ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL INDEX

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin T�tulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 102d

Análise da produção científica sobre o padrão de atividade física em estudantes de enfermagem
Bruna Borges de Cerqueira, Tassia Teles Santana de Macedo, Cláudia Geovana da Silva Pires, Fernanda Carneiro Mussi
Escola de Enfermagem, Universidade Federal da Bahia. Salvador (Bahia), Brasil

Rev Paraninfo digital, 2013: 19

Cómo citar este documento
Cerqueira, Bruna Borges de; Macedo, Tassia Teles Santana de; Pires, Cláudia Geovana da Silva; Mussi, Fernanda Carneiro. Análise da produção científica sobre o padrão de atividade física em estudantes de enfermagem. Rev Paraninfo Digital, 2013; 19. Disponible en: <https://www.index-f.com/para/n19/102d.php> Consultado el 24 de Febrero del 2024

RESUMO

Os estudantes dos cursos de graduação em saúde, como a enfermagem, podem estar expostos a fatores de risco cardiovascular em decorrência da presença de alguns comportamentos, a exemplo do sedentarismo. Torna-se, portanto, relevante analisar a produção científica nacional sobre o padrão de atividade física em estudantes de enfermagem. Trata-se de uma revisão de literatura, na modalidade de pesquisa integrativa, do tipo descritiva e exploratória, realizada entre os meses de janeiro a agosto de 2013, na base de dados da Biblioteca Virtual em Saúde. A busca da produção científica não abrangeu o período de tempo, utilizou-se como descritores em saúde: estudantes and graduação and enfermagem and atividade física. Os artigos encontrados foram selecionados a partir da leitura prévia dos títulos, resumos, descritores e do texto na íntegra. Foram encontrados apenas três artigos. Da análise dos artigos identificados, todos foram selecionados pois atendiam a proposta do estudo. Percebeu-se que em nenhum dos artigos foi abordado o tema sedentarismo ou padrão de atividade física no título. Os artigos selecionados avaliavam estilo de vida, fator de risco para doença arterial coronária e fatores de risco para diabetes mellitus. Conclui-se, portanto, que ainda são incipientes os estudos sobre a temática sedentarismo e padrão de atividade física entre estudantes de enfermagem e que merece investimento na área, visto que esses estudantes são futuros profissionais do campo da saúde e investigações nesse campo permitirão apontar as tendências e expectativas de vida desses estudantes e também refletir sobre o cuidado na prevenção do sedentarismo.

Referências

1. Brasil. Ministério da Saúde. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022. Ministério da Saúde; 2011.
2. Marani F et al. Indicadores comportamentais associados à prática de atividade física e saúde em escolares do ensino médio. Revista Brasileira de Ciência e Movimento 2006;14(4): 63-70.
3. World health Organization. Global status report on noncommunicable diseases 2010. Geneva, World Health Organization, 2011.
4. Silva KS et al. Fatores associados à atividade física, comportamento sedentário e participação na Educação Física em estudantes do Ensino Médio em Santa Catarina, Brasil. Cad. Saúde Pública 2009; 25(10):2187-200.
5. Tenorio MCM et al. Atividade física e comportamento sedentário em adolescentes estudantes do ensino médio. Rev. Bras. Epidemiol. 2010; 13(1):105-17.
6. Vilarinho RMF et al. Prevalência de fatores de risco de natureza modificável para a ocorrência de diabetes mellitus tipo 2. Esc. Anna Nery 2008; 12(3):452-6.
7. Quadros TMB et al. The prevalence of physical inactivity amongst Brazilian university students: its association with sociodemographic variables. Rev. salud pública 2009;11(5): 724-33.
8. Amaducci CM, Mota DDFC, Pimenta CAM. Fadiga entre estudantes de graduação em enfermagem. Rev Esc Enferm USP 2010; 44(4):1052-8.
9. Palma A. Exercício Físico e Saúde; Sedentarismo e Doença: Epidemia, Causalidade e Moralidade. Motriz 2009; 15(1):185-91.
10. Silva JEF, Giorgetti KS, Colosio RC. Obesidade e sedentarismo como fatores de risco para doenças cardiovasculares em crianças e adolescentes de escolas públicas de Maringá, PR. Revista Saúde e Pesquisa 2009; 2(1):41-51.
11. Falcão VTFL, Miranda ML, Silva RMC. Prevalência de obesidade e sobrepeso entre os universitários do campus de saúde da universidade de Pernambuco. Rev. RENE 2007; 8(3):17-25.
12. Pires CGS. Fatores de risco cardiovascular entre graduanda(o)s de Enfermagem do primeiro e último anos letivos / Cláudia Geovana da Silva Pires. - Salvador, 139 f.: il.; 2013.

Principio de p᧩na
error on connection