ENTRAR            

 


 

CULTURA DE LOS CUIDADOS ISSN:1138-1728 3904 2017 n47 r47175

 

 
Teoría y Método

 Ir a sumario    Acceso al texto completo

Cultura de los Cuidados
[
Cul Cuid]
2017 ene-abr; XXI(47): 175-184

 Recibido: 20/07/2016
Aceptado: 21/12/2016

Práticas educativas em saúde escolar: uma revisão integrativa

 

Tatiane Marinz de Souza Luquez,1 Vera Maria Sabóia2
(1) Enfermeira, Especialidade em Saúde Coletiva e Gestão em Saúde, Mestranda, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal Fluminense. E-mail: tatianemarinz@yahoo.com.br (2) Enfermeira, Professora Titular da Disciplina de Fundamentos de Enfermagem da escoal de Enfermagem da Universidade Federal Fluminense. E-mail: verasaboia@uol.com.br

Cómo citar este documento:
Luquez, Tatiane Marinz de Souza; Sabóia, Vera Maria. Práticas educativas em saúde escolar: uma revisão integrativa. Cultura de los Cuidados. 2017 ene-abr, XXI(47). En: <http://www.index-f.com/cultura/47/47175.php> Consultado el

Resumo

A escola é um cenário importante na construção participativa de realidade em saúde, favorecendo reflexão e desenvolvimento de práticas educativas de promoção da saúde. Objetiva-se conhecer as abordagens que tem orientado as práticas educativas de promoção da saúde na escola. Trata-se de uma revisão integrativa, com busca nas bases de dados LILACS, SCIELO, MEDLINE e PUBMED. Questão norteadora: Que vertentes educacionais têm orientado as pesquisas sobre as práticas de educação em saúde nas escolas publicadas em periódicos científicos da área de saúde no período de 2005 a 2014? Foram incluídos artigos publicados em português, inglês e espanhol; na íntegra; que retratassem a temática, publicados e indexados nos bancos de dados no período de 2005 a 2014. Foram selecionados 15 artigos e analisados em duas categorias: A formação dos educadores e a repercussão na prática da saúde escolar; e As vertentes educacionais presentes na prática da saúde escolar. A prática de saúde escolar, ainda necessita de aprimoramento nas ações dos educadores no programa de saúde escolar. Compreende-se a necessidade de novas intervenções adequadas à realidade dos educandos, considerando aspectos socioeconômicos e culturais, influências ambientais, características comportamentais e pessoais visando melhorias na qualidade de vida e saúde da população escolar.
Palavras chave: Saúde escolar/ Educação em saúde/ Promoção da saúde/ Saúde da criança.
 

Resumen
Prácticas educativas en salud en la escuela: una revisión integrativa

La escuela es una etapa importante en la realidad participativa de construcción de la salud, favoreciendo la reflexión y el desarrollo de las prácticas de promoción de la salud educativos. El objetivo es conocer los criterios que han guiado la educación de las prácticas de promoción de la salud en la escuela. Se trata de una revisión integradora, para buscar en las bases de datos LILACS, SciELO, MEDLINE y Pub- Med. pregunta guía: ¿Qué aspectos educativos han guiado la investigación sobre las prácticas de educación sanitaria en las escuelas científicos publicados en revistas en el área de la salud en el período 2005-2014?, fueron publicados los artículos incluidos en portugués, inglés y español; en su totalidad; que reflejan el tema, publicados e indexados en bases de datos de la encuesta de 2005 a 2014. Se seleccionaron 15 artículos y se analizó en dos categorías: La formación de los profesores y el impacto en la práctica de la salud en la escuela; y los aspectos educativos presentes en la práctica de la salud en la escuela. La práctica de la salud en la escuela, todavía necesita mejoras en las acciones de los educadores en el programa de salud escolar. Uno puede entender la necesidad de nuevas intervenciones apropiadas a la realidad de los alumnos, teniendo en cuenta los aspectos socioeconómicos y culturales, influencias ambientales, características de comportamiento y personales que tienen por objeto mejorar la calidad de vida y la salud de la población escolar.
Palabras clave: Salud escolar/ Educación para la salud/ Promoción de la salud/ Salud infantil.
 

Abstract
Educational practices in school health: an integrative review

The school is an important stage in participatory construction health reality, encouraging reflection and development of educational health promotion practices. The objective is to know the approaches that have guided the education of health promotion practices at school. This is an integrative review, to search in the databases LILACS, SCIELO, MEDLINE and PubMed. Guiding question: What educational aspects have guided research on health education practices in scientific schools published in journals in the health area in the period 2005-2014? Were included articles published in Portuguese, English and Spanish; in full; which reflect the theme, published and indexed in databases surveyed from 2005 to 2014. We selected 15 articles and analyzed in two categories: The training of teachers and the impact on the practice of school health; and Educational aspects present in the practice of school health. The practice of school health, still needs improvement in the actions of educators in the school health program. One can understand the need for new interventions appropriate to the reality of the students, considering socioeconomic and cultural aspects, environmental influences, behavioral and personal characteristics that are aimed at improving the quality of life and health of the school population.
Key-words: School health/ Health education/ Health promotion/ Child health.
 

