ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL INDEX

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

REF.: 031d

Perfil alimentar de indivíduos com doença arterial coronária
Glicia Gleide Gonçalves Gama, Fernanda Carneiro Mussi, Andréia Santos Mendes, Mariana de Almeida Moraes Gibault
Universidade Federal da Bahía. Bahía, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2013: 18

Cómo citar este documento
Gama, Glicia Gleide Gonçalves; Mussi, Fernanda Carneiro; Mendes, Andréia Santos; Gibault, Mariana de Almeida Moraes. Perfil alimentar de indivíduos com doença arterial coronária. Rev Paraninfo Digital, 2013; 18. Disponible en: <http://www.index-f.com/para/n18/031d.php> Consultado el 15 de Agosto del 2022

RESUMEN

Introdução: A doença arterial coronária (DAC) está associada à presença de fatores de risco cardiovascular (FRCV) e seu controle depende da adoção de práticas alimentares saudáveis.
Objetivo: avaliar os hábitos alimentares de indivíduos com DAC.
Metodologia: Estudo de corte transversal realizado em um ambulatório de cardiologia de hospital público (Salvador/BA). Cem adultos com DAC, de ambos os sexos foram entrevistados, avaliados clínica e laboratorialmente.
Resultados e Discussão: Evidenciou-se um predomínio de homens (56%), <60 anos (54%), raça/cor negra (84%), sem ocupação (68%), baixa escolaridade (87%) e renda (82%). A maioria relatou não praticar exercício físico (76%). Todas as mulheres e 82% dos homens tinham circunferência abdominal aumentada, 19% glicemia casual >200 mg/dL, 36% sobrepeso, 28% obesidade, 65% algum estágio de hipertensão arterial, 65% HDL-C baixo, 41% Não-HDL alto e 53% triglicérides altos sem de jejum. Verificou-se uso de gorduras inadequadas, redução do sal e gordura e predomínio de alimentos cozidos, assados e grelhados. Consumia carne de boi 56%, bolos e biscoitos 61%, refrigerantes 80%, café/dia 67% e ovos/semana 33%.
Conclusão: Em indivíduos de alto risco cardiovascular e baixa condição socioeconômica é evidente a presença e o descontrole de vários FRCV, associado à referência de ingestão alimentar inadequada.

Principio de p᧩na
error on connection