nutr. clín. diet.hosp. 2013; 33(1):23-30.

20. Farias JM. Orientação para prevenção e  controle de obesidade juvenil: um estudo de caso. [dissertação]. Florianópolis: Univesidade Federal de Santa Catarina, 2005.

21. Brandão AA, Pozzan R, Freitas EV, Pozzan R, Magalhães MEC, Brandão AP. Blood pressure and overweight in adolescence and their association with insulin resist ance and metabolic syndrome. J Hypertens. 2004; 22(Suppl 1):111S.

22. Irazusta A, Gil S, Ruiz F, Gondra  J, Jauregi A, Irazusta J, Gil J. Exercise, Physical Fitness, and Dietary Habits of First-Year Female Nursing Students. Biol Res Nurs. 2006; 7 (3): 175-86.

23. Fontes AC, Vianna RP. Prevalência e fatores associados ao baixo nível de atividade física entre estudantes universitários de uma universidade pública da região Nordeste - Brasil. Rev Bras Epidemiol. 2009;12, (1): 20-9.

24. Pires CGS, Mussi FC, Cerqueira BB, Pitanga FJG,  Silva DO. Prática de atividade física entre estudantes de graduação em enfermagem. Acta paul. enferm. 2013; 26 (5): 436-43.

25. Nakasato M. Sal e Hipertensão. Rev Bras Hipertens. 2004; 11 (2): 95-7.

26. Monteiro MRG, Andrade MLO, Zanirati VF, Silva RR. Hábito e consumo alimentar de estudantes do sexo feminino dos cursos de nutrição e de enfermagem de uma universidade pública brasileira. Rev. APS. 2009; 12 (3): 271-7.

27. Barreto-Filho JA, Krieger JE. Genética e hipertensão arterial: conhecimento aplicado à prática clínica. Rev. Soc. Bras. Card. 2003;  13, (1): 46-55.

Principio de p᧩na
Comentarios


DEJA TU COMENTARIO     VER 0 COMENTARIOS

Normas y uso de comentarios


Hay un total de 0 comentarios


INTRODUCIR NUEVO COMENTARIO

Para enviar un comentario, rellene los campos situados debajo. Recuerde que es obligatorio indicar un nombre y un email para enviar su comentario (el email no sera visible en el comentario).

Nombre:
e-mail:
Comentario:

 

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-Tesis
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería