ENTRAR            

 


 

CULTURA DE LOS CUIDADOS ISSN:1138-1728 3904 2015 n41 r41126

 

 
Antropología

 Ir a sumario    Acceso al texto completo

Cultura de los Cuidados
[
Cul Cuid]
2015 ene-abr; XIX(41): 126-134

Manuscrito recibido: 23/2014
Aceptado: 23/02/2015

Caracterización de la atención de hombres ancianos por servicio de atención móvil de urgencia

 

Lívia Carvalho Pereira,1 Alaíde de Araújo Alencar,2 Maria do Livramento Fortes Figueiredo,3 Cinara Maria Feitosa Beleza4

(1) Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado em Enfermagem da UFPI. Enfermeira graduada pela Universidade Federal do Piauí/UFPI. Teresina, PI. (2) Enfermeira graduada pela Universidade Federal do Piauí/UFPI. Teresina, PI. (3) Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora da Universidade Federal do Piauí da Graduação e do Programa de Mestrado em Enfermagem. Teresina, PI. (4) Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação Mestrado em Enfermagem da UFPI. Enfermeira graduada pela Universidade Federal do Piauí/UFPI. Teresina, PI.


Cómo citar este documento:
Pereira, Lívia Carvalho; Alencar, Alaíde de Araújo; Figueiredo, Maria do Livramento Fortes; Beleza, Cinara Maria Feitosa. Caracterización de la atención de hombres ancianos por servicio de atención móvil de urgencia. Cultura de los Cuidados. 2015 ene-abr, XIX(41). En: <http://www.index-f.com/cultura/41/41126.php> Consultado el
 

Resumen

La población de edad avanzada ha mostrado un aumento significativo en la esperanza de vida en las últimas décadas, sin embargo, se ha vuelto susceptible a muchos riesgos para la salud debido a la disminución de su reserva funcional fisiológica. Junto con este hecho es la ausencia de políticas públicas que priorizan la eficacia de la atención primaria como puerta de entrada al Sistema Único de Salud - SUS. Este público ha agravado fácilmente su estado de salud, la atención a los servicios de urgencia y emergencia con frecuencia que sea necesaria. El objetivo de este estudio fue caracterizar la atención de los hombres de edad avanzada a través del servicio de atención de emergencia móvil - SAMU. Se trata de un estudio transversal, descriptivo, exploratorio se desarrolló en SAMU Teresina-PI, se utilizó como medio de registros de asistencia de recopilación de datos llevada a cabo por el SAMU, entre septiembre y diciembre de 2011. Los resultados apuntan a una demanda SAMU por los hombres de edad avanzada en la evaluación, en especial por las quejas clínicas. Los resultados refuerzan la necesidad de mayores estrategias de cobertura de la atención primaria y de salud que promuevan una mejor calidad de vida, prevención y recuperación de la salud del público.
Palabras clave: Servicios de contestadora, Anciano, Enfermería, Perfil de Salud


Abstract
Characterization of assistance in elderly men assisted in a mobile emergency care service

The elderly population has shown a significant increase in life expectancy in recent decades, however, they remain a population susceptible to many health hazards due to the declination of their functional physiological reserves. Coupled with this fact is the absence of public policies that prioritize the effectiveness of primary care as a gateway to the Unified Health System. This audience easily aggravates its health situation, often requiring attendance by the emergency and urgent care services. The objective of the present study was to characterize the care of elderly men by mobile emergency care service - SAMU. This is a cross-sectional, descriptive, exploratory study was developed in SAMU Teresina-PI, collection the attendance records held by SAMU between September and December 2011. The results point to a demand by the SAMU by elderly people, in the evaluated months, mainly by clinical complaints. The findings reinforce the need for more primary care coverage of health strategies that promote a better quality of life, prevention and recovery of their health.
Key words: Answering Services, Elderly, Nursing, Healthy profile


Resumo
Caracterização do atendimento de homens idosos pelo serviço móvel de urgência

A população idosa tem apresentado um aumento significativo na sua expectativa de vida nas últimas décadas, contudo, a mesma apresenta-se suscetível a diversos agravos a saúde devido  ao declínio de suas reservas fisiológicas funcionais. Aliada a este fato está a ausência de políticas públicas que priorizem a efetivação da atenção básica como porta de entrada ao Sistema  Único de Saúde - SUS. Este público tem agravado facilmente a sua situação de saúde, muitas vezes sendo necessário o atendimento pelos serviços de urgência e emergência. O objetivo do presente trabalho foi caracterizar o atendimento de  homens idosos pelo serviço de atendimento móvel de urgência - SAMU. Trata-se de um estudo transversal, descritivo, exploratório que foi desenvolvido no SAMU de Teresina-PI, utilizou-se como meio de coleta de dados os registros de atendimento realizados pelo SAMU entre setembro a dezembro de 2011. Os resultados apontam para uma procura ao SAMU pelos  homens idosos, nos meses avaliados, principalmente por queixas clínicas. Os achados reforçam as necessidades de maior cobertura da atenção primária e de estratégias de saúde que  promovam melhor qualidade de vida, prevenção e recuperação da saúde deste público.
Palavras-chave: Serviços de atendimento, idoso, Enfermagem, Perfil de saúde


Bibliografía

BRASIL. (2006). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política nacional de atenção às urgências / Ministério da Saúde. 3ed. ampl. Brasília: Editora do Ministério da Saúde.

BRASIL. (2009). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política nacional de atenção integral à saúde do homem. Brasília: Editora do Ministério da Saúde.

Cabral, A.P.S. y Souza, W.V. (2008). Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU): análise da demanda e sua distribuição espacial em uma cidade do Nordeste brasileiro. Rev. Bras. Epidemiol, 11(4), 530-40.

Chizzotti, A. (2001).Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. 5.ed. São Paulo: Cortez.

Ciconet, R.M., Marques, G.Q. y Lima, M.A.D.S. (2008). Educação em serviço para profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU): relato da experiência de Porto Alegre-RS. Interface - Comunicação, Saúde, Educaçã,. 12(26), 659-666.

Deslandes, S.F. y Souza, E. (2010). Atendimento pré-hospitalar ao idoso vítima de violência em cinco capitais brasileiras. Ciênc. Saúde coletiva, 15(6), 2775-2786 .

Gomes, L.M.X., Barbosa, T.L.A. y Caldeira, A.P. (2010). Mortalidade por causas externas em idosos em Minas Gerais, Brasil. Esc. Anna Nery Rev. Enf, 14(4), 779-786.

IBGE. (2010). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br> Acessado em: 12 de abril de 2011.Síntese de Indicadores Sociais. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1717&id_pagina=1> Acesso em: 10 de abril de 2011.

Laurenti, R., Jorge, M.H.P.M. y Gotlieb, S.L.D. (2005). Perfil epidemiológico da morbi-mortalidade masculina. Ciênc. saúde coletiva, 10(1), 35-46.

Leopardi, M.T. (2002). Metodologia da pesquisa na saúde. 2.ed. Florianópolis (SC): UFSC.

Luz, C.C., Junger, W.L. y Cavalini, L.T. (2010). Análise da atenção pré-hospitalar ao acidente vascular cerebral e ao infarto agudo do miocárdio na população idosa de Minas Gerais. Rev. Assoc. Med. Bras, 56(4), 452-457 . Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010442302010000400019&lng=en&nrm=iso> . ISSN 0104-4230. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302010000400019.

Marconi, M.A. y Lakatos, E.M. (2003). Fundamentos de metodologia científica. 5.ed. São Paulo: Atlas.

Marques, G.Q. , Lima, M.A.D.S. y Ciconet, R.M.. (2011). Agravos clínicos atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Porto Alegre - RS. Acta paul. Enferm, 24(2),185-191.

Mello, A.L.S.F. y Moyses, S.J. (2010). Análise diagnóstica do atendimento pré-hospitalar para acidentes e violências contra idosos em Curitiba (PR, Brasil). Ciênc. saúde coletiva, 15(6), 2709-2718.

Moi, E.C.y Pettenon, M.K. (2011). Perfil de atendimentos realizados pelo serviço de atendimento móvel de Urgência- SAMU. Defesa Trabalho de Conclusão de Curso. UNIJUÍ - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio, Rio de Janeiro.

Veras, R.(2009). Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Rev. Saúde Pública, 43(3),548-544

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería