ENTRAR            

 


 

PARANINFO DIGITAL INDEX

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar este texto

Ir a Sumario

Documento anterior

Documento siguiente

Enviar correo al autor

Sin Ttulo


Modalidad de presentación:
comunicación digital

 

174d

Fontes de suporte definidas como conforto por familiares com um ente na UTI
Katia Santana Freitas, Fernanda Carneiro Mussi

Universidade Federal da Bahía. Salvador, Brasil

Rev Paraninfo digital, 2011: 14

Cómo citar este documento
Freitas, Katia Santana; Mussi, Fernanda Carneiro.
Fontes de suporte definidas como conforto por familiares com um ente na UTI. Rev Paraninfo Digital, 2011; 14. Disponible en: <https://www.index-f.com/para/n14/174d.php> Consultado el 20 de Julio del 2024

RESUMEN

Introducción: A literatura tem indicado que os efeitos deletérios da hospitalização de um parente podem ser minimizados pela promoção do conforto ao se assegurar a família a interação com fontes de suporte social. O estudo objetiva identificar as fontes de suporte definidas como conforto por familiares com um ente na unidade de terapia intensiva (UTI).
Metodología: pesquisa qualitativa realizada na UTI geral de um hospital de grande porte, em Salvador, Bahia, Brasil. Oito familiares de pessoas internadas em unidade de terapia intensiva foram entrevistados. Empregou-se a técnica de análise de dados qualitativos.
Resultados: Quatro categorias expressaram as fontes de suporte definidas como conforto pelos familiares, a saber: informação, solidariedade da família e amigos, interação com um ser superior e estrutura e serviços hospitalares. O conforto vivido pelas famílias decorreu da interação estabelecida com seus membros, com a equipe de saúde, um ser superior e com os recursos da instituição hospitalar.
Discusión: Para a promoção do conforto de familiares a (o) enfermeira(o) integrada a equipe de saúde tem um importante papel a desempenhar, identificando e propiciando, sempre que possível o acesso as fontes de suporte formal e informal.
Pregunta de investigación: Quais as fontes de suporte definidas como conforto por familiares com um ente na UTI?
Conclusión principal: O estudo ressaltou a importância da consideração da família como sujeito das práticas de cuidado em saúde visando a promoção do conforto. A análise dos dados permitiu identificar quatro categorias que expressaram as fontes de suporte definidas como conforto pelos familiares, a saber: Informação, Solidariedade da família e amigos,  Interação com um ser superior e Estrutura e serviços hospitalares. Essas categorias mostraram que o conforto vivido pelas famílias decorreu da interação estabelecida com seus membros, com a equipe de saúde, um ser superior e com os recursos da instituição hospitalar.
Palabras clave: Cuidados de conforto/ Família/ Enfermagem.

Principio de p᧩na
error on connection