ENTRAR            

 


 

CULTURA DE LOS CUIDADOS ISSN:1138-1728 3904 2016 n44 r44101

 

 
Teoría y Método

 Ir a sumario    Acceso al texto completo

Cultura de los Cuidados
[
Cul Cuid]
2016 ene-abr; XX(44): 101-109

Manuscrito recibido: 06/08/2015
Aceptado:
13/11/2015

Conhecimento e adesão da prática de higienização das mãos dos profissionais da saúde: revisão de literatura

 

Francisco Laurindo da Silva,1 Ellen Castro Pinheiro de Sousa2
(1) Doutor em Ciências Biológicas (Microbiologia) pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor adjunto da Universidade Estadual do Maranhão e da Faculdade Integral Diferencial. Teresina, PI. (2) Enfermeira graduada pela Faculdade Aliança. Pós-Graduanda em Unidade de Terapia Intensiva da Faculdade Maurício de Nassau. Teresina, PI

Cómo citar este documento:
Silva, Francisco Laurindo de; Sousa, Ellen Castro Pinheiro de. Conhecimento e adesão da prática de higienização das mãos dos profissionais da saúde: revisão de literatura. Cultura de los Cuidados. 2016 ene-abr, XX(44). En: <http://www.index-f.com/cultura/44/44101.php> Consultado el

Resumo

O presente estudo objetiva conhecer a produção científica da saúde acerca da higienização das mãos realizada pelos profissionais e relacionar o conhecimento e adesão do profissional a essa prática. Trata-se de uma revisão bibliográfica sistemática, realizado na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), nas bases de dados LILACS e SCIELO, com os descritores: pessoal de saúde, lavagem de mãos e adesão. Selecionou-se 13 artigos no período de 2002 a 2012, que foram analisados em categorias. Os critérios de inclusão para a seleção dos artigos foram: artigos publicados em português e estar disponível em texto completo. Os resultados da pesquisa evidenciaram que a grande maioria dos profissionais tem embasamento teórico e prático sobre higienização das mãos. Porém, no campo de trabalho temos resultados contrários, não há adesão esperada nem a técnica correta da lavagem das mãos. Por diversos motivos ainda não realizam por completo essa tarefa. Concluindo assim que as ações de educação que tem função de orientar e motivar esses profissionais devem ser discutidas e implementadas, a fim de sanar todas as dúvidas que ainda existem sobre a técnica de higienização das mãos.
Palavras chave: Lavagem das mãos/ Pessoal de saúde/ Adesão.
 

Resumen
Conocimiento y adherencia a la práctica de higiene de manos de profesionales de la salud: revisión de literatura

El objetivo del estudio es conocer la producción científica de la salud sobre la higiene de manos realizado por profesionales y relacionar el conocimiento a la práctica profesional. Se trata de una revisión bibliográfica sistemática, llevada a cabo en Biblioteca Virtual en Salud (BVS), LILACS y SCIELO, con los descriptores: personal de salud, lavado de manos y adhesión. Hemos seleccionado 13 artículos durante el período de 2002 a 2012, que fueron analizadas en las categorías. Los criterios de inclusión para la selección de los artículos son: artículos publicados en portugués y están disponibles en texto completo. Los resultados de la investigación mostraron que la gran mayoría de los profesionales tienen bases teóricas y prácticas de higiene de las manos. Sin embargo, en el campo de trabajo hemos resultados opuestos, no hay adhesión esperada ni la técnica correcta de lavado de manos. Por diversas razones aún no realizan por completo esta tarea. Concluyendo así que las acciones de la educación que tiene la función de guiar y motivar estos profesionales deben ser discutidas y puestas en práctica, con el fin de resolver todas las dudas que aún existen sobre la técnica de higiene de las manos.
Palabras clave: Lavado de manos/ Personal de Salud/ Adhesión.
 

Abstract
The knowledge and adherence of practice hand hygiene of health professionals: literature review

The present study aims to learn about the scientific production of health about hand hygiene performed by professionals and relate the knowledge and membership of the professional practice. It is a bibliographic review systematic, carried out in Virtual Health Library (VHL), LILACS and SCIELO, with the descriptors: health care personnel, hand washing and adherence. Were selected 13 articles during the period from 2002 to 2012, which were analyzed in categories. The inclusion criteria for the selection of the articles were: articles published in Portuguese and available in full text. The results of the research showed that the vast majority of professionals have theoretical knowledge and practical on hand hygiene. However, in the field of work we have opposite results, there is no expected adherence nor the correct technique of washing hands. For many reasons, the professionals still havent done this task. Thus, we conclude that the actions of education that has function of guiding and motivating these professionals should be discussed and implemented, in order to remedy all the doubts that still exist on the technique of hand hygiene.
Key-words: Hand washing/ Health Personnel/ Adherence.
 

Referências

- Andrade, D., Oliveira, G.F., Ezaias, G.M., Shimura, C.M.N., Giordani, A.T. (2011). Experiência vicária entre os profissionais de saúde na higiene das mãos. Revista Panamericana de Infectologia, 13(2), 29-32. Disponível em: http://www.revistaapi.com/wp-content/uploads/2014/03/API_02_11_D.pdf.

- Azambuja, E.P. de., Pires, D.P. de., Vaz, M.R.C. (2004). Prevenção e controle da infecção hospitalar: as interfaces com o processo de formação do trabalhador. Texto & Contexto - Enfermagem, 13(spe), 79-85. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104--07072004000500009&lng=pt&tlng=pt. 10.1590/S0104-07072004000500009.

- Ferreira, R. S., Bezerra, C M. F. (2010). Atuaçáo da Colissáo de Controle Infecçáo Hospitalar (CCIH) na Reduçáo da Infecto: Um estudo no Hospital da Crianza Santo Antonio. Norte Científico, 5(1), 232-236. Dispo- nível em: http://wilikit.ifrr.edu.br/SISTE-MAS/revista/index.php/revista/article/view/94/89

- Gir, E., Takahashi, R.F., Oliveira, M.A.C., Nichiata, L.Y.I., Ciosak, S.I. (2004). Biossegurança em DST/AIDS: condicionantes da adesão do trabalhador de enfermagem às precauções. Revista Escola de Enfermagem USP, 30(3), 245-253. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v38n3/02.pdf.

- Lakatos, E.M., Marconi, M.A. (2010). Fundamentos de metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas.

- Lopes, A.C.S., Oliveira, A.C., Silva, J.T., Paiva, M.H.R.S. (2008). Adesão às precauções padrão pela equipe do atendimento pré-hospitalar móvel de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 24(6), 1387-1396. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0102-311x2008000600019&script=sci_arttext.

- Martinez, M. R., Campos, L. A. A. F., Nogueira, P. C. K. (2009) Adesão à técnica de lavagem de mãos em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Revista Paulista de Pediatria, Santos, 27(2), 179-185. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rpp/v27n2/10

- Martini, A. C. e Dallagnol, C. M. (2005). Por que lavar ou não as mãos? Motivos de um grupo de enfermagem. Revista Gaúcha de Enfermagem, 26(1), 88-101. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/4544/2474.

- Mendonça, A.P., Fernandes, M.S.C., Azevedo, J.M.R., Silveira, W.C.R., Souza, A.C.S. (2003). Lavagem das mãos: adesão dos profissionais de saúde em uma unidade de terapia intensiva neonatal. Acta Scientiarum Health Sciences, 25(2), 147-153. Disponível em: http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/cd49/lavagem.pdf.

- Oliveira, A. C.; Cardoso, C. S.; Mascarenhas, D. (2009). Conhecimento e comportamento dos profìssionais de um centro de terapia intensiva em relaçào à adoçào das precauçóes de contato. Revista Latino Americana de Enfermagem, 17(5), 625-631. Disponivel em: http://vww.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-11692009000500005&script=sci_arttext&tlng=pt

- Pereira, M.S., Souza, A.C.S., Tipple, A.F.V., Prado, M.A. (2005). A infecção hospitalar e suas implicações para o cuidar da enfermagem. Texto Contexto Enfermagem, 14(2), 250-257. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072005000200013.

- Primo, M.G.B., Ribeiro, L.C.M., Figueiredo, L.F.S., Sirico, S.C.A., Souza, M.A. (2010). Adesão à prática de higienização das mãos por profissionais de saúde em um Hospital Universitário. Revista Eletrônica de Enfermagem [Internet], 12(2), 266-71. Disponível em: http://www.fen.ufg.br/fen_revista/v12/n2/pdf/v12n2a06.pdf.

- Soares, C.M.B., Miranda, N.M., Carvalho, S.M., Paixão, C.A.P. (2012). Higienização das mãos: opinião de enfermeiros e técnicos de enfermagem de um hospital universitário de Minas Gerais. Revista Panamericana de Infectologia, 14(1), 17-21. Disponível em: http://www.revistaapi.com/wp-content/uploads/2014/03/API_01_12_C.pdf.

- Souza, A.C.S., Tipple, A.F.V., Barbosa, J.M., Pereira, M.S., Barreto, R.A.S.S. (2007). Cateterismo urinário: conhecimento e adesão ao controle de infecção pelos profissionais de enfermagem. Revista Eletrônica de. Enfermagem [Internet]. 9(3), 724-35 Disponível em: http://www.fen.ufg.br/revista/v9/n3/v9n3a12.htm.

- World Health Organization. (2009). Guide to Implementation. A Guide to the Implementation of the WHO Multimodal Hand Hygiene Improvement Strategy. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/102536/1/WHO_IER_PSP_2009.02_spa.pdf?ua=1.

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería