ENTRAR            

 


 

CULTURA DE LOS CUIDADOS ISSN: 1138-1728

 

 
Historia
 

 Ir a sumario    Acceso al texto completo

Cultura de los Cuidados
[
Cul Cuid]
2013 sep-dic; XVII(37): 30-41

Anayde Corrêa de Carvalho: legado histórico para a enfermagem brasileira

 

Taka Oguisso,1 Paulo Fernando de Souza Campos,2 Emiliane da Silva Santiago,3 Luciana Barizon Luchesi4
(1) Enfermeira. Professora Titular da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP). Presidente da Academia Brasileira de História da Enfermagem (ABRADHENF), 2010-12 e 2012-2014. Correspondencia: Departamento ENO, Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 - 05403-000 - São Paulo - SP. Correo electrónico: takaoguisso@uol.com.br (2) Historiador. Doutor em História. Pós-doutorado no Departamento de Orientação Profissional, da Escola de Enfermagem da USP. 1º Secretario da Academia Brasileira de História da Enfermagem (ABRADHENF) - 2010-2012. Correo electrónico: pfsouzacampos@usp.br (3) Enfermeira, Profa. Ms. do Departamento de Enfermagem em Educação e Saúde Comunitária do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Triângulo Mineiro-UFTM. Doutoranda do Programa de Enfermagem Psiquiátrica, EERP-USP. Ribeirão Preto-SP, Brasil. Correo electrónico: emilianesant@usp.br (4) Enfermeira. Professora Doutora do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas, da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo. Diretora de Assuntos Científicos e Culturais da Academia Brasileira de História da Enfermagem (ABRADHENF), 2010-12 e 2012-14. Correo electrónico: luchesi@eerp.usp.br

Cómo citar este documento:
Oguisso, Taka; Campos, Paulo Fernando de Souza; Santiago, Emiliane da Silva; Luchesi, Luciana Barizon. Anayde Corrêa de Carvalho: legado histórico para a enfermagem brasileira. Cultura de los Cuidados. 2013 sep-dic, XVII(37). En: <http://www.index-f.com/cultura/37/37-030.php> Consultado el

Resumo

A narrativa biográfica é uma das mais tradicionais perspectivas da escrita da história. Sua renovação metodológica implica recuperar trajetórias históricas pouco conhecidas, utilizando, para essa atividade, novos conjuntos documentais como, no caso, provenientes da oralidade. Este texto pretendeu articular, no âmbito da História Oral de Vida, acontecimentos individuais e coletivos, caracterizados pela experiência pessoal de uma enfermeira que vivenciou a professionalização da enfermagem no Brasil pós-1930 - Anayde Correa de Carvalho. Os resultados da reflexão permitem considerar não só suas interpretações registradas, em um extenso documentário, sobre os primeiros movimentos associativos da enfermagem brasileira como também sua produção e experiência de vida contribuíram para a formação da identidade profissional da enfermagem brasileira.
Palavras chave: Biografia/ Escolas de Enfermagem/ História da Enfermagem.
 

Abstract
Anayde Correa de Carvalho: historical legacy for the Brazilian Nursing

The biographical narrative is one of the most traditional perspectives of the historical writings. Its methodological renovation means the rescue of the historical trajectories less known, utilizing new documental sets for this activity, such as the oral history. This paper intends to articulate within the scope of the Life Oral History, individual and collective happenings characterized by the personal experience of a nurse who lived the nursing professionalization in Brazil post-1930 - Anayde Correa de Carvalho. The outcomes of this reflection allow considering not only her interpretation about the first associative movements related to the Brazilian nursing which she reported through an extensive documentary but also her production and life experience have contributed to conforming the professional identity of the Brazilian Nursing.
Key-words: Biography/ Nursing Schools/ Nursing History.
 

Resumen
Anayde Correa de Carvalho: herencia histórica para la Enfermería brasileña

La narrativa histórica es una de las más tradicionales perspectivas de la historia escrita. Su renovación metodológica implica rescatar trayectorias históricas poco conocidas, utilizándose para esa actividad nuevos conjuntos documentales, como es el caso de la oralidad. Este texto intenta articular, en el ámbito de la Historia Oral de Vida, acontecimientos individuales y colectivos caracterizados por la experiencia personal de una enfermera que ha vivido la profesionalización de la enfermería en Brasil, post-1930 - Anayde Correa de Carvalho. Los resultados de la reflexión permiten considerar no solamente sus interpretaciones registradas en un extenso documentario sobre los primeros movimientos asociativos de la enfermería brasileña, como su producción y experiencia de vida contribuyeron para la formación de la identidad profesional de la enfermería brasileña.
Palabras clave: Biografía/ Escuelas de Enfermería/ Historia de la Enfermería.
 

Referências

-Bardin, L. (2008) Análise de conteúdo. Edições 70, Rio de Janeiro.

-Barreira, I.A. (2006) Depoimento escrito. En Associação Brasileira de Enfermagem - Documentário, 1926-1976 (Carvalho, A.C.), 2ª edição, ABEn, Brasília, pp. contracapa.

-Brasil. (1974a) Lei nº 775, de 6 de agosto de 1949. Dispõe sobre o ensino de enfermagem no País e dá outras providências. En Enfermagem, legislação e assuntos correlatos (Ministério da Saúde ed.), 3ª.ed. Fundação Serviços de Saúde Pública, Rio de Janeiro v.I, pp.154-157.

-Brasil. (1974b) Decreto nº 20.109, de 15 de junho de 1931. Regula o exercício da enfermagem no Brasil e fixa as condições para a equiparação das escolas de enfermagem e instruções relativas ao processo de exame para revalidação de diplomas. En Enfermagem, legislação e assuntos correlatos (Ministério da Saúde ed.), 3ª.ed. Fundação Serviços de Saúde Pública, Rio de Janeiro v.I, pp.68-72.

-Carvalho, A.C. (1968) Plano de cuidados como uma das funções do enfermeiro-chefe. Revista da Escola de Enfermagem da USP 2(1), 108-117.

-Carvalho, A.C. (1976) Associação Brasileira de Enfermagem: Documentário, 1926-1976. ABEn, Brasília.

-Carvalho, A.C. (2012) Edith de Magalhães Fraenkel 2ª Ed, organizada por Oguisso, T. e Nichiata, L.Y.I. FAPESP/EE/USP, São Paulo.

-Meihy, J.C.S.B. (2002) Manual de História Oral. 4° ed. Loyola, São Paulo.

-Oguisso, T. (2006) Nota sobre a autora. En Associação Brasileira de Enfermagem - Documentário, 1926-1976 (Carvalho, A.C.), 2ª edição, ABEn, Brasília, pp. 475-6.

-Oliveira, M.I.R. (2001) Emergência e inserção da Escola de Enfermagem na comunidade acadêmica da Universidade da Bahia, 1946 a 1956. En Memorial da Escola de Enfermagem 1946-1996. (Dumet, J.D.), Universidade Federal da Bahia, Escola de Enfermagem, Salvador, pp. 17-49.

-Olson, R. (1997) Future directions: reports on future techniques for nursing: Geneva 1997. Institute for Alternative Futures, New York.

-Sanna, M.C. (2011) Biografia. En Pesquisa em História da Enfermagem (Oguisso, T., Souza Campos, P.F. y Freitas, G,F. org.), Manole, Barueri pp.302-303.

Pie Doc

 

RECURSOS CUIDEN

 

RECURSOS CIBERINDEX

 

FUNDACION INDEX

 

GRUPOS DE INVESTIGACION

 

CUIDEN
CUIDEN citación

REHIC Revistas incluidas
Como incluir documentos
Glosario de documentos periódicos
Glosario de documentos no periódicos
Certificar producción
 

 

Hemeroteca Cantárida
El Rincón del Investigador
Otras BDB
Campus FINDEX
Florence
Pro-AKADEMIA
Instrúye-T

 

¿Quiénes somos?
RICO Red de Centros Colaboradores
Convenios
Casa de Mágina
MINERVA Jóvenes investigadores
Publicaciones
Consultoría

 

INVESCOM Salud Comunitaria
LIC Laboratorio de Investigación Cualitativa
OEBE Observatorio de Enfermería Basada en la Evidencia
GED Investigación bibliométrica y documental
Grupo Aurora Mas de Investigación en Cuidados e Historia
FORESTOMA Living Lab Enfermería en Estomaterapia
CIBERE Consejo Iberoamericano de Editores de Revistas de Enfermería