Referências

- Antunes, L.S., Antunes, L.A.A., & Corvino, M.P. (2008). Educative practices and attitudes within the pre-school environment: evaluating the education professionals. Brazilian Oral Research, 22(4), 340-5.
- Araújo, L.M. de., Araújo, L.M. de., Souza, E.C.R. de., & Simpson, C.A. (2011). Condições de saúde de escolares e intervenção de enfermagem: relato de experiência. Revista Rene, Fortaleza, 12(4), 841-8.
- Balbino, C.M. (2010). A gerência do cuidado de enfermagem na implantação de um espaço de cuidar em saúde à comunidade escolar. (Dissertação). Universidade Federal Fluminense. Rio de Janeiro, Niterói.
- Casemiro, J.P., Fonseca, A.B.C. da., & Secco, F.V.M. (2014). Promover saúde na escola: reflexões a partir de uma revisão sobre saúde escolar na América Latina. Ciência & Saúde Coletiva, 19 (3), 829-840.
- Cunha, E. da., Sousa, A.A. de., & Machado, N.M.V. (2010). A alimentação orgânica e as ações educativas na escola: diagnóstico para a educação em saúde e nutrição. Ciência & Saúde Coletiva, 15(1), 39-49.
- Fernandes, M.H., Rocha, V.M., & Souza, D.B. de. (2005). A concepção sobre saúde do escolar entre professores do ensino fundamental (1ª a 4ª séries). História, Ciências, Saúde Manguinhos, v. 12, n. 2, 283-91.
- Fernández, L.L.L., Dinamarca, B.L., Bercovich, J.K., & Vio, F. (2013). Evaluación de una intervención educativa para la prevención de la obesidad infantil en escuelas básicas de Chile. Nutr Hosp, 28(4), 1156-1164.
- Figueiredo, T.A.M. de., Machado, V.L.T., & Abreu, M.M.S. de. (2010). A saúde na escola: um breve resgate histórico. Ciência & Saúde Coletiva, 15(2), 397-402.
- Freire, P. (2000). Educação como prática da liberdade. 24.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.
- Juzwiak, C.R., Castro, P.M. de., & Batista, S.H.S. da. S. (2013). A experiência da Oficina Permanente de Educação Alimentar e em Saúde (OPEAS): formação de profissionais para a promoção da alimentação saudável nas escolas. Ciência & Saúde Coletiva, 18(4), 1009-1018.
- Kain, J., Uauy, R., Concha, F., Leyton, B., Bustos, N., Salazar, G., Lobos, L., & Vio, F. (2012). School-Based Obesity Prevention Interventions for Chilean Children During the Past Decades: Lessons Learned. American Society for Nutrition, 3, 616621.
- Leonello, V.M., & LAbbate, S. (2006). Educação em Saúde na escola: uma abordagem do currículo e da percepção de alunos de graduação em Pedagogia. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, v.9, n.18, 149-66.
- Maciel, E.L.N., Oliveira, C.B., Frechiani, J.M., Sales, C.M.M., Brotto, L.D. de. A., & Araújo, M. D. (2010). Projeto Aprendendo Saúde na Escola: a experiência de repercussões positivas na qualidade de vida e determinantes da saúde de membros de uma comunidade escolar em Vitória, Espírito Santo. Ciência & Saúde Coletiva, 15(2), 389-396.
- Martins, M.E.C., & Brito, I.S. (2013). Investigação-ação participativa em saúde: revisão integrativa da literatura em língua portuguesa. (Dissertação) Universidade de Coimbra, Portugal.
- Maté, E.R., & Maté, E.M. (2015). Primeras intervenciones higiénico - sanitarias en el ámbito escolar: el caso de Navarra. Cultura de los Cuidados (Edição digital), 19(43). Disponível em:
http://dx.doi.org/10.14198/cuid.2015.43.07.
- Mendes, K.D.S., Silveira, R.C.C.P., & Galvão, C.M. (2008). Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto Enfermagem. 17(4), 758-764.
- Santos, F.P. dos. A., Vidal, L.M., Bittencourt, I.S., Boery, R.N.S. de. O., & Sena, E.L. da. S. (2011). Estratégias de enfrentamento dos dilemas bioéticos gerados pela violencia na escola. Physis Revista de Saúde Coletiva, 21(1), 267-281.
- Santos, I.G. dos., Penna, C.L., Moriyama, F.M., Leão, F.V., Souza, M.P.D. de., & Aguiar, Z.N. (2009). Percepção dos educadores e coordenadores de uma creche sobre processo educativo em saúde desenvolvido com abordagem multiprofissional. Rev. APS, 12(4), 409-419.
- Santos, K.F. dos., & Bógus, C.M. (2007). A percepção de educadores sobre a escola promotora de saúde: um estudo de caso. Rev Bras Crescimento Desenvolv Hum, 17(3), 123-133.
- Santos, Z.M.S.A., Caetano, J.A., & Moreira, F.G.A. (2011). Atuação dos pais na prevenção da hipertensão arterial - uma tecnologia educativa em saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 16(11), 4385-4394.
- Sarreta, F.O. (2009) Educação permanente em saúde para os trabalhadores do SUS. São Paulo: Cultura Acadêmica.
- Silva, J.R.M., Schmitz, B. de. A.S., Rodrigues, M. de. L.C.F., & Gabriel, C.G. (2013). Promotion of healthy eating at schools in the Federal District of Brazil. Rev. Nutr., Campinas, 26(2), 145-158.

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